Sete Céus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a localidade lisboeta, veja Sete Céus (Lisboa).


Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde fevereiro de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde fevereiro de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Em religiões como Hermetismo, Gnosticismo, Judaísmo e Islamismo, existe uma tradição de que o universo pode ser categorizado em Sete Céus ou Reinos. O número sete simbolicamente representa a completude perfeita em referências bíblicas, como nos sete dias da semana, os sete olhos e chifres do Cordeiro de Deus no Apocalipse, a sétima geração de Adão, Lamech, que era completamente perverso e Enoque que andou com Deus

No Judaismo[editar | editar código-fonte]

De acordo com os ensinamentos Judaicos no Talmud, o universo é composto de sete céus, como abaixo:[1] [2]

  1. Vilon (וילון), veja também (Isaías 40:22)
  2. Raki'a (רקיע), veja também (Gênesis 1:17)
  3. Shehaqim (שחקים), veja (Salmos 78:23)
  4. Zebul (זבול), veja (Isaías 63:15, I Reis 8:13)
  5. Ma'on (מעון), veja (Deuteronômio 26:15, Salmos 42:9)
  6. Machon (מכון), veja (I Reis 7:30, Deuteronômio 28:12)
  7. Araboth (ערבות), o sétimo céu onde os Ofanins (ou Tronos na mitologia cristã) e os Hayyoth (ou Serafins na mitologia cristã) residem.

A literatura Judaica Merkabah e Heichalot discutiu detalhes destes céus, algumas vezes conectada às tradições relacionadas com Enoque, como o Terceiro Livro de Enoque.[3]

No Islamismo[editar | editar código-fonte]

  1. Rafi' (رفیع), o mais baixo (السماء الدنیا)
  2. Qaydum (قیدوم)
  3. Marum (ماروم)
  4. Arfalun (أرفلون‏)
  5. Hay'oun (هيعون‏)
  6. Arous (عروس)
  7. Ajma' (عجماء)

No Hinduísmo[editar | editar código-fonte]

  1. Bhoor-Loka (भूर्लोक i.e. a Terra)
  2. Bhuvar-Loka (भुवर्लोक)
  3. Svar-Loka (स्वर्लोक)
  4. Mahar-Loka (महर्लोक)
  5. Jana-Loka (जनलोक)
  6. Tapa-Loka (तपलोक)
  7. Satya-loka (सत्यलोक)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. The Seven Heavens in the Talmud.(see Ps. lxviii. 5). em inglês
  2. "Enciclopédia" (em inglês). Jewishencyclopedia.com. 
  3. Scholem, Gershom Jewish Gnosticism, Merkabah Mysticism, and the Talmudic Tradition, 1965 - em inglês

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Davidson, Gustav. Dictionary of Angels: Including the Fallen Angels. New York: The Free Press, 1967 (reprinted 1994). ISBN 002907052X.
  • Ginzberg, Louis. Henrietta Szold (trans.). The Legends of the Jews. Philadelphia: The Jewish Publication Society of America, 1909–38. ISBN 0801858909.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]