Servo do Povo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Servo do Povo
Слуга народу
Líder Ivan Bakanov
Fundador Volodymyr Zelensky
Ivan Bakanov[1]
Fundação 31 de março de 2018
Sede Kiev, Ucrânia
Ideologia Pró-Europeísmo[2]
Liberalismo social[3]
Populismo[4][5]
Democracia direta[6]
Anticorrupção[7]
Espectro político Pega-tudo
Antecessor Partido Mudança Decisiva[8][9]
País  Ucrânia
Verkhovna Rada
254 / 450
Regiões
0 / 158 399
Página oficial
ze2019.com

Servo do Povo é um partido político ucraniano que foi oficialmente registado no Ministério da Justiça em 31 de março de 2018.[10] O partido tem o mesmo nome que a serie ucraniana Servant of the People, da produtora de TV Kvartal 95 (Квартал-95).[1][10] O líder do partido é o advogado do Kvartal 95, Ivan Bakanov .[1] Na época em que o Kvartal 95 criou o o partido, eles alegaram que era importante fazê-lo para evitar que outros roubassem o nome da série de mesmo nome para "fins políticos cínicos".[8] Legalmente, o partido é o sucessor do Partido da Mudança Decisiva.[8][11]

História[editar | editar código-fonte]

Em uma pesquisa de opinião do Centro Razumkov, em dezembro de 2017, o partido obteve 4%[12] (as eleições para parlamentares ucranianos têm um limite de eleição eleitoral de 5%).[13] [14] Em uma pesquisa de opinião "RATING" de abril de 2018 para as eleições parlamentares ucranianas de 2019, 9% dos entrevistados declararam que votariam no partido.[14] Em uma pesquisa de junho de 2018 por "RATING", o partido ganhou 10,4%.[15]

No final de dezembro de 2018, Volodymyr Zelensky foi declarado candidato presidencial do partido na eleição presidencial ucraniana de 2019 .[16] [17] Apesar de ficar para trás em janeiro de 2019, Zelensky começou a liderar as pesquisas até março.[18] Ele iria vencer o primeiro turno das eleições presidenciais, ficando em primeiro lugar e passando para a corrida contra o presidente em exercício Poroshenko em 21 de abril de 2019,[19] em que ele ganhou a eleição com mais de 73% dos votos expressos.

Logo do ZeTeam usado na campanha presidencial

Em abril de 2019, o líder do partido Zelensky afirmou que o partido não entraria em um governo de coalizão com o Bloco Poroshenko, nem com a Plataforma da Oposição - Por toda a vida .[20]

Ideologia e posições[editar | editar código-fonte]

Em uma entrevista em abril de 2019, o líder do partido Zelensky afirmou que ele apoiou a distribuição gratuita de cannabis medicinal, foi um defensor do aborto gratuito na Ucrânia e gostaria de ver a legalização da prostituição e do jogo na Ucrânia .[20] Ele falou contra a legalização de armas .[20]

Desempenho eleitoral[editar | editar código-fonte]

Verkhovna Rada[editar | editar código-fonte]

Ano Votos % Posição Lugares +/- Governo Cabeça de Lista
2019 6,287,798 43.18% 1º Lugar
254 / 450
Novo Maioria Dmytro Razumkov

Eleições presidenciais[editar | editar código-fonte]

Eleição Candidato Resultado da primeira rodada Resultado da segunda rodada
Votos % De votos Resultado Votos % De votos Resultado
2019 Volodymyr Zelensky 5,714,034[21] 30,24%[22] 1.º 13,438,410 73,23% Venceu

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c (ucraniano) Lawyer Zelensky has registered a new political party "Servant of the people", UNIAN (3 December 2017)
  2. "Comedian who plays Ukraine's president on TV leads real race". The Lowell Sun. 7 de fevereiro de 2019. Acessado em 29 de abril de 2019.
  3. Karmanau, Yuras (7 February 2019). «Comedian who plays Ukraine's president on TV leads real race». Associated Press. Consultado em 22 de julho de 2019  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. Bershidsky, Leonid (10 de janeiro de 2019). «This Comedy Star Wants to Be Ukraine's Donald Trump». Bloomberg. Consultado em 28 de março de 2019 
  5. Karmanau, Yuras (7 de fevereiro de 2019). «Comedian who plays Ukraine's president on TV leads real race». ABC News. Consultado em 28 de março de 2019 
  6. Minich, Ruslan (2019). «How Ukraine's Leading Comedian Pulled Ahead in Polls». Atlantic Council 
  7. (em inglês) "Zelensky names fighting corruption, raising investment as priorities", Kyiv Post (25 January 2019)
  8. a b c (ucraniano) The boundary of a joke. As Zelensky prepares for the election, Ukrayinska Pravda (25 October 2018)
  9. (em ucraniano) "Party of Decisive Change" changed its name to "Servant of the people", LB.ua (2 December 2017)
  10. a b (em russo) The Ministry of Justice registered the party "Servant of the people", Ukrainian News Agency (26 April 2018)
  11. (ucraniano) "Party of Decisive Change" changed its name to "Servant of the people", LB.ua (2 December 2017)
  12. (ucraniano) The Council has a chance to go through 7 parties - polls, Ukrayinska Pravda (23 January 2018)
  13. «Parliament passes law on parliamentary elections» 
  14. a b (ucraniano) Elections to the Council: in the leaders of "Motherland", the party Gritsenko and "Servant of the people" Zelensky, BPP went to the bottom - poll, UNIAN (26 April 2018)
  15. (ucraniano) In anticipation of presidential elections: the mood of Ukrainians, "RATING" (26 June 2018)
  16. (ucraniano) Zelensky: Party "Servant of the people" goes into politics, Interfax-Ukraine (26.12.2018)
  17. Palhaço: Comediante stand-up entra na corrida presidencial ucraniana… e pode ganhar, RT News (2 de janeiro de 2018)
  18. "Universo paralelo": o principal candidato a ser o presidente da Ucrânia joga na TV
  19. Comissão Eleitoral Central
  20. a b c (em russo) Vladimir Zelensky: It is beneficial for us to dissolve the Rada, but we will think and act according to the law, RBC Ukraine (18 April 2019)
  21. «Results of 2019 Ukrainian Presidential Election - Central Election Commission of Ukraine». Central Election Commission of Ukraine 
  22. «Results of 2019 Ukrainian Presidential Election - Central Election Commission of Ukraine». Central Election Commission of Ukraine