SESI-SP

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O SESI SP compreende a atuação do Serviço Social da Indústria no Estado do São Paulo. A instituição tem como foco a melhoria do ambiente de trabalho, da qualidade de vida e do nível educacional dos colaboradores das empresas paulistas. Por meio de programas e unidades fixas e móveis,[1]realiza ações nas áreas de saúde, educação, esporte, lazer, cultura, saúde ocupacional, segurança do trabalho e proteção do meio ambiente. Essas atividades são voltadas tanto para trabalhadores e empresas, quanto para a sociedade em geral.

Esportes e lazer[editar | editar código-fonte]

Voleibol masculino[editar | editar código-fonte]

Serviço Social da Indústria
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
SesiSaoPaulo.png
Cores vermelho, preto e branco
Mascote Suçuarana
Informações
Cidade São Paulo
País  Brasil
Competição Brasil Série A
Fundação 2009
Ginásio General Marcelo de Castro Leite (Sesi Vila Leopoldina) Capacidade de 1.500 pessoas
(Capacidade: {{{capacidade}}})
Presidente Paulo Skaf
Técnico Roberley Leonaldo (Rubinho) José Rodolfo Lino (Lino)
Patrocinadores Brasil FIESP [SESI]] [KT TAPE]]
Resultados
'
Títulos
Conquistados
São Paulo Campeonato Paulista (4 vezes)

São Paulo Copa São Paulo Masculina de Voleibol (2 vezes) São Paulo Copa São Paulo Feminina de Voleibol (1 vez)
Brasil Superliga (1 vez)
ContinentSouthAmerica.svg Sul-Americano de Clubes Masculino (1 vez) ContinentSouthAmerica.svg Sul-Americano de Clubes Feminino (1 vez)

Uniformes
Kit left arm blacklines.png Kit body sesisp19h.png Kit right arm blacklines.png
Kit shorts red stripes.png
Cores do Time
Principal
Kit left arm redline.png Kit body sesisp19a.png Kit right arm redline.png
Kit shorts black stripes.png
Cores do Time
Alternativo
Kit left arm redline.png Kit body sesisp19l1.png Kit right arm redline.png
Kit shorts red stripes.png
Cores do Time
Líbero
Página Oficial

Serviço Social da Indústria de São Paulo (SESI-SP) é uma instituição paraestatal brasileira, de atuação em âmbito estadual, sendo a versão paulista do SESI nacional.

Desde o final da década de 2000 o SESI passou a organizar equipes de voleibol profissional, que participam da Superliga Masculina e feminina.[2]

A equipe de voleibol masculino do Serviço Social da Indústria é um time de voleibol da cidade de São Paulo. Atualmente disputa a Superliga Brasileira de Voleibol e é um dos principais clubes de voleibol masculino do estado. Em 2011 ganhou a Superliga Brasileira de Voleibol[3] e o Campeonato Sul-Americano.[4]

É um dos melhores times de vôlei do Brasil.

Atualmente tem o novo ginásio da Vila Leopoldina com capacidade de 1.500 pessoas.

Antigo escudo

Resultados obtidos nas principais competições[editar | editar código-fonte]

Superliga[editar | editar código-fonte]
Temporada Colocação
2009/2010
2010/2011
2011/2012
2012/2013
2013/2014
2014/2015
2015/2016
2016/2017
2017/2018
Campeonato Paulista[editar | editar código-fonte]
Ano Colocação
2009
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
2017

Copa São Paulo

Ano Colocação
2015
2016
2017
Campeonato Sul-Americano de Clubes[editar | editar código-fonte]
Ano Colocação
2011
Campeonato Mundial de Clubes[editar | editar código-fonte]
Ano Colocação
2011

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Período Referência
Alexandre Ribeiro Meyer Pflug [2]
Paulo Skaf atualidade

Elenco[editar | editar código-fonte]

Temporada 2017/2018[editar | editar código-fonte]
SESI-SP - Temporada 2017/2018

Volleyball Half Court.png

Alan
# 1
Gustavão
# 16
Renato
# 14
Lipe
# 12
Eder
# 17
Willian
# 7
Murilo
# 8
DIRETORIA
Presidente Fernando Henrique Becker Silva
Vice-presidente Luis Fernando Pamplona Novais
Diretor Fernando Henrique Becker Silva
Gerente
Supervisor Suzi Raquel Reinert
COMISSÃO TÉCNICA
Técnico Roberley Leonaldo (Rubinho)
Assistente técnico
Auxiliar técnico Marcel Henrique Kodama Pertilhe Ramos
Preparador físico
Fisioterapeuta
Médico Luis Felipe Pamplona Novais
Massagista
# Nome Apelido Nascimento Altura (cm) Peso (kg) Nacionalidade Posição
1 Alan Ferreira de Souza Alan 02 de março de 1991 1,95 87  Brasil Oposto
2 Evandro Batista Evandro 22 de agosto de 1981 2,00 92  Brasil Levantador
3 Bernardo Westermann Bernado 21 de outubro de 1992 1,94 83  Brasil Ponta
4 Leandro dos Santos Leandro 02 de outubro de 1998 1,74 76  Brasil Líbero
5 Douglas Pureza Douglas 19 de maio de 2000 1,70 62  Brasil Levantador
6 Gabriel Bertolini Gabriel 04 de junho de 1999 1,75 67  Brasil Líbero
7 William Arjona Willian 31 de julho de 1979 1,85 78  Brasil Levantador
8 Murilo Endres Murilo 03 de maio de 1981 1,92 76  Brasil Líbero
9 Renato Russomanno dos Santos Renato 05 de janeiro de 1983 1,96 92  Brasil Ponta
11 Gabriel Vaccari Vaccari 22 de abril de 1989 2,02 101  Brasil Ponta
12 Luiz Felipe Fonteles Lipe 19 de junho de 1984 1,98 96  Brasil Ponta
14 Douglas Souza Douglas Souza 20 de agosto de 1995 1,99 75  Brasil Ponta
15 Silmar Antônio de Almeida Piá 06 de outubro de 1986 2,03 106  Brasil Ponta
16 Lucas Saatkamp Lucão 06 de março de 1986 2,10 101  Brasil Central
17 Gustavo Bonatto Gustavão 02 de janeiro de 1986 2,15 113  Brasil Central
18 Franco Paese Franco 01 de março de 1990 2,01 97  Brasil Ponta

Voleibol feminino[editar | editar código-fonte]

A equipe do SESI SP fundiu-se à equipe do Vôlei Bauru, em 2018. A parceria deu-se o nome de SESI VÔLEI BAURU, e em menos de alguns meses já conquistaram o título do campeonato Paulista 2018. A sede do SESI VÔLEI BAURU fica no Ginásio do SESI Bauru, na cidade de Bauru, interior de São Paulo.

.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A vitória do time masculino na Superliga 2010/11 incentivou a criação da equipe feminina em 2011. Sua primeira participação em um torneio aconteceu no Campeonato Paulista. Para a temporada 2011/12, o Sesi contratou jogadoras experientes, como Dani Lins, Elisângela, Sassá, Natália Martins e Michelle Pavão. Para a temporada seguinte, o time investiu mais com intenção de vencer o Campeonato Nacional. Ana Beatriz CorreaSuelle Oliveira, Verê, Juliana Paes, Tandara Caixeta e Fabiana Claudino foram os reforços. Na temporada 2013/14, doze jogadoras chegaram para tentar levar o time paulista a conquista do primeiro título nacional, entre elas as ponteiras Pri Daroit e Ju Costa, Neneca e a líbero Suelen Pinto. Continuaram no time comandado por Talmo Oliveira as campeãs olímpicas Fabiana, Dani Lins e Carolina Albuquerque, a ponteira Suelle, a central Bia e a líbero Juliana.

Resultados obtidos nas principais competições[editar | editar código-fonte]

Campeonato Mundial[editar | editar código-fonte]
Temporada Colocação
2014 [5]
Campeonato Sul-Americano[editar | editar código-fonte]
Temporada Colocação
2014 [6]
Copa Brasil[editar | editar código-fonte]
Temporada Colocação
2014[7]
2015[8]
Superliga Brasileira[editar | editar código-fonte]
Temporada Colocação
2011/2012
2012/2013
2013/2014
2014/2015
Campeonato Paulista[editar | editar código-fonte]
Ano Colocação
2011
2012
2013[9]
2014
2015[10]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Construtora Celi (16 de julho de 2009). «A saúde do colaborador em primeiro lugar». Consultado em 1 de julho de 2014. Arquivado do original em 14 de julho de 2014 
  2. a b Confederação Brasileira de Voleibol (2012). «SUPERLIGA 2012/2013 - REGULAMENTO OFICIAL» (PDF). Consultado em 10 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 11 de agosto de 2017 
  3. Sesi ignora pressão cruzeirense, é campeão e quebra tabu de 6 anos
  4. Sesi bate argentinos, vence Sul-Americano e vai ao Mundial
  5. FIVB. «Press release-"We had to do some changes in our game plan," says Sesi-SP captain Fabiana Claudino» (em inglês). 11 de maio de 2014. Consultado em 11 de maio de 2014 
  6. FPV. «SESI-SP vence o MOLICO/Osasco e conquista o Sul-Americano de Clubes». 10 de fevereiro de 2014. Consultado em 11 de maio de 2014 
  7. CBV. «COPA DO BRASIL DE VOLEIBOL-RESULTADOS / CLASSIFICAÇÃO 2014» (PDF). Consultado em 1 de maio de 2014. Arquivado do original (PDF) em 17 de janeiro de 2014 
  8. CBV. «Copa Banco do Brasil de Voleibol- Torneio Feminino-Classificação Final» (PDF). 17 de janeiro de 2015. Consultado em 6 de novembro de 2015. Arquivado do original (PDF) em 17 de janeiro de 2014 
  9. FPV. «Campeonato Paulista 2013-DIVISÃO ESPECIAL FEMININO-CLASSIFICAÇÃO-Classificação Geral». Consultado em 1 de maio de 2014 
  10. Diário de S. Paulo. «Osasco bate o Sesi e é campeão no Paulista». 25 de outubro de 2015. Consultado em 6 de novembro de 2015. Arquivado do original em 26 de outubro de 2015