Sete Vidas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a telenovela brasileira. Para o filme com Will Smith, veja Sete Vidas (filme).
Sete Vidas
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Duração 50 minutos
Criador(es) Lícia Manzo
País de origem  Brasil
Idioma original (português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Jayme Monjardim
Elenco Isabelle Drummond [1]
Domingos Montagner
Jayme Matarazzo
Letícia Colin
Michel Noher
Débora Bloch
Ângelo Antônio
Maria Eduarda de Carvalho
Mariana Lima
Vanessa Gerbelli
Thiago Rodrigues
André Frateschi
Ghilherme Lobo
Bianca Comparato
Cláudia Melo
Ver mais
Tema de abertura "What a Wonderful World", Tiago Iorc[2]
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 9 de março - 10 de julho de 2015
N.º de episódios 106[3]
Cronologia
Programas relacionados Starbuck[4]
Delivery Man[5]
Sol de Verão
De Corpo e Alma
O Clone
Agora É que São Elas
A Vida da Gente

Sete Vidas é uma telenovela brasileira exibida pela Rede Globo no horário das 18 horas, entre 9 de março e 10 de julho de 2015, em 106 capítulos, substituindo Boogie Oogie e sendo substituída por Além do Tempo.[6][7] Foi a 85ª "novela das seis" exibida pela emissora. Escrita por Lícia Manzo e Daniel Adjafre, com colaboração de Cecília Giannetti, Dora Castelar, Marta Góes e Rodrigo Castilho; conta com direção de Adriano Melo, Thiago Teitelroit, Bruno Martins e Pedro Freire, sob direção geral e núcleo de Jayme Monjardim.

Contou com as participações de Isabelle Drummond, Domingos Montagner, Jayme Matarazzo, Letícia Colin, Michel Noher, Débora Bloch, Ângelo Antônio e Maria Eduarda de Carvalho.[1][8]

Produção[editar | editar código-fonte]

Algumas cenas da novela, foram gravadas em El Calafate na Argentina.

Inicialmente a trama estava prevista para estrear em 2014 no horário das 23 horas em 57 capítulos [9][10] Porém, em abril de 2014, a direção da Globo alterou o cronograma e decidiu que Sete Vidas iria ao ar às 18 horas, substituindo Boogie Oogie.[11]

Fernanda Vasconcellos foi a primeira opção da autora para interpretar Julia, porém, acabou desistindo da escalação pois não queria repetir o par romântico com Jayme Matarazzo, com quem Fernanda contracenou na novela Sangue Bom. Foram então feitos testes com Bianca Bin, Isabelle Drummond, Priscila Fantin e Bruna Marquezine, mas Isabelle acabou assumindo o papel.[carece de fontes?]

A emissora pretendia gravar cenas na Antártida, mas a direção da TV Globo julgou o local como sendo perigoso, e fez com que as locações fossem transferidas para El Calafate, na Patagônia, simulando a Antártida.[12][13][14][15]

O diretor Jayme Monjardim opta pelo naturalismo na trama, usando móveis ecológicos num dos cenários; locações reais como a redação do jornal de Lígia e uso de pouca maquiagem nos atores.[16][17][18]

Exibição[editar | editar código-fonte]

No dia 27 de junho de 2015, um sábado, a novela e I Love Paraisópolis não foram exibidas por causa da transmissão do jogo entre Brasil e Paraguai pelas quartas de final da Copa América de 2015. Com isso, Sete Vidas que teria 107 capítulos, fechou com 106.[19]

Exibição internacional[editar | editar código-fonte]

Exibição pelo mundo
País Canal Título local Estreia Final Horário semanal Hora Ref
Brasil Rede Globo Sete Vidas 9 de março de 2015 10 de julho de 2015 Segunda a Sábado 18:20
Portugal Globo Portugal Sete Vidas 14 de setembro de 2015 6 de dezembro de 2015 Segunda a Domingo 20:001 [20]
Costa Rica Teletica Partes de Mí 23 de maio de 2016 2 de setembro de 2016 Segunda a Sexta 14:452 [21]
Israel Viva שבע נשמות 14 de junho de 2016 26 de setembro de 2016 Domingo a Quinta 19:05 [22]
Coreia do Sul TeleNovela 파츠오브미 16 de junho de 2016 10 de dezembro de 2016 Quinta a Sábado 11:00 [23]
Chile Canal 13 Partes de Mí 20 de junho de 2016 19 de agosto de 2016 Segunda a Sexta 15:30 [24]
República Dominicana Tele Antillas Partes de Mí 6 de julho de 2016 18 de outubro de 2016 Segunda a Sexta 21:00 [25]
El Salvador TCS Canal 4 Partes de Mí 14 de novembro de 2016 16 de março de 2017 Segunda a Sexta 14:00 [26]
Arménia Armenia 1 Յոթ կյան 6 de fevereiro de 2017 19 de maio de 2017 Segunda a Sexta 18:35 [27]
Paraguai SNT Partes de Mí 22 de fevereiro de 2017 12 de junho de 2017 Segunda a Sexta 21:00 [28]
Nicarágua Partes de Mí
Brevemente
[29]
Peru Partes de Mí
Brevemente
[29]

↑1 Exibida entre 23 de novembro e 6 de dezembro em capítulos de 30 minutos, dividindo o horário com os primeiros capítulos de Além do Tempo.
↑2 Transferida para as 14:30 a partir do dia 27 de junho.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Miguel (Domingos Montagner), após provocar culposamente (sem intenção) a morte da mãe, Catarina (Cláudia Netto), se muda para os Estados Unidos. Lá, sem dinheiro, resolve doar seu esperma em um banco de esperma. O que ele não sabe é que, décadas depois, este sêmen geraria seis filhos. Algum tempo depois, Miguel está namorando com Lígia (Débora Bloch), uma jornalista, mas termina o relacionamento e vai com seu barco, sozinho, para uma expedição na Antártica. Durante a viagem, o barco de Miguel colide com uma geleira e acaba naufragando. Lígia e Lauro (Leonardo Medeiros), melhor amigo de Miguel, pensam que ele está morto, mas na verdade ele foi resgatado por membros de uma aldeia no interior da Argentina, e perdeu a memória.

Ao mesmo tempo, Júlia (Isabelle Drummond) descobre que foi gerada por inseminação artificial. Sua mãe, Marta (Gisele Fróes) lhe diz que ela foi gerada com o sêmen do doador 251, que é Miguel. Com essa informação ela descobre, através de um site especializado, que possui um meio-irmão, Pedro (Jayme Matarazzo). Os dois marcam de se encontrar em um protesto que Pedro iria participar. Durante o protesto Pedro encontra Júlia e, sem saber que é sua irmã, leva ela para longe do ataque dos policiais. No dia seguinte eles descobrem que são irmãos, mesmo com uma atração recíproca, que fará com que iniciem então um convívio marcado pelo peso deste amor impossível.[30]

Durante a novela, Pedro e Júlia descobrem a existência de outros meio-irmãos:

Meio-irmão Causa Pais Origem Interpretado(s) por
Pedro Pai estéril Vicente (Ângelo Antônio) e Letícia (falecida) Rio de Janeiro Jayme Matarazzo
Júlia Pai estéril Marta (Gisele Fróes) e Murilo (Camilo Bevilacqua)[nota 1] Rio de Janeiro Isabelle Drummond
Bernardo Mãe solteira Marlene (Cyria Coentro) Belo Horizonte Ghilherme Lobo
Luís e Laila (gêmeos) Duas mães Esther (Regina Duarte) e Vivian (falecida) Los Angeles Thiago Rodrigues e Maria Eduarda de Carvalho
Felipe Pai estéril Diego (Jean Pierre Noher) e Beatriz (Lígia Cortez) Argentina Michel Noher
Joaquim Gerado naturalmente Vicente e Lígia (Débora Bloch)[nota 2] Rio de Janeiro Bernardo Berruezo[31]

Após conhecer o pai de Pedro, Vicente (Ângelo Antônio), Lígia casa-se com ele. Enquanto isso, para superar a paixão por Júlia, Pedro vai para Fernando de Noronha estudar, e ao chegar seu professor é Miguel, que para não levantar suspeitas apresenta-se com seu primeiro nome, João. Após um tempo Pedro e João/Miguel voltam para o Rio de Janeiro, Miguel reencontra Lauro e descobre que teve um filho com Lígia, e Pedro conhece seu novo irmão, Felipe (Michel Noher), que precisa de um transplante de fígado. O único fígado compatível é o de Miguel, que para fazer o transplante é forçado a se revelar.[32] Lígia descobre que o ex-namorado está vivo e, após se recuperar do trauma, termina com Vicente e reata com o navegador. Algum tempo depois Miguel perde Joaquim em uma praia carioca, e após encontrar o filho, se culpa e resolve ir para uma expedição sozinho novamente. Enquanto isso, Júlia descobre que não é filha de Miguel, termina seu casamento com Edgard (Fernando Belo) e começa a namorar com Pedro.

A história de Pedro e Julia

Julia (Isabelle Drummond) e Pedro (Jayme Matarazzo) se apaixonaram no primeiro capítulo, apesar de terem marcado um encontro para se conhecerem, Júlia e Pedro se viram pela primeira vez em meio a um protesto de rua, sem saber quem eram. Ali nasceu o amor que estaria condenado a ser "abortado" diversas vezes. Primeiro, a descoberta de que eram filhos do mesmo doador de esperma os afastou, já que pensavam que eram meio-irmãos. Ainda assim, a paixão falou mais alto e os dois não resistiram a um beijo (supostamente incestuoso) que acabou afastando-os.

Culpada, Júlia se casou com Edgard (Fernando Belo) às pressas; e Pedro, por sua vez, fugiu para Fernando de Noronha, onde foi fazer um doutorado (!). O que ele não imaginava é que lá fosse conviver com Miguel (Domingos Montagner), sem saber que ele é seu pai biológico. Lá, o rapaz conheceu Taís (Maria Flor), com quem se deu bem e começou a namorar, pois queria esquecer o que sentia pela (até então) irmã. Enquanto isso, o casamento da loira ia de mal a pior.

A descoberta de que não eram irmãos

Após brigar com Marta (Gisele Fróes) e sofrer um acidente que a deixou entre a vida e a morte, Guida (Cláudia Melo) revelou o segredo da irmã, guardado há anos: Júlia não foi gerada através de inseminação artificial, mas é fruto de uma relação que a mãe teve fora do casamento. Quando ficou sabendo disso por Elisa (Letícia Colin), a jovem voou para Noronha, para contar tudo a Pedro.

Pedro mesmo já morando com Taís e Julia casada com Edgard, não resistiram e se entregaram ao sentimento. O casal então fizeram amor pela primeira vez e juraram ficar juntos. Contudo, a notícia da gravidez de risco de Taís caiu com uma bomba entre os dois. Pedro se comovendo com a dificuldade que Tais tinha para engravidar, e os riscos de conseguir levar uma gestação a diante optou em se abdicar do seu amor por Júlia em favorecimento a gestação de Tais.

A tristeza da restauradora só começou a passar com a chegada de Felipe, outro filho do doador 251 (Miguel), que precisava de um transplante de fígado para sobreviver. O navegador, que até então era dado como morto, se revelou vivo para salvá-lo e assim que o argentino se recuperou, embarcou com o pai biológico e Júlia para uma viagem de barco pela Patagônia.

Durante a viagem, Felipe se declarou apaixonado por Júlia, que a princípio relutou em se envolver, mas acabou embarcando no novo romance. Quando voltou para o Rio de Janeiro, o novo casal assumiu o namoro diante de todos os irmãos, inclusive Pedro, que esboçou esconder o ciúme. Já com o filho nascido, o biólogo não conseguiu lidar com a frustração por ter aberto mão de seu grande amor e se tornou uma pessoa amargurada, frustrada e infeliz.

Depois de discutir feio com Felipe numa festa de aniversário dos irmãos gêmeos Laila e Luis, Pedro ouviu algumas verdades de Laila (Maria Eduarda de Carvalho) e começou a se dar conta de que estava indo no caminho errado. Ele então resolveu deixar Noronha e voltar para o Rio de Janeiro e lutar por Júlia. Pedro foi sincero com Tais, terminou a relação, se dispôs a ser um super pai ao filho, porém confessou amar Julia e lutar por esse amor e felicidade abdicada anteriormente. Chegando ao Rio de Janeiro, ele procurou Julia na saída do trabalho da moça e se desculpou pelos erros do passado, assumindo que jamais poderia ter abdicado de sua felicidade e principalmente do amor de ambos, se declarando para Júlia e prometendo que a esperaria o tempo que fosse necessário. Felipe embarcou para o continente Africano a trabalho, abrindo espaço para que Julia e Pedro embarcassem em uma viagem para BH em busca do irmão Bernardo, que a esta altura se rebelou e fugiu de casa por conflitos gerados com a mãe, Marlene e o amor não correspondido por Elisa. Durante a viagem toda conexão adormecida entre Pedro e Júlia voltaram a tona. Felipe voltou de viagem e encontrou Pedro e Júlia abraçados. Em um momento de fuga ao amor sentido por Pedro, Julia decide acompanhar Felipe em definitivo para a Africa. O filho adotivo de Vicente (Ângelo Antônio) disposto a não perder o seu verdadeiro amor, a procura e em um imputo a beija.

Abalada, a moça afirma que está bem com Felipe, mas na verdade está completamente desnorteada. Miguel e Laila a aconselham a não fugir do que realmente sente por Pedro, pois tal conduta não a faria feliz. Julia nutrida do amor sentido por Pedro, termina o relacionamento com Felipe, confessando que precisa ficar um tempo sozinha, a fim de constatar o que realmente sente. Julia decide ir embora do rio de Janeiro e trabalhar no interior de São Paulo, enquanto Felipe embarca ao continente africano.

Passam-se meses e Lígia a fim de comemorar o aniversário do filho Joaquim convida todos os 7 irmãos para comemorarem o aniversário a bordo do barco Sete Vidas. Miguel, Lígia, Laila, Luis, Bernardo e Joaquim estão a deriva quando notam a chegada de Pedro, e logo atrás Julia.

Após meses sem se verem, Pedro e Julia trocam olharem apaixonados, e embarcam a deriva. Felipe que não pode estar presente devido ao seu trabalho humanitário envia um vídeo contendo uma linda mensagem, confessando amar todos os irmãos. Todos comemoram o aniversário de Joaquim e a novela tem uma linda passagem contendo desfechos de vários personagens.

Diante do pôr do sol, no convés, Julia está contemplando a paisagem e Pedro se aproxima. Ambos trocam olhares apaixonados e se entregam definitivamente ao amor, se beijando cumpliciadamente. Lígia e Miguel emocionados observam a cena de longe. O ambientalista aproveita o momento para beijá-la. A cena final é a imagem do barco Sete Vidas, que seguirá navegando e a novela acaba.[31]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Domingos Montagner João Miguel Oliveira Sanches [33][34]
Débora Bloch Lígia Fiúza Macedo [35]
Isabelle Drummond Júlia de Moraes Brandão [36]
Jayme Matarazzo Pedro Martins Vieira [37][38]
Letícia Colin Elisa de Moraes Ribeiro [39][40]
Michel Noher Felipe Soares Viegas [41][42]
Maria Eduarda de Carvalho Laila Thompson Viana [43][44]
Ghilherme Lobo Bernardo Figueira Meira [45][46]
Thiago Rodrigues Luís Thompson Viana [47][48]
Mariana Lima Isabel Barreto [49]
Maria Flor Taís Medeiros [50]
Malu Galli Irene Fiúza Macedo [51]
Ângelo Antônio Vicente Martins Vieira [52][53]
Cyria Coentro Marlene Figueira Meira[54]
Regina Duarte Esther Viana [55]
Maria Manoella Branca Viana[56]
Gisele Fróes Marta de Moraes Brandão [57]
Leonardo Medeiros Lauro [58][59]
Bianca Comparato Diana Ferreira da Silva [60]
Cláudia Mello Guida de Moraes Ribeiro [61]
Fábio Herford Eriberto de Souza e Melo [62]
Cláudio Jaborandy Durval [63]
Eline Porto Luísa [64][65]
Milena Melo Sofia Viana [66]
Gabriel Palhares Luca Viana [67]
Bernardo Berruezo Joaquim[68]
Ju Colombo Graça
André Frateschi Arthur Martins Vieira [69]
Walderez de Barros Iara Martins Vieira [70]
Fernanda Rodrigues Virgínia [71]
Sílvia Lourenço Olívia [72]
Selma Egrei Dália Fiúza Macedo [73]
Fernando Alves Pinto Caio [73]
Fernando Eiras Renan [74]
Luiz Serra Aníbal [75]
Thaís Garayp Rosa [76]
Sylvia Massari Helô [77]

Participação especial[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Vanessa Gerbelli Marina Bastos [78]
Fernando Belo Edgard Pires [79]
Lígia Cortez Beatriz Soares Viegas [80]
Jean Pierre Noher Diego Viegas [81]
Juliana Carneiro da Cunha Lúcia Monteiro [82]
Susana Ribeiro Luzia [83]
Jonas Bloch José Renato [84]
Marcílio Nogueira Augusto Oliveira Sanches [85]
Jesuíta Barbosa João Miguel Oliveira Sanches (flashback) [86]
Cláudia Netto Catarina Oliveira Sanches (flashback) [87]
Celso Frateschi Augusto Oliveira Sanches (flashback)[85]
Talita Tilieri Bárbara
Marcelo Argenta Marcos Pereira de Abreu [88]
Dieter Fuhrich Thiago
Emílio de Mello Vinícius [73]
Gustavo Machado Renato [89]
Rogério Fróes Eliseo de Souza e Melo [90]
Simone Soares Soraya [91]
Thierry Tremouroux Carlos [88]
Julia Konrad Valentina [92]
Cristine Perón Bia [93]
Adriano Garib Antônio Fragoso [94]
Cynthia Senek Luzia (flashback) [95]
Camila Amado Cida [88]
Anderson Di Rizzi Renato
Stella Maria Rodrigues Mariinha
Clarice Derziê Luz Cida (flashback)
Alexandre Liuzzi Inácio [88]

Música[editar | editar código-fonte]

Nacional[editar | editar código-fonte]

Sete Vidas - Nacional
Trilha sonora de Vários artistas
Lançamento 25 de maio de 2015
Gênero(s) Trilha sonora
Idioma(s) Português
Formato(s) CD, Download Digital
Gravadora(s) Som Livre
Cronologia de Vários artistas
Sete Vidas, Vol. 2
(2015)

Capa: Isabelle Drummond e Jayme Matarazzo como Júlia e Pedro.[96][97]

N.º Título Música Personagem Duração
1. "Cais"   Caetano Veloso   4:46
2. "Errática"   Gal Costa   3:19
3. "A Sua"   Marisa Monte Part. Dorival Caymmi Miguel e Ligia 3:03
4. "Pra Te Lembrar"   Luiza Possi Pedro e Julia 3:36
5. "Medo de Amar Nº 2"   Roberta Sá   2:58
6. "Epitáfio"   Titãs Lígia e Vicente 2:55
7. "Pais e Filhos"   Legião Urbana   5:06
8. "All Star"   Cássia Eller Pedro e Júlia 3:39
9. "Eu e a Brisa"   Wilson Simoninha   5:10
10. "Medo de Amar (Vire Essa Foto do Livro)"   Nana Caymmi Part. Wagner Tiso   3:19
11. "Lígia"   Chico Buarque Lígia e Vicente 2:54
12. "Terra"   Paulinho Moska   5:10
13. "Deixar o Barco Ir"   Dani Black   3:21
14. "A Dança"   Playmobille   4:07

Vol. 2[editar | editar código-fonte]

Sete Vidas, Vol. 2
Trilha sonora de Vários artistas
Lançamento 24 de junho de 2015
Gênero(s) Trilha sonora
Idioma(s) Inglês, francês, espanhol, português
Formato(s) CD, Download Digital
Gravadora(s) Som Livre
Cronologia de Vários artistas
Sete Vidas, Vol. 1
(2015)

Capa: Débora Bloch e Domingos Montagner como Lígia e Miguel.[98][99][97]

N.º Título Música Personagem Duração
1. "What a Wonderful World"   Tiago Iorc Abertura  
2. "Like a Rose"   Maria Gadú Júlia e Pedro  
3. "Forever Green"   Antônio Carlos Jobim    
4. "Blowin' in The Wind"   Dan Torres Lígia e Miguel  
5. "Today's The Day"   Aimee Mann Irene e Caio  
6. "In Your Light"   Jon Allen    
7. "December Days"   Tim Hanauer    
8. "Mon Coeur N'est Plus Doux"   Tó Brandileone    
9. "Años"   Irene Atienza (Part. Marcus Viana)    
10. "Father and Son"   Cadu Valle    
11. "Doin' Great"   Emi Meyer    
12. "Night & Day"   Jon Allen    
13. "Long Long Time"   Maria Gadú    
14. "Nobody Knows"   Dan Sultan    
15. "Quiet One"   Big Little Lions    
16. "Reckoner" (Instrumental) Vitamin String Quartet    
17. "Na Primeira Manhã"   Mônica Salmaso Lígia e Miguel  

Repercussão[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

A jornalista Patrícia Kogut afirmou que Sete Vidas fez boa estreia com ótimo elenco e texto realista. Segundo ela, a novela ingressou o telespectador em ambientes íntimos e que os personagens são verossímeis e fazem lembrar pessoas conhecidas. A qualidade dos diálogos também foi elogiada. Com relação ao enredo, a jornalista destaca o desembaraço e a competência da autora em tornar os enredos realistas, e o resultado disso eram que os dramas retratados se tornavam humanos e verdadeiros. Quanto ao casal protagonista ela ressalta o excelente trabalho dos atores — ambos no tom exato, sem um sinal de encenação. Ela não poupou elogios a Jayme Monjardim, mas criticou os cenários da trama, alegando que eles lembram outras novelas dirigidas pelo diretor e que eles foram uma força contra o texto tão realista. Ela finaliza dizendo que Sete vidas estreou bem e tem tudo para agradar àquele público de donas de casa tão assíduo do horário.[100]

Fernando Oliveira, do R7, afirmou que com Sete Vidas, Lícia Manzo será a substituta de Manoel Carlos na Globo. Ele justifica dizendo que os artifícios utilizados pelo medalhão, tais como diálogos bem escritos, trama desacelerada com tom de crônica, focada mais nos conflitos emocionais e familiares do que em reviravoltas mirabolantes também são bastante aproveitados por Lícia Manzo. Segundo o jornalista, o novo folhetim surpreendeu com enredo redondo e elenco repleto de nomes que deveriam ser vistos com mais frequência na TV. Ele elogiou os personagens o afirmar que são bem construídos, e que apesar de às vezes parecer bastante didático, o texto da trama é bem amarrado.[101]

Nilson Xavier, do UOL afirmou que Sete Vidas estreou sem atropelar o telespectador e sem fazê-lo dormir. Segundo ele, logo na estreia, a trama já pontuou bem o tempo de suas histórias com uma apresentação comedida da história central e dos principais personagens, sem precisar apelar para grandes reviravoltas. Ele ainda diz que a novela já mostrou a que veio, seja pela temática ou pelas relações humanas que a trama pretende mostrar. Ele finaliza dizendo que a estreia foi correta e discreta e que a trama promete bastante emoção para os próximos meses.[102]

Vanessa Scalei, editora do caderno TV Show, afirmou que na estreia de Sete Vidas, a autora Lícia Manzo já mostrou que seu ponto forte, além do ótimo texto, é dosar realidade e ficção, focando nas relações humanas. Ela elogiou a maneira como os personagens principais foram apresentados, sem atropelar a história. Além disso, ela também exalta as paisagens do Rio e da Patagônia que foram mostradas na estreia e até compara a trama a um documentário do National Geographic, por causa de tanta riqueza de detalhes. Para ela, o grande destaque da estreia foi a atriz Débora Bloch, que está muito segura e solta em cena. Ela finaliza afirmando que ''Sete Vidas começou bem, distante das antecessoras por ser mais realista, mas prometendo render bem para o horário.[103]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro capítulo registrou média de 20 pontos e 38% de participação na Grande São Paulo, mesmo índice de Boogie Oogie, sua antecessora. No Rio de Janeiro, a trama estreou com 26 pontos.[104]

No terceiro capítulo, a trama bateu recorde de audiência com 21 pontos de média,[105][106] índice repetido diversas vezes.[107][108] No Rio de Janeiro, seu recorde seu deu no dia 26 de março, quando atingiu 26 pontos.[109] No dia 07 de abril, bate recorde com 21,7 (22) pontos de média na Grande São Paulo,[110][111] índice alcançado novamente em 10 de junho.[112]

A primeira semana da trama registrou mais audiência que suas cinco antecessoras, fazendo assim a melhor estreia desde Amor Eterno Amor (2012).[113]

O último capítulo teve média de 20 pontos.[114] A trama terminou com 19.4 pontos de média, a maior audiência desde Flor do Caribe.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref.
2015
Prêmio Extra de Televisão
Melhor Novela
Lícia Manzo
Indicado [115]
Melhor Atriz Coadjuvante
Regina Duarte
Indicado [115]
Melhor Revelação Masculina
Ghilherme Lobo
Indicado [115]
Melhor Ator/Atriz Infantil
Gabriel Palhares
Indicado [115]
Troféu APCA
Melhor Novela
Lícia Manzo
Indicado [116][117]
Melhor Ator
Domingos Montagner
Indicado [117]
Melhor Diretor
Jayme Monjardim
Indicado [117]
Prêmio Quem de Televisão
Melhor Ator
Domingos Montagner
Indicado [118][119]
Melhor Atriz
Debora Bloch
Indicado
Revelação
Ghilherme Lobo
Indicado
Melhor Autor
Lícia Manzo
Indicado

Notas

  1. Marta teve um caso com Murilo e, para esconder do marido estéril, convence-o a realizar uma (falsa) inseminação artificial. O sêmen escolhido - e nunca usado - é o de Miguel.
  2. Vicente ajuda Lígia a cuidar de Joaquim até seu verdadeiro pai, Miguel, voltar de sua expedição.

Referências

  1. a b Gshow, TV Globo. «Sete Vidas - Personagens». Consultado em 15 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 24 de junho de 2017 
  2. Flávio Ricco (28 de fevereiro de 2015). «Mundo pequeno: namorado de Isabelle Drummond canta tema da novela dela». UOL Televisão. Consultado em 1 de março de 2015 
  3. Cristina Padiglione (18 de janeiro de 2015). «'Sete Vidas', novela das 6, aborda filhos gerados por doação de sêmen». Estadão. Consultado em 29 de janeiro de 2015 
  4. Adoro Cinema. «Meus 533 Filhos». Adoro Cinema. Consultado em 9 de março de 2015 
  5. Adoro Cinema. «De Repente Pai». Adoro Cinema. Consultado em 9 de março de 2015 
  6. Silas Lima (13 de fevereiro de 2015). «"Sete Vidas" estreará com frente de capítulos adiantada». TV Foco. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  7. Thiago Forato (13 de fevereiro de 2015). «"Sete Vidas" estreará com boa frente de capítulos escritos». Natelinha 10 - UOL. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  8. Gshow, Sete Vidas (5 de novembro de 2014). «Vem aí! Elenco faz workshop para próxima novela das seis». Rede Globo. Consultado em 12 de fevereiro de 2015 
  9. João Gabriel Batista (25 de junho de 2013). «Autora Lícia Manzo prepara novela para a faixa das 23h na Globo». UOL. Na Telinha. Consultado em 11 de março de 2014 
  10. Zean Bravo (19 de outubro de 2014). «Autora da próxima novela das 18h, Lícia Manzo se inspirou no musical 'O rei leão' para criar história». O Globo. Revista da TV. Consultado em 26 de abril de 2015 
  11. João Gabriel Batista (5 de abril de 2014). «Globo altera cronograma de novelas; Lícia Manzo voltará em 2015». UOL. Na Telinha. Consultado em 11 de março de 2014 
  12. Patrícia Kogut (25 de setembro de 2014). «Evandro Mesquita fará peça com a filha». Patrícia Kogut. Consultado em 18 de novembro de 2014. Subtítulo Por segurança. 
  13. Rafaela Santos (22 de outubro de 2014). «Domingos Montagner grava 'Sete vidas'». Patrícia Kogut. Consultado em 18 de novembro de 2014 
  14. Florença Mazza (17 de novembro de 2014). «D.Bloch e D.Montagner gravam 'Sete vidas' em El Calafate». Patrícia Kogut. Consultado em 18 de novembro de 2014 
  15. Willian Bressan (2 de dezembro de 2014). «Gravando: Começam as gravações de Sete Vidas». Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  16. Vitor Moreno (24 de janeiro de 2015). «Cenário de nova novela das 18h terá móveis ecológicos». F5 - televisão. Outro Canal. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  17. João Fernando (24 de janeiro de 2015). «'Sete Vidas' terá cenas em locais reais». Estadão. Consultado em 29 de janeiro de 2015 
  18. Vitor Moreno (15 de janeiro de 2015). «Globo foge de maquiagem e modismos em folhetim». Folha de S.Paulo. Outro Canal. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  19. Gshow (27 de junho de 2015). «Sete Vidas e I Love Paraisópolis voltam ao ar segunda, 29 de junho». TV - Gshow. Consultado em 11 de julho de 2015 
  20. “Sete Vidas” substitui “Amor Eterno Amor” na Globo Portugal
  21. "Partes de mí es una historia muy diferente y buena; Globo acertó con ella"
  22. Sete Vidas chega a Israel
  23. (Corea del Sur) Partes de Mi - Gran Estreno
  24. "Sete Vidas" com nova data de estreia no Chile
  25. Partes de Mí - Estreno
  26. De los mismos creadores de "La Vida Sigue"... llega una historia actual, sofisticada y muy humana
  27. (Armenia) Partes de Mí - Gran Estreno
  28. Un nuevo éxito de la Rede Globo
  29. a b Producciones del nuevo catálogo de Globo son licenciadas para Grupo Albavisión
  30. Nilson Xavier (18 de fevereiro de 2015). «Sete Vidas - Teledramaturgia». Teledramaturgia. Consultado em 18 de fevereiro de 2015 
  31. a b «Último capítulo da novela 'Sete Vidas': Júlia diz a Laila que Felipe a 'liberou'». Consultado em 9 de julho de 2015 
  32. Fátima Alves (1 de fevereiro de 2015). «"Sete Vidas" vai mostrar novo formato de relações familiares». UOL. A Tarde. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  33. UOL SP (30 de dezembro de 2014). «Próxima novela das seis da Globo terá morte misteriosa e trauma familiar». UOL Televisão. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  34. UOL RJ (25 de novembro de 2014). «Elenco de "Sete Vidas" grava primeiras cenas na Patagônia Argentina». UOL Televisão. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  35. Carla Bittencourt (24 de novembro de 2014). «Debora Bloch grava 'Sete vidas' em El Calafate, na Patagônia Argentina». Extra. Telinha. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  36. Carla Bittencourt (2 de dezembro de 2014). «'Sete vidas': Isabelle Drummond e Domingos Montagner gravam na Patagônia». Extra. Telinha. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  37. Paula Paiva (4 de fevereiro de 2015). «Jayme Matarazzo garante: 'Vou entregar meu melhor personagem até agora'». Extras - Sete Vidas. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  38. Carla Bittencourt (29 de dezembro de 2014). «Isabelle Drummond e Jayme Matarazzo serão irmãos que se apaixonam em 'Sete vidas'». Extra. Telinha. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  39. Laila Mesquita (9 de fevereiro de 2015). «Letícia Colin terá que emagrecer para viver mudança de nova personagem». Extras - Sete Vidas. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  40. Gshow (9 de dezembro de 2014). «Isabelle Drummond grava cena no Arpoador e revela tatuagem no pulso». Extras - Sete Vidas. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  41. Gshow (30 de novembro de 2014). «Que gato! Conheça Michel Noher, novo galã da próxima novela das seis». Extras - Sete Vidas. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  42. Carla Bittencourt (26 de novembro de 2014). «Depois de 'O rebu' ator argentino Michel Noher, terá papel importante em 'Sete vidas'». Extra. Telinha. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  43. Keila Jimenez (18 de novembro de 2014). «Globo quer mostrar 'nova' família em suas novelas». Folha de S. Paulo. Outro Canal. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  44. Paula Paiva (29 de janeiro de 2015). «Loiríssima, Maria Eduarda será gêmea de Thiago Rodrigues em nova novela das 6». Extras - Sete Vidas. Consultado em 29 de janeiro de 2015 
  45. Laila Mesquita (19 de fevereiro de 2015). «Novato na TV, Ghilherme Lobo foi descoberto no cinema em papel gay». Extras - Sete Vidas. Consultado em 1 de março de 2015 
  46. Gshow (10 de dezembro de 2014). «Uau! Isabelle Drummond arrasa de biquíni em gravação da próxima novela das 6». Extras - Sete Vidas. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  47. Paula Paiva; Rodrigo Dau (23 de fevereiro de 2015). «Papel de Thiago Rodrigues viverá conflitos por ser fruto de uma relação homossexual». Extras - Sete Vidas. Consultado em 1 de março de 2015 
  48. Regina Rito; Gabriel Sobreira (9 de janeiro de 2015). «'Quero a vagabunda morta', diz Marcos sobre Sueli em 'Alto Astral'». O Dia. Consultado em 29 de janeiro de 2015. Subtítulo Uma das Sete Vidas na novela. 
  49. Nina Ramos (23 de outubro de 2014). «Mariana Lima: de "O Rebu" para "Sete Vidas"». iG. Vem, gente!. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  50. Patrícia Kogut (10 de janeiro de 2014). «'Despedida de solteiro' será reprisada no Viva». O Globo. Consultado em 13 de janeiro de 2015. Subtítulo Alta visibilidade. 
  51. Carla Bittencourt (17 de dezembro de 2014). «Eliane em 'Império', Malu Galli já começa a gravar 'Sete vidas'. Veja as fotos». Extra. Telinha. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  52. Carla Bittencourt (15 de dezembro de 2014). «Débora Bloch grava 'Sete vidas' grávida». Extra. Telinha. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  53. Patrícia Kogut (26 de dezembro de 2014). «Bianca Byington e Marcelo Airoldi vão estrelar série do GNT». O Globo. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  54. Ronaldo Jacobina (10 de novembro de 2014). «Cyria Coentro divide-se entre o teatro, o cinema e a TV». UOL. A Tarde. Consultado em 1 de março de 2015 
  55. Carla Bittencourt (9 de dezembro de 2014). «Regina Duarte fará uma lésbica em 'Sete vidas' que se apaixonará por um advogado». Extra. Telinha. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  56. Flávio Ricco (17 de janeiro de 2015). «"A Praça É Nossa" caminha para 28 anos sem desviar do conceito». UOL Televisão. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  57. «Personagem de Gisele Fróes em 'Sete Vidas' empurrará o marido para outro homem». Yahoo. 9 de fevereiro de 2015. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  58. Gshow (18 de novembro de 2014). «Débora Bloch e Domingos Montagner gravam em meio a geleiras na Argentina». Extras - Sete Vidas. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  59. Carla Bittencourt (9 de fevereiro de 2015). «Leonardo Medeiros e Mariana Lima: um casal aparentemente harmônico em 'Sete vidas'». Extra. Telinha. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  60. Carla Bittencourt (4 de dezembro de 2014). «'Sete vidas' terá trama que fez sucesso na novela 'Em família'». Extra. Telinha. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  61. «"Sete Vidas": conheça toda a história de Elisa». Imirante. 25 de janeiro de 2015. Consultado em 14 de janeiro de 2015 
  62. Regina Rito; Gabriel Sobreira (11 de janeiro de 2015). «Em 'Império', José Alfredo descobre armação de Maurílio». O Dia. Consultado em 29 de janeiro de 2015. Subtítulo Mulher arrogante e interesseira. 
  63. Regina Rito; Gabriel Sobreira (17 de janeiro de 2015). «'Alto Astral': Samantha arma para Laura brigar com Caíque». O Dia. Consultado em 29 de janeiro de 2015. Subtítulo Sete Vidas. 
  64. Natália Boere (15 de maio de 2015). «Sucesso em musicais, Eline Porto entra em 'Sete vidas' como amiga que dedura Pedro para Taís». O Globo. Revista da TV. Consultado em 27 de maio de 2015 
  65. Gustavo Cunha (21 de maio de 2015). «Luísa dá virada na história de Vicente em 'Sete vidas': 'Vou deixá-lo mais leve', diz Eline Porto». Extra. Consultado em 27 de maio de 2015 
  66. «"Sete Vidas": conheça os gêmeos da nova trama». NaMira. 5 de fevereiro de 2015. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  67. Regina Rito; Gabriel Sobreira (25 de janeiro de 2015). «'Império': Marta expulsa Maurílio de Casa». O Dia. Consultado em 29 de janeiro de 2015. Subtítulo Nova novela da Globo. 
  68. Sete Vidas: Lígia fica com Miguel, e Júlia com Pedro; veja outros desfechos
  69. Carla Bittencourt (17 de fevereiro de 2015). «André Frateschi é o acomodado Arthurzinho em 'Sete vidas'». Extra. Consultado em 1 de março de 2015 
  70. «"Sete Vidas": conheça toda a história de Vicente». NaMira. 13 de janeiro de 2015. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  71. Gshow (10 de fevereiro de 2015). «Após 3 anos distante das novelas, Fernanda Rodrigues volta em Sete Vidas». Extras - Sete Vidas. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  72. Regina Rito; Gabriel Sobreira (29 de janeiro de 2015). «'Me acho um homem interessante', revela Alexandre Nero». O Dia. Consultado em 29 de janeiro de 2015. Subtítulo Agenda cheia. 
  73. a b c «"Sete Vidas": conheça a história da personagem Irene». NaMira. 8 de fevereiro de 2015. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  74. «Fernando Eiras é Renan, amigo de Marta e Eriberto». Extra Globo. 4 de junho de 2015. Consultado em 29 de junho de 2015 
  75. Gustavo Cunha (22 de abril de 2014). «Cláudia Mello celebra a volta por cima de Guida, em 'Sete vidas', após acidente: 'Ela vai rejuvenescer de alma!'». Extra. Consultado em 26 de abril de 2015 
  76. «Rosa (Thaís Garayp)» 
  77. «Helô (Silvia Massari) é sócia de Marta (Gisele Fróes), em 'Sete Vidas'». PurePeople. 8 de março de 2015. Consultado em 8 de maio de 2015 
  78. Gshow (10 de fevereiro de 2015). «Novo visual! Vanessa Gerbelli exibe cabelo curto e loiro na coletiva de Sete Vidas». Extras - Sete Vidas. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  79. Carla Bittencourt (7 de fevereiro de 2015). «Romance de Isabelle Drummond não sobe a serra em 'Sete vidas'». Extra. Telinha. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  80. Notícias de TV (25 de março de 2015). «Lígia Cortez reforça elenco de "Sete Vidas" como mãe de Michel Noher». O Dia. Consultado em 22 de abril de 2015 
  81. Notícias de TV (16 de abril de 2015). «Jean Pierre Noher reforça elenco de "Sete Vidas" como pai adotivo de Michel Noher». Consultado em 24 de abril de 2015 
  82. Televisão. Notícias de TV Carneiro da Cunha, atriz e bailarina, entra em “Sete Vidas” como dona de ONG e amiga de Regina Duarte http://rd1.ig.com.br/atriz-de-teatro-frances-entra-em-sete-vidas-saiba-detalhes/título=Juliana Carneiro da Cunha, atriz e bailarina, entra em “Sete Vidas” como dona de ONG e amiga de Regina Duarte Verifique valor |url= (ajuda). Consultado em 16 de junho de 2015  Verifique data em: |data= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  83. Abert está próxima de reagrupar todas as grandes redes
  84. 'Sete Vidas': Esther (Regina Duarte) se interessa por ex-namorado (Jonas Bloch)
  85. a b Especial "Sete Vidas": Jovens em busca de suas origens biológicas
  86. Florença Mazza (16 de outubro de 2014). «Jesuíta Barbosa está cotado para novela das 18h 'Sete vidas'». O Globo. Patrícia Kogut. Consultado em 13 de fevereiro de 2015 
  87. «Em flashback, Miguel causa morte da mãe após briga com pai em "Sete Vidas"». UOL Televisão. 18 de março de 2015. Consultado em 8 de maio de 2015 
  88. a b c d - Sete Vidas
  89. "Sete Vidas": Após perder a virgindade com Renato, Elisa o flagra com outra
  90. Patrícia Kogut (22 de fevereiro de 2015). «José de Abreu será coprodutor de dois filmes». O Globo. Consultado em 8 de maio de 2015 
  91. Regina Rito (30 de abril de 2015). «Em 'Babilônia', o casamento de Estela e Teresa entra em crise». O Dia. Consultado em 12 de junho de 2015. Subtítulo Mulher interesseira em Sete Vidas. 
  92. «Após cantada descarada, Elisa leva bronca pesada no trabalho». Gshow. Consultado em 16 de junho de 2015 
  93. Carla Bittencourt (10 de dezembro de 2014). «Domingos Montagner fará travessia de barco para a Antártica em 'Sete vidas'». Extra. Telinha. Consultado em 8 de maio de 2015 
  94. Carla Bittencourt (24 de março de 2015). «'Sete vidas': Adriano Garib volta a contracenar com Domingos Montagner». Extra. Telinha. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  95. Gshow (18 de março de 2015). «Em flashback trágico, Miguel briga e provoca a morte da mãe». Extras - Sete Vidas. Consultado em 26 de abril de 2015 
  96. «Sete Vidas - Nacional por Vários Artistas». iTunes Store. 25 de maio de 2015. Consultado em 27 de maio de 2015 
  97. a b «Trilha sonora de Sete Vidas (oficial)». Trilha Sonora de Novela. Março de 2015  Parâmetro desconhecido |url-= ignorado (ajuda);
  98. «Sete Vidas - Vol. 2 - Trilha Sonora da Novela». Livraria Saraiva. 23 de junho de 2015. Consultado em 23 de junho de 2015 
  99. «Sete Vidas - Vol. 2 por Vários Artistas». iTunes Store. 22 de junho de 2015. Consultado em 30 de junho de 2015 
  100. «'Sete vidas' faz boa estreia com ótimo elenco e texto realista». Patrícia Kogut. 11 de março de 2015. Consultado em 11 de março de 2015 
  101. Fernando Oliveira (10 de março de 2015). «Com 'Sete Vidas', Licia Manzo mostra que será o 'novo Manoel Carlos' da Globo». R7. Consultado em 11 de março de 2015 
  102. Nilson Xavier (9 de março de 2015). «"Sete Vidas" estreia sem atropelar o telespectador e sem fazê-lo dormir». UOL. Consultado em 11 de março de 2015 
  103. Vanessa Scalei (11 de março de 2015). «"Sete Vidas" dosa bom texto e atuação primorosa de Debora Bloch». ZH Entretenimento. Consultado em 11 de março de 2015 
  104. «'Sete vidas' estreia com 26 pontos no Rio e 20 em São Paulo». Patrícia Kogut. Consultado em 9 de março de 2015 
  105. «Sete Vidas tem recorde de audiência no terceiro capítulo». O Planeta TV. Consultado em 12 de março de 2015 
  106. Redação (12 de março de 2015). «Novelas da Globo vão ao ar mais tarde e têm maior audiência». UOL. Notícias da TV. Consultado em 13 de janeiro de 2015 
  107. Paulo Pacheco (15 de abril de 2015). «Sete Vidas». UOL. Notícias da TV. Consultado em 26 de abril de 2015 
  108. Maísa Capobiango (14 de abril de 2015). «'Sete vidas' repete recorde de audiência em São Paulo». O Globo. Patrícia Kogut. Consultado em 26 de abril de 2015 
  109. Maísa Capobiango (27 de março de 2015). «'Sete vidas' repete recorde no Rio e em São Paulo». O Globo. Patrícia Kogut. Consultado em 26 de abril de 2015 
  110. Redação (8 de maio de 2015). «Sete Vidas e penúltimo capítulo de Alto Astral batem recorde na Globo». UOL. Notícias da TV. Consultado em 8 de maio de 2015 
  111. Maísa Capobiango (8 de maio de 2015). «'Sete vidas' bate recorde em São Paulo com 22 pontos». O Globo. Patrícia Kogut. Consultado em 8 de maio de 2015 
  112. Hialley Gouveia (10 de junho de 2015). «Audiências consolidadas de terça-feira, 9 de junho». Bastidores da TV. Consultado em 10 de junho de 2015 
  113. «Em primeira semana, "Sete Vidas" registra audiência razoável para Globo; veja índice!». TV Foco. 16 de março de 2015. Consultado em 18 de julho de 2015 
  114. «Último capítulo de 'Sete vidas' registra 24 pontos no Rio e 20 em São Paulo». O Globo. Patrícia Kogut. 13 de julho de 2015. Consultado em 13 de julho de 2015 
  115. a b c d «Prêmio Extra de TV 2015: vote nos melhores da televisão». 11 de outubro de 2015 
  116. «APCA elege os melhores do ano na TV; Verdades Secretas leva mais prêmios». 2 de dezembro de 2015 
  117. a b c «Conheça os finalistas da APCA aos melhores de 2015 na televisão». 4 de novembro de 2015 
  118. Prêmio QUEM 2015: Vote no seu preferido na categoria TV
  119. Confira a lista de vencedores do Prêmio QUEM 2015

Ligações externas[editar | editar código-fonte]