A Saucerful of Secrets

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Saucerful of Secrets
Álbum de estúdio de Pink Floyd
Lançamento Junho de 1968
Gravação Agosto-Outubro de 1967
Janeiro-Abril de 1968
Gênero(s) Rock psicodélico
Duração 39:25
Gravadora(s) Columbia (EMI) (RU)
Capitol (EUA)
Produção Norman Smith
Cronologia de Pink Floyd
Último
The Piper at the Gates of Dawn
(1967)
Music from the Film More
(1969)
Próximo

A Saucerful of Secrets é o segundo álbum de estúdio da banda inglesa de rock Pink Floyd. O álbum foi gravado nos Abbey Road Studios da EMI, em várias sessões entre Agosto de 1967 e Abril de 1968, sendo lançado em 29 de Junho de 1968 pela EMI Columbia no Reino Unido, e em 27 de Julho de 1968 no Estados Unidos pela Tower.

Este álbum foi gravado antes e depois da saída de Syd Barrett do grupo. Devido ao comportamento cada vez mais imprevisível de Barrett, David Gilmour foi recrutado em Janeiro de 1968.[1] [2] Esta situação caracteriza A Saucerful of Secrets como o único álbum de originais dos Pink Floyd em que todos os cinco membros da banda estão presentes; o primeiro de Gilmour, em que participa em cinco músicas (Let There Be More Light, Set the Controls for the Heart of the Sun, Corporal Clegg, A Saucerful of Secrets e See-Saw); e o último de Barrett, em que surge em três faixas (Remember a Day, Jugband Blues e Set the Controls for the Heart of the Sun).[3] Set the Controls for the Heart of the Sun é a única música em que os cinco membros tocam juntos.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

De meados de 1967 até ao fim desse ano, o comportamento errático de Syd Barrett tornou-se mais visível,[4] e num concerto na primeira digressão pelos Estados Unidos, ele lentamente foi desafinando a sua guitarra enquanto tocava. O público, habituado às actuações experimentais da banda, pareceu apreciar a situação, e não se apercebeu do mau estar dos outros membros do grupo. Entrevistado no programa de Pat Boone durante a sua digressão, as respostas de Barrett às perguntas de Boone limitavam-se a "um olhar vazio e ao silêncio", e manteve a sua boca fechada durante a actuação.[5] [6] Durante a primeira presença no programa de Dick Clark, American Bandstand, Barrett repetiu o mesmo comportamento.[5] O músico até teve um comportamento aceitável durante a música Apples and Oranges, mas respondeu de forma desinteressada e sem ânimo às perguntas de Clark.[7]

Gravação[editar | editar código-fonte]

Barrett ficou cada vez mais instável durante as gravações para A Saucerful of Secrets, e Gilmour foi chamado para substitui-lo. O álbum é, por causa disso, o único a contar com a participação de todos os membros da banda. Syd Barrett tocou em três musicas (Remember a Day, Set the Controls for the Heart of the Sun e Jugband Blues) e Gilmour tocou em cinco (Let There Be More Light, Set the Controls for the Heart of the Sun, Corporal Clegg, A Saucerful of Secrets e See-Saw). De acordo com uma entrevista de Gilmour para o documentário "Which One's Pink?", de 2006, Set the Controls for The Heart of the Sun contem contribuições de ambos os guitarristas, o que a torna a única música de um álbum dos Pink Floyd onde todos os cinco membros participam. Barrett finalmente saiu da banda em Março de 1968.

Richard Wright canta em cinco das sete músicas; este álbum é o único álbum da banda onde ele é o vocalista principal na maioria das faixas. Também é o único álbum da banda onde todos assumem o Lead Vocal em alguma música, e seria o único onde Nick Mason é o vocalista principal de alguma música, não fosse por sua única frase em One of These Days I'm Going to Cut You Into Little Pieces, de Meddle.

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
All Music Guide 3.5 de 5 estrelas.[8]
Artist Direct 3 de 5 estrelas. [9]
Blender 3 de 5 estrelas. [10]
Rolling Stone (desfavorável)[11]
Symbol unlikely.svg Esta tabela precisa de ser acompanhada por texto em prosa. Consulte o guia.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Lado A
N.º Título Compositor(es) Vocais Duração
1. "Let There Be More Light"   Roger Waters Richard Wright, Waters, David Gilmour 5:38
2. "Remember a Day"   Wright Wright 4:33
3. "Set the Controls for the Heart of the Sun"   Waters Waters 5:28
4. "Corporal Clegg"   Waters Gilmour, Nick Mason, Wright 4:13
Side two
N.º Título Compositor(es) Vocais Duração
1. "A Saucerful of Secrets"
  • I. "Something Else"
  • II. "Syncopated Pandemonium"
  • III. "Storm Signal"
  • IV. "Celestial Voices"  
Waters, Wright, Gilmour, Mason Instrumental, vocais falados por Gilmour e Wright 11:57
2. "See-Saw"   Wright Wright 4:36
3. "Jugband Blues"   Syd Barrett Barrett 3:00

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Banda
Músicos convidados

Referências

  1. Povey, Glenn (2006). Echoes: The Complete History of Pink Floyd New ed. Mind Head Publishing [S.l.] p. 90. ISBN 978-0-9554624-0-5. 
  2. Palacios, Julian (2010). Syd Barrett & Pink Floyd: Dark Globe Rev. ed. (London: Plexus). p. 318. ISBN 0-85965-431-1. 
  3. Gulla, Bob (2009). Guitar Gods: The 25 Players Who Made Rock History (Westport, Conn.: Greenwood Press). p. 92. ISBN 0-313-35806-0. 
  4. Palacios, Julian (1998). Lost in the Woods: Syd Barrett and the Pink Floyd (London: Boxtree). p. 183. ISBN 0-7522-2328-3. 
  5. a b Schaffner, Nicholas (2005). Saucerful of Secrets: The Pink Floyd Odyssey New ed. (London: Helter Skelter). p. 13. ISBN 1-905139-09-8. 
  6. Reisch, George A., : (2007). Pink Floyd and Philosophy: Careful With That Axiom, Eugene! 1st ed. (Chicago: Open Court). p. 230. ISBN 0-8126-9636-0. 
  7. Manning, Toby (2006). The Rough Guide to Pink Floyd 1st ed. (London: Rough Guides). p. 45. ISBN 1-84353-575-0. 
  8. «A Saucerful of Secrets - Pink Floyd». AllMusic. Consultado em 23 de janeiro de 2015. 
  9. Avaliação no Artist Direct
  10. Avaliação na Blender
  11. «Pink Floyd A Saucerful of Secrets Album Review». Rolling Stone. Consultado em 23 de janeiro de 2015. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Pink Floyd é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.