Serguei Choigu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Serguei Choigu
Nascimento 21 de maio de 1955 (67 anos)
Chadan
Cidadania União Soviética, Rússia
Etnia Tuvanos
Progenitores
  • Kuzhuget Shoygu
  • Aleksandra Shoygu
Cônjuge Irina Shoygu
Filho(s) Yuliya Shoygu, Kseniya Shoygu
Irmão(s) Larisa Flamenbaum
Alma mater
  • Krasnoyarsk State Technical University
Ocupação político, militar, economista, engenheiro civil
Prêmios
  • Ordem de Honra (2009)
  • Medalha "em Comemoração ao 300.º Aniversário de São Petersburgo" (2003)
  • Ordem "Por Mérito à Pátria", Classe II (2010)
  • Terceiro grau da Ordem ao Mérito pela Pátria (за большой вклад в укрепление гражданской обороны и заслуги в предотвращении и ликвидации последствий стихийных бедствий, 2005)
  • Order "For Personal Courage" (1994)
  • Herói da Federação Russa (489, 1999)
  • Medal "In Commemoration of the 1000th Anniversary of Kazan"
  • Medalha em Comemoração aos 850 Anos de Moscou (1997)
  • Medal for services in conducting the population census
  • Medal “Defender of a Free Russia” (1993)
  • Order of Alexander Nevsky (2014)
  • Medal "For the Return of Crimea"
  • Medal "For Strengthening of Brotherhood in Arms"
  • Medal «For diligence in performing engineering tasks»
  • Order of the Tyva Republic
  • Order of Merit
  • Certificado de Mérito da Federação
  • Order pro Merito Melitensi
  • Order "Danaker"
  • Order of the Serbian Flag
  • Russian Federation Presidential Certificate of Gratitude (1993, 1996, 1999, 1999, 2005)
  • Order of St.Andrew with swords (2014)
  • Medalha do Jubileu "60 Anos de Vitória na Grande Guerra Patriótica 1941-1945"
Lealdade Rússia
Religião cristianismo ortodoxo
Assinatura
Sergey Shoygu, signature.svg

Serguei Kuzhuguetovitch Choigu, em russo: Серге́й Кужуге́тович Шойгу́ (Tuva, 21 de maio de 1955) é um militar e político russo. Choigu nasceu na República de Tuva na Sibéria, filho de pai Tuvano e mãe Russo-Ucraniana.[1] Herói da Federação Russa em 1999, tornou-se General do Exército (2003) e Ministro da Defesa[2] desde 6 de Novembro de 2012. Apesar disso, nunca foi membro propriamente das forças armadas russas.[3] De 1992 até 2012 foi Ministro de Situações de Emergência e em 2012 serviu como governador do Oblast de Moscou. Um confidente próximo e aliado de Vladimir Putin, Shoigu pertence ao círculo íntimo de siloviki de Putin.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]