Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Guanhães

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde setembro de 2012). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo.

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto, SAAE de Guanhães, Minas Gerais, foi criado em 1983, por lei municipal (Lei 1.355, de 16 de maio). No início, era administrado pela Fundação Nacional de Saúde (ex - Fundação Serviços de Saúde Pública, conhecida como Fundação SESP) e hoje é uma autarquia municipal autônoma, o que significa que o SAAE possui uma administração direta.

O SAAE foi criado visando prover a comunidade de Guanhães de meios para desenvolver seus serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário e tem como objetivo a elevação dos níveis de saúde da população com atuação na profilaxia, ao desenvolver novos métodos e técnicas de planejamento do setor de saúde. É uma entidade sem fins lucrativos que tem na arrecadação sua única fonte de recursos, os quais são aplicados exclusivamente dentro do próprio município.

Diretoria[editar | editar código-fonte]

Desde sua criação, no ano de 1.983, até maio de 2002, o SAAE teve como diretores os seguintes servidores da Fundação Nacional de Saúde - MS (ex Fundação SESP):

Mapa da rede de esgoto já construída e a ser construída em Guanhães.[1]

• Engo. Ronaldo Inêz de Vasconcelos;

• Engo. Marcelo Libânio Coutinho;

• Engo. Carlos Henrique de Melo;

• Engo. Antônio Otávio Gontijo;

• Engo. Fernando David Fialho.

Na sequência, a Direção foi assumida por Ananias Ribeiro de Castro, servidor efetivo da autarquia de julho de 1984 a dezembro de 2012 quando, após a entrada da nova gestão municipal, mudou-se para Sete Lagoas para auxiliar o SAAE desse município.

A partir de agosto de 2012 o SAAE foi comandado pelo Engº. José Orlando Junqueira Mafra. Sua direção ocorreu até dezembro do mesmo ano, enquanto o diretor anterior, Ananias Ribeiro de Castro, estava sob licença para concorrer às Eleições Municipais de 2012.

Desde janeiro de 2013, o Presidente do SAAE Guanhães é o Eng. Luiz Pereira Rodrigues.[2]

Estações de Tratamento[editar | editar código-fonte]

O SAAE Guanhães possui duas Estações de Tratamento de Água, localizadas no bairro Cruzeiro, com capacidade total de tratar até 114L/segundo[3] [4] , e uma Estação de Tratamento de Esgoto inaugurada em 2013[5] [6] , localizada na MG-259, saída para Virginópolis[7] . Recentemente, devido a complicações causadas pela crise hídrica que também afeta a região Sudeste do Brasil[8] , foi anunciada a realização de estudos a respeito da construção de uma adutora na localidade Cruzeiro do Aricanga, que levará água até a cidade e alimentará a ETA[9] , reduzindo o estresse sobre a adutora construída há algumas décadas ao lado da BR-259, a 4 km da cidade, no sentido Sabinópolis[10] .

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Informações a respeito da rede de interceptores». SAAE Guanhães. Consultado em 25 de fevereiro de 2016. 
  2. «História do SAAE Guanhães». saaeguanhaes.com.br. Consultado em 21 de dezembro de 2015. 
  3. «ETA — Unidade 1». Site do SAAE Guanhães. Consultado em 25 de fevereiro de 2016. 
  4. «ETA — Unidade 02». SIte do SAAE Guanhães. Consultado em 25 de fevereiro de 2016. 
  5. «SAAE inaugura Estação de Tratamento de Esgoto de Guanhães». Site do SAAE Guanhães. Consultado em 25 de fevereiro de 2015. 
  6. «Funasa inaugura, em conjunto com SAAE Guanhães, Estação de Trat. de Esgoto.». FUNASA — Fundação Nacional de Saúde. Consultado em 25 de fevereiro de 2015. 
  7. «Tratamento de Esgoto de Guanhães». SAAE Guanhães. Consultado em 25 de fevereiro de 2016. 
  8. «Guanhães em estado de alerta máximo devido à seca». Rádio e Jornal Vida Nova — Guanhães. Consultado em 25 de fevereiro de 2016. 
  9. «Ata da 17ª Reunião Ordinária de 2015 da Câmara Municipal de Guanhães». Site da Câmara Municipal de Guanhães. Consultado em 25 de fevereiro de 2016. 
  10. «Captação de Água». Site do SAAE Guanhães. Consultado em 25 de fevereiro de 2016. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]