Sergio González (futebolista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sergio González
Sergio González
Informações pessoais
Nome completo Sergio González Soriano
Data de nasc. 10 de novembro de 1976 (44 anos)
Local de nasc. L'Hospitalet de Llobregat, Espanha
Nacionalidade espanhol
Altura 1,89 m
Informações profissionais
Equipa atual Valladolid e Catalunha
Posição Treinador (Ex-meio-campista)
Clubes de juventude

1994–1995
Mercat Nou Magòria
L'Hospitalet
Clubes profissionais
Anos Clubes
1995
1995–1998
1998–2001
2001–2010
2010–2011
L'Hospitalet
Espanyol B
Espanyol
La Coruña
Levante
Seleção nacional
2001–2005
1999–2013
Espanha
Catalunha
Times/Equipas que treinou
2013–2014
2014
2014–2015
2015–
2018–
Espanyol B (auxiliar-técnico)
Espanyol B
Espanyol
Catalunha
Valladolid

Sergio González Soriano (L'Hospitalet de Llobregat, 10 de novembro de 1976), conhecido apenas como Sergio, é um ex-futebolista e treinador de futebol espanhol que atuava como meio-campista[1]. Atualmente, é técnico do Valladolid e da Seleção Catalã.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira no L'Hospitalet em 1995, atuando em 6 jogos e fazendo 6 gols. No mesmo ano foi para o Espanyol para jogar no time B, onde permaneceu durante 3 temporadas (104 partidas e 12 gols)[2]. Promovido ao elenco principal dos Pericos em 1998, disputou 110 jogos e fez 5 gols até 2001, quando foi contratado pelo La Coruña, que pagou 17 milhões de euros para contar com o jogador - até hoje, o maior valor já pago pelo clube galego.

Na sua primeira temporada pelo Depor, atuou 38 vezes e balançou as redes adversárias em 4; porém, foi na decisão da Copa del Rey que Sergio entrou para a história do La Coruña ao fazer o primeiro gol da vitória sobre o poderoso Real Madrid em pleno Santiago Bernabéu por 2 a 1, rendendo o apelido de "Centenariazo" pelo fato de os Merengues completarem 100 anos de fundação no mesmo dia[3]. Este foi o segundo título da competição vencido pelo meia, que já tinha conquistado o troféu da edição de 1999–00 quando era jogador do Espanyol.

Após vencer a Supercopa da Espanha de 2002 sobre o Valencia e a última edição da Taça Intertoto da UEFA em 2008, Sergio permaneceu no La Coruña até 2010, quando não teve seu contrato renovado e deixou a equipe depois de 294 partidas e 27 gols por La Liga para assinar com o Levante[4]. Atrapalhado por várias lesões, encerrou sua carreira no clube valenciano em 2011.

Pós-aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Depois de ficar afastado por 2 anos, Sergio voltou ao futebol em 2013, como auxiliar-técnico do Espanyol B, onde teve uma curta passagem no comando técnico antes de ser promovido ao elenco principal, no lugar do mexicano Javier Aguirre. Deixou os Pericos em 2015 após uma derrota por 1 a 0 para o Celta de Vigo.

Em 2015 foi anunciado como novo técnico da Seleção Catalã, substituindo Gerard López, e desde 2018 acumula o mesmo cargo no Valladolid[5].

Carreira internacional[editar | editar código-fonte]

Sergio pela Seleção Catalã, em 2013.

Seu primeiro jogo pela Seleção Espanhola foi em março de 2001, contra Liechtenstein, pelas eliminatórias da Copa de 2002[6]. Nesta última, atuou em um jogo da primeira fase, entrando no lugar de David Albelda na vitória por 3 a 2 sobre a África do Sul[7]. Encerrou a carreira internacional em 2005, com 11 jogos disputados pela Fúria.

Também defendeu a Seleção da Catalunha em 15 partidas entre 1999 e 2013 (quando já estava aposentado por clubes), tendo feito 2 gols.


Títulos[editar | editar código-fonte]

Espanyol
La Coruña

Referências

  1. Transfemarkt. «Sergio». Consultado em 27 de abril de 2020 
  2. «SERGIO González» (em espanhol). Hall of Fame Perico. 30 de abril de 2009. Consultado em 8 de fevereiro de 2016 
  3. «El Depor, en casa de Sergio». Diario AS (em espanhol). 7 de novembro de 2010. Consultado em 21 de fevereiro de 2011 
  4. Sergio González se convierte en nuevo jugador del Levante UD (Sergio González becomes new Levante UD player) Arquivado em 26 de julho de 2010 no Wayback Machine.; Levante UD, 22 de julho de 2010 (em castelhano)
  5. «Sergio González, nuevo entrenador del Real Valladolid» (em espanhol). Real Valladolid. 10 de abril de 2018. Consultado em 25 de abril de 2018 
  6. «España golea cómodamente a la débil selección de Liechtenstein (5–0)». El País (em espanhol). 25 de março de 2001. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  7. «Heartbreak for South Africa». BBC Sport. 12 de junho de 2002. Consultado em 21 de fevereiro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de EspanhaSoccer icon Este artigo sobre um futebolista espanhol é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.