Serra do Caramulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde março de 2017).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2016)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Disambig grey.svg Nota: Se procura a vila do Caramulo, veja Caramulo.
Serra do Caramulo
Altitude 1 075 m
Proeminência 580 m
Localização Portugal
Dólmen da Lapa de Meruge.jpg
Dólmen da Malhada do Cambarinho.jpg

A Serra do Caramulo é uma elevação de Portugal Continental, com 1 075 metros de altitude. Situa-se na região de transição da Beira Alta para a Beira Litoral, entre os concelhos de Vouzela, Tondela, Oliveira de Frades, Mortágua (no distrito de Viseu) e Anadia e Águeda (no distrito de Aveiro). É conhecida pela qualidade das suas águas que brotam nas povoações de Varzielas e Agadão, e pela pureza do seu ar que justificou, no passado, a instalação de vários sanatórios na povoação de Caramulo, os quais têm vindo a dar lugar a modernas e acolhedoras instalações hoteleiras.

A Serra do Caramulo[editar | editar código-fonte]

Dólmen do Espírito Santo da Arca.jpg

A Serra do Caramulo é uma zona de montanha de origem granitica e xistosa. As urzes e a carqueja predominam a sua flora. A serra é povoada por aldeias com casas e espigueiros em granito típicos desta região. Tendo sido esta zona povoada por romanos, ainda se podem encontrar alguns vestígios dessa época, como os trilhos de pedra.

Pode-se apreciar os campos verdes e a beleza das árvores junto à água cristalina dos ribeiros que a atravessa por todos os lados e desfrutar da deslumbrante paisagem enquanto respira um ar realmente puro e saudável. Pode-se subir ao Caramulinho, o ponto mais alto da Serra com 1.075 metros, onde se avista o mar e a Serra da Estrela em dias sem nebulosidade.

Um outro ponto de interesse é o Cabeço da Neve, daqui pode avistar em dias sem nebulosidade a Serra da Estrela.

A paisagem da Serra do Caramulo é um monumento à natureza e o ar puro que ali se respira convida à exploração de todos os recantos, por mais escondidos que sejam. É um lugar cheio de surpresas, de vistas magníficas e de desafios estimulantes.

Para desfrutar de toda esta beleza natural pode realizar alguns percursos pedestres, dos quais: o percurso do Caramulinho ("Caleiros") com uma distância de 8,2 km e um tempo médio de 4 horas, no qual se pode desfrutar da bela paisagem, aldeias típicas e parque eólico.

O Caramulo é quase um lugar secreto, mas encantador, de contrastes e mistura de imagens entre cumes e vales, onde o ar são combina com a paisagem deslumbrante.

Uma das provas da sua ocupação humana desde tempos longínquos, são as antas existentes, Dolmen da Malhada de Cambarinho, Anta do Espirito Santo da Arca e Lapa de Meruge, esta ultima bem conservada e junto a um pitoresco lago artificial.

Turismo[editar | editar código-fonte]

O Caramulo, vila que recebeu o nome da serra, é um local aprazível e ponto de maior desenvolvimento turistico do Concelho de Tondela. O Hotel do Caramulo, empreendimento turístico de 4*, fica situado frente ao Museu do Caramulo (Arte e Automóvel) e proporciona uma vista deslumbrante sobre o Vale de Besteiros, até à Serra da Estrela.

Rios[editar | editar código-fonte]

Rios que nascem na Serra do Caramulo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.