Servo de Deus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Servo de Deus é o título que a Igreja Católica dá a uma pessoa cujo processo de canonização foi oficialmente aberto. Esse título não deve ser confundido com Servus Servorum Dei (servo dos servos de Deus), um dos títulos do Papa.

Essa é a primeira das quatro etapas do processo de canonização. No próximo passo, o candidato a santo recebe o título de Venerável, depois de o Pontífice decretar que essa pessoa, em vida, destacou-se pelas suas virtudes cristãs heroicamente vividas ou pela honra do martírio. Após confirmado um milagre obtido pela intercessão do venerável, ele obtém o título de beato, e, após comprovado um segundo milagre, ocorrido após a beatificação, atribui-se a essa pessoa o título de santo.[1][2][3]

Referências

  1. «As etapas de um processo de canonização - Notícias». noticias.cancaonova.com. Consultado em 17 de fevereiro de 2018. 
  2. «Anne de Guigné - Etapas da canonização». www.annedeguigne.fr. Consultado em 17 de fevereiro de 2018. 
  3. «Beatificação e Canonização – Sou Catequista». soucatequista.com.br. Consultado em 17 de fevereiro de 2018. 
Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Etapas dos processos de Beatificação e Canonização/Santificação
na Igreja Católica Apostólica Romana
  Servo de Deus   →   Venerável   →   Beato   →   Santo