Serginho Herval

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Serginho
Sergioherval.jpg
Informação geral
Nome completo Sérgio Herval Hollanda de Lima
Também conhecido(a) como Serginho
Nascimento 3 de fevereiro de 1958 (58 anos)
Origem Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
País  Brasil
Gênero(s) Pop e MPB
Instrumento(s) Bateria, percussão, violão, Voz e vocal
Período em atividade 1970-presente
Gravadora(s) Roupa Nova Music/Universal Music
Afiliação(ões) Roupa Nova

Sérgio Herval Hollanda de Lima (Rio de Janeiro, 3 de fevereiro de 1958[1] [2] ) é um baterista e cantor brasileiro integrante da banda carioca Roupa Nova.

História[editar | editar código-fonte]

Começou a tocar bateria ainda criança, aos 5 anos de idade, com latas improvisadas. Com pouco mais de 12 anos, passou a tocar em bailes. No final da década de 1970, tocou na banda A Bolha, que chegou a excursionar com Erasmo Carlos.

Conforme tocava, descobriu que gostava de fazer vocais, tomando gosto também pelo canto. Gravou um compacto simples com duas músicas, das quais uma, Meu Pensamento É Você, fez parte da trilha sonora da novela Pecado Rasgado exibida pela Rede Globo em 1978. A segunda canção do compacto, Uma Noite na Discoteca, foi trilha sonora do filme Sábado Alucinante de Cláudio Cunha, lançado em 1979. Durante a gravação desse compacto, conheceu alguns integrantes da banda de bailes Os Famks, que posteriormente viria a se transformar no Roupa Nova, banda na qual foi convidado a entrar ainda no ano de 1978.

Devido ao intenso trabalho tocando bateria , Serginho adquiriu uma lesão na coluna chamada hérnia de disco, causada pela má postura e a falta de exercícios para o fortalecimento muscular, mas isso não o impede de prosseguir na carreira artística.[3]

Com o Roupa Nova[editar | editar código-fonte]

Serginho Herval é responsável por tocar bateria na banda Roupa Nova. Além disso, é o cantor principal em diversas canções da banda, como Lumiar, Anjo (tema da novela Guerra dos Sexos), Dona (tema da Viúva Porcina na novela Roque Santeiro), Seguindo No Trem Azul, Whisky a Go Go (versão de estúdio), tema da telenovela da Rede Globo Um Sonho a Mais,[4] Tímida, A Força do Amor, Cristina, De Volta ao Começo, tema da telenovela da Rede Globo Renascer,[5] Amo em silêncio (versão de Silence is golden), Cartas, A Viagem (tema de abertura da novela A Viagem), Amar é... (tema da novela Anjo de Mim), Agora Sim, Bem maior (tema da novela Suave Veneno), Amor de Índio (tema das novelas Estrela Guia e Desejo Proibido), Razão de Viver, Mais Feliz, Frisson, O Meu Sentimento Voa Muito Mais, É Tempo de Amar, entre outros sucessos.

No álbum Roupacústico de 2004 Serginho Herval tocou violão nas faixas Volta Pra Mim e Sapato Velho. No álbum seguinte, Roupacústico 2 de 2006 Serginho revezou violão e bateria na canção Cartas. O cantor e baterista também aparece ao violão nas canções Lembranças do álbum Roupa Nova em Londres de 2009 e na faixa It Don't Matter To Me do álbum Todo Amor do Mundo de 2015.

Também assina composições como Cristina, Tímida,Sonho e Filhos, todas gravadas pelo Roupa Nova, além de Retratos Rasgados, gravada pelo Roupa Nova e pela dupla Victor e Léo, Clareou, gravada por Netinho e Voz do Coração gravada por Angélica.[6]

Com o grupo Roupa Nova, Serginho já fez duetos com renomados artistas nacionais e internacionais como Joanna em Um sonho a dois, Angélica em Quis Fazer você feliz, David Gates em De ninguém e Volte neste Natal, Luciana Mello em Nascente, Pedro Mariano em É Cedo, Claudia Leitte em Um sonho a dois (acústico), Roberto Carlos em A Paz para o programa Roberto Carlos Especial exibido pela Rede Globo em 2007, Sandy em Chuva de Prata, Alexandre Pires em Medo Medo, Alex Cohen em Geórgia e Padre Fábio de Melo em A Paz.

Serginho também dividiu os vocais com o Padre Fábio de Melo na canção A Mão de Deus,[7] e na década de 80 tocou com Steve Hackett, da banda Genesis.[8]

Como músico, Serginho Herval já participou de diversos álbuns de artistas consagrados da MPB, do Rock, do Pop e da música Gospel como Elizângela, Erasmo Carlos, Fátima Guedes, João Bosco, Caetano Veloso, Ney Matogrosso, Gilberto Gil, Moraes Moreira, Simone, Fafá de Belém, Steve Hackett, Lulu Santos, Tunai, Guilherme Arantes, Marina Lima, Leila Pinheiro, Rita Lee, Beto Guedes, Leila Pinheiro, Rosana, Raízes, Roberto Carlos, Fábio Nestares, Kid Abelha, Deborah Blando, Tamara, Maurizete Catarina e Aline Barros, além de participar de diversas trilhas de programas da Rede Globo de televisão.[9]

Equipamento[editar | editar código-fonte]

Serginho atualmente é patrocinado pela empresas Gretsch Drums (baterias) e Paiste Cymbals (pratos). Seu atual setup é:

Set-up principal[editar | editar código-fonte]

  • Gretsch USA Custom Series
    • 20"x18" Bumbo
    • 10"x6,5" Tom
    • 12"x07" Tom
    • 14"x11" Surdo
    • 16"x13" Surdo
    • 14"x6,5" Caixa principal (madeira)
    • 22"x14" Gong Drum
    • 12"x5" Caixa de efeito(metal)
  • Pratos Paiste Signature, Pst 7 e 2002
    • 20" Ride Signature
    • 16" heavy Full Crash signature
    • 17" Crash Pst7
    • 18" Full Crash signature
    • 13" Sound edge signature hats
    • 08" Splash signature
    • 12" Splash 2002
    • 20 " novo china 2002
  • Estantes Gibraltar 9500 series (para pratos)
  • Pedal duplo Axis A-L2

Mini-kit[editar | editar código-fonte]

  • Gretsch USA Custom Series
    • 18"x16" Bumbo
    • 12"x7" Tom
    • 12"x5" Caixa
  • Prato Paiste Signature Reflector Splash 10"
  • Pedal Duplo "Axis" A-L1

Todos os tambores são equipados com peles Evans Drumheads. Serginho usa baquetas Vic Firth (modelo 5A American Classic e vassourinha Dolphin modelo Steve Gadd, em plástico e aço).

Em algumas músicas, Serginho usa um violão Takamine modelo Jumbo, e instrumentos de percussão, como djembê.

Composições[editar | editar código-fonte]

  • Alguém no meu Lugar.................Composição: Serginho – Nando - (Vida Vida - 1994)
  • Brisa da Manhã............................Composição: Serginho - Renato Ladeira - (Roupa Nova 1982 - 1982)
  • Camaleão....................................Composição: Serginho - Ricardo Feghali - (Luz - 1988)
  • Cristina........................................Composição: Serginho - Ricardo Feghali - (Herança - 1987)
  • Demônio do Meio Dia...................Composição: Ricardo Feghali - Serginho - Marcio Borges - (Roupa Nova (1982) - 1982)
  • Dia Vai, Dia Vem..........................Composição: Serginho – Nando - (6/1 - 1996)
  • Do Bem........................................Composição: Serginho - Ronaldo Bastos - (6/1 - 1996)
  • E você o que é que faz?..............Composição: Serginho - Ricardo Feghali - (Roupa Nova (1985) - 1985)
  • Falar dos Meus Pais.....................Composição: Serginho - Ricardo Feghali - (6/1 - 1996)
  • Faz a Minha Cabeça.....................Composição: Ricardo Feghali - Serginho - Ronaldo Bastos - (Roupa Nova (1982) - 1982)
  • Filhos...........................................Composição: Serginho - Nando – Nilson - (Luz - 1988)
  • Mágica ........................................Composição: Serginho – Nando - (Herança - 1987)
  • Não dá Pra Ser Feliz....................Composição: Serginho – Nando - (Através dos Tempos - 1997)
  • Retratos Rasgados......................Composição: Ricardo Feghali/Kiko/Nando/Serginho - (RoupaAcústico 22006)
  • Só Você e Eu...............................Composição: Serginho – Paulinho - (Luz - 1988)
  • Sonho..........................................Composição: Serginho – Nando - (Roupa Nova (1985) - 1985)
  • Tímida.........................................Composição: Cleberson Horsth/Serginho/Carlos Colla - (Roupa Nova (1984) - 1984)
  • Um Toque...................................Composição: Serginho - Ricardo Feghali - (Herança - 1987)
  • Vira de Lado...............................Composição: Ricardo Feghali - Serginho - Mariozinho Rocha - (Roupa Nova (1982) - 1982)
  • Mais Feliz.................................Composição : Serginho - Ricardo Feghali - (Roupa Nova em Londres - 2009)
  • Tempo de Encarar.......................Composição: Serginho - Ricardo Feghali - Cleberson Horsth - Kiko - Nando - Paulinho (Todo Amor do Mundo - 2015)

Referências