Sergio Toppi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Sergio Toppi (Milão, 11 de outubro de 1932 - Milão, 21 de agosto de 2012) foi um quadrinhista italiano[1].

Foi ilustrador de publicidade na década de 1950. Começou a desenhar histórias em quadrinhos na década seguinte, colaborando com revistas italianas como Corriere dei Piccoli, Corriere dei Ragazzi, Linus, Alter Alter, Corto Maltese e L'Eternatuta. Suas obras foram também publicadas por editoras da França e Espanha[2].

Desenvolveu um estilo próprio, marcado pela ruptura com o padrão da divisão em quadros. Em vez disso, optava frequentemente por estender uma ilustração por uma página inteira, usando diversos elementos gráficos para estabelecer a narrativa[3]. Influenciou diversos artistas, como Frank Miller, Walt Simonson e Dave McKean[4].

Em geral, produzia histórias fechadas. Sua única série foi O Colecionador, protagonizada por um viajante do tempo e iniciada em 1982, na revista L'Eternauta.

Principais obras[editar | editar código-fonte]

  • Leone il grande, 1978
  • Carlo Martello, 1978
  • Giovanni Sobieski, 1978
  • Ben Gurion, 1978
  • Edmond De Valera, 1979
  • Caterina da Siena, 1979
  • Little Big Horne 1875, 1978
  • Domande, 1983
  • Un'idea difficile da mandar giù (1983
  • Funghi, 1983
  • Krull, 1984
  • Kas Cey, 1984
  • Chapungo, 1985
  • M'Felewzi, 1985
  • Isola gentile, 1987
  • Aloranguay, 1988
  • Thanka,1988
  • L'incontro, 1989
  • Una grave lacuna, 1990
  • Blues, 1990
  • Il dossier Kokombo, 1991
  • Solitudinis Morbus, 1991
  • Dio Minore, 1993
  • Cavaliere di ventura, 1993

Referências

  1. Omaggio a Sergio Toppi. Biblioteca delle Oblate (em italiano)
  2. Morre o quadrinista italiano Sergio Toppi. Omelete, 21 de agosto de 2012
  3. BARBIERI, Daniele. Il pensiero disegnato Saggi sulla letteratura a fumetti europea. Coniglio Editore, 2010. Páginas 122-133 (em italiano)
  4. Sergio Toppi: master of the impossible. Paul Gravett (em inglês)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]