Serrano Sport Club

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Serrano
Serrano SC.jpg
Nome Serrano Sport Club
Alcunhas Mongoió
Serra
Triunfo
Rubro-Verde
Serra da Vitória
Torcedor/Adepto Rubro-Verde
Mascote Índio Mongoió
Fundação 22 de dezembro de 1979 (35 anos)
Estádio Estádio Municipal Antônio Carlos Magalhães
Capacidade 4.000
Localização Porto Seguro (BA), Brasil
Presidente Brasil José Alfredo
Treinador Brasil Edson Ferreira da Silva
Patrocinador Brasil Prefeitura Porto Seguro
Brasil Teiú,Rede Bacana,Vela Branca Grand Hotel, Casa Blanca Park Hotel,Cabral & Sousa e Lavanderia Taperapuan
Material esportivo Brasil Fase
Competição Bahia Campeonato Baiano
Divisão Bahia 1ª divisão
BandeirasNordesteBrasil.gif Copa do Nordeste
Bahia BA 2014
4º lugar
Bahia BA 2013
10º lugar
Bahia BA 2012
10º lugar
Website serranosport.com.br
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

O Serrano Sport Club é um clube brasileiro de futebol, fundado na cidade de Vitória da Conquista, e atuando desde 2015 na cidade de Porto Seguro, no estado da Bahia. O clube também atuou entre o segundo semestre de 2013 e a temporada de 2014 na cidade de Teixeira de Freitas. Suas cores são verde, vermelho e branco, fundado em 22 de dezembro de 1979.

Em 1981 fez sua estreia na primeira divisão do campeonato baiano. O time revelou grandes craques para o futebol baiano e brasileiro, a exemplo de Claudir (campeão brasileiro de 1988 pelo Bahia), Zó e Keu, gêmeos que jogavam no meio de campo e no ataque (Keu chegou a jogar no Corinthians) e Pena (que jogou no Palmeiras e no Benfica de Portugal).[1]

Atualmente, o rubro-verde é administrado por um grupo de empresários que têm direito, cada um, a um voto nas decisões a serem tomadas.[2]

No mês de setembro de 2013 a equipe transferiu suas atividades para a cidade de Teixeira de Freitas, no extremo sul do estado, onde mandou seus jogos até o final da temporada de 2014, inclusive do Campeonato Baiano da Primeira Divisão de 2014.

Estádios[editar | editar código-fonte]

Lomantão[editar | editar código-fonte]

O Serrano realizava seus jogos no Estádio Lomanto Júnior, mais conhecido como Lomantão, em Vitória da Conquista, com capacidade para 11.538 pessoas[3] . O estádio é público, mantido pela prefeitura municipal de Vitória da Conquista.

Grandes clubes já enfrentaram o Serrano no estádio como o Vasco da Gama, Flamengo, Bahia, Vitória, Botafogo, Fluminense, Santa Cruz, Ponte Preta e Náutico.

Tomatão ( Antigo Robertão )[editar | editar código-fonte]

Com a mudança para a cidade de Teixeira de Freitas, o Serrano manda suas partidas no Estádio Municipal Antonio Pereira de Almeida, com capacidade para 2.700 pessoas, recentemente reformado.

Torcida[editar | editar código-fonte]

Torcidas Organizadas[editar | editar código-fonte]

Gaviões do Jurema[editar | editar código-fonte]

Torcida organizada mais antiga do interior da Bahia, fundada em 1979.

Serramor[editar | editar código-fonte]

Torcida organizada do bairro Guarani, da cidade de Vitória da Conquista.

Torcida Organizada Bonde do Serra[editar | editar código-fonte]

Torcida criada dia 10 de fevereiro de 2014 na cidade de Teixeira de Freitas.

Rivalidade[editar | editar código-fonte]

Clássico do Café[editar | editar código-fonte]

Os confrontos entre o Serrano e o Vitória da Conquista, chamados de Clássico do Café, configuram um clássico do futebol baiano[4] opondo os clubes da mesma cidade, Vitória da Conquista, habitualmente enfrentando-se no Estádio Lomanto Júnior.

Escudo anterior do Serrano Sport Club

Títulos[editar | editar código-fonte]

ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
Trophy(transp).png Campeonato Baiano Seletivo para a Segunda Divisão 1 1992
WikiCup Trophy Gold.png 1ª Fase do Campeonato Baiano de Futebol 1 2014

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Últimas dez temporadas[editar | editar código-fonte]

  • Para visualizar todas as temporadas, clique em anexo.
Serrano Sport Club
Ano Campeonato Baiano Copa Governador do Estado
Div. Pos. Pos.
2004 Não ocorreu
2005 Não disputou Não ocorreu
2006 Não ocorreu
2007 Não disputou Não ocorreu
2008 Não ocorreu
2009 Não disputou
2010
2011
2012 10º Não disputou
2013 10º


Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão
     Rebaixamento
     Acesso

Ídolos[editar | editar código-fonte]

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

  • Última atualização: 19 de Setembro de 2014.


Goleiros
Jogador
Brasil Gil
Brasil Aranha
Brasil Motanha
Defensores
Jogador Pos.
Brasil Gago Z
Brasil Nei Cruz Z
Brasil João Vinícius Z
Brasil Brunão Z
Brasil Vinícius Z
Brasil João Augusto LD
Brasil Fieta LD
Brasil Jadílson LE
Brasil Venâncio LE
Brasil Tailon LE
Brasil Mailson LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
Brasil Mascherano V
Brasil Isaías V
Brasil Moisés Eder V
Brasil Rogério Xodó V
Brasil Teco V
Brasil Bida M
Brasil Alex M
Brasil Narciso M
Brasil Renaldo M
Brasil Fabio M
Brasil Sidinei M
Atacantes
Jogador
Brasil
Brasil Todinho
Brasil Waguinho
Brasil Dinho
Brasil Felipe
Comissão técnica
Nome Pos.
Brasil Marivaldo T
Brasil Dautom PF
Brasil Marcelo TG

Hino[editar | editar código-fonte]

Em 1980, em um jogo disputado em Vitória da Conquista (Serrano 1 X 1 Galícia), Milton Santarém (autor do Hino Canário, oficial do E.C. Ypiranga) e os seus filhos Ricardo e Renato Santarém, compositores de música popular, resolveram, emocionados pela beleza da região, compor o hino.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Serrano Sport Clube surgiu em 1979 Taberna da História do Sertão Baiano. Visitado em 25 de janeiro de 2013.
  2. O Clube Serrano Sport Club. Visitado em 25 de janeiro de 2013.
  3. CNEF Cadastro Nacional de Estádios de Futebol (PDF) (em português) Confederação Brasileira de Futebol. Visitado em 15 de novembro de 2013.
  4. Redação Bocão News (19 de março de 2012). Carcará goleia o Camaçari e Clássico do Café termina sem gols (em português). Visitado em 9 de fevereiro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]