Shade the Changing Man

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Shade, o Homem Mutável
Dados da publicação
Publicado por DC Comics
Primeira aparição Shade the Changing Man #1 (Junho/julho de 1977)
Criado por Steve Ditko
Características do personagem
Alter ego Rac Shade
Afiliações Esquadrão Suicida
Habilidades A Veste M cria um poderoso campo de força que repele armamento, permite um grau de voo e distorce a aparência de Shade dependendo do próprio estado mental.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Shade, o Homem Mutável é um personagem ficcional de histórias em quadrinhos criado por Steve Ditko para a DC Comics em 1977.[1] O personagem depois foi adaptado por Peter Milligan em um dos primeiros títulos da Vertigo

Ambas as versões de Shade são distintas de Shade, que é outro personagem da DC Comics.

História da Publicação[editar | editar código-fonte]

A era Steve Ditko

Shade, o Homem Mutável conta a história de um fugitivo do militante planeta Meta em outra dimensão. Shade (cujo verdadeiro nome é Rac Shade) foi apoderado de uma " Veste M " roubada (ou Vest Miraco chamada assim por seu inventor) que protege ele com um campo de força e o permite projetar a ilusão de tornar-se uma versão larga e grotesca de si mesmo. O personagem foi o primeiro que Ditko criou, ou ajudou a criar, para o principal editor por muitos anos. Antes de se juntar a DC Comics, Ditko esteve trabalhando em outras publicações como o Mr. A. Shade foi o seu retorno ao gênero de super-heróis, apesar que Shade não tinha qualquer conexão particular com o universo DC, Michael Fleisher escreveu a série baseado no enredo e arte de Ditko.

Sua série durou por oito edições bi-mensais em 1978 antes do súbito cancelamento com a chegada da " Implosão DC ", uma contratação da linha DC que visava cancelar os terceiros de seus livros antes da chegada de Setembro. Uma nona edição mais longa, apresentando a chegada de um novo personagem de Ditkoo chamado O Homem Odd, foi produzida, mas somente foi publicada como uma parte do DC's Cancelled Comic Cavalcade em 1978. Uma versão revisada da origem do Odd Man apareceu em Detectice Comics #487 (Dec. 1979 - Jan. 1980). Ambas histórias publicadas em The Steve Ditko Omnibus Vol. 1 (2011)[2] , uma grande coleção com todos os trabalhos de Ditko na DC.

Após isso, Shade foi adotado no Universo DC e fez uma breve aparição na minissérie Crise Nas Infinitas Terras, assim como se tornou um membro regular no Esquadrão Suicida.

Biografia Ficcional do Personagem

Série Própria

Rac Shade, um agente secreto de um planeta da Zona-Meta, uma dimensão entre a Terra e a Zona-Zero, acabou sendo incriminado por traição e sentenciado a morte. Através de vários eventos, Shade passou algum tempo na Terra tentando limpar seu nome, usando uma Veste M recuperada( A Veste Miraco que tinha sido roubada ) no processo, mas acabou encontrando resistência das Meta-Autoridades a todo tempo. Seu nome foi limpo pouco a pouco, mas ele permaneceu um homem procurado, e Shade continuou a usar a Veste M. A antiga noiva de Shade, Mellu Loron, procurou matá-lo por um tempo por ter causado uma explosão que matou os pais dela, mas seus pais, operando um monstro mecânico chamado de O Decididor Supremo (ou Desu) tinham outros planos.

Os Metans tinham um posto avançado na Terra que era chamado de Centro de Pesquisa Oculta (C.P.O). O centro era comandado por Wizor, assistido por Leno. Mellu comandou o centro por um tempo. O C.P.O. operava por contar a absoluta verdade sobre os metas, alguma coisa para o público dar risada. Enquanto Mellu tinha o desejo de matar Shade, o Centro tinha a missão de capturar os criminosos que haviam sido libertados pelo mesmo estranho acidente que libertou Shade, o que acabou irritando-a e fez com que ela deixasse a organização.

Quando o Dr. Sagan mostrou para Mellu a gravação que evidenciava que Shade a resgatou a parte mortal da Zona-Zero chamada de Área da Loucura, ela mudou seu pensamento sobre Shade, despistando o fato que foi ela que acabou o capturando.

Na edição final Shade acabou sendo sentenciado a Área da Loucura, mesmo tendo evidências que provassem sua inocência.

Tempo com o Esquadrão Suicida

Shade acabou indo viver na Área da Loucura. O Esquadrão Suicida, após deixar a dimensão natal de Nightshade acabou parando lá e Shade consegui fazer ajustes em sua roupa e pode teleportar a si mesmo e o esquadrão para a terra.

Infelizmente o C.P.O. acabou sendo tomado pelo Doutor Z.Z. e uma gangue de criminosos Metans. Eles esperavam usar o lugar como base para conquistar a Terra e eventualmente Meta. Os planos de Shade de para-lós acabaram sendo atrapalhados pela Crise nas Infinitas Terras e ele acabou sendo sugado novamente para a Zona-Zero. Ele foi eventualmente resgatado pelo Esquadrão.

A segunda tentativa de Shade de parar Z.Z. teve sucesso, mas as autoridades de Meta ainda queriam prendê-lo. Através da interferência de Rick Flag Shade foi capaz de deixar a base com o Esquadrão.

Foi oferecido para Shade ajuda técnica para retornar para Meta em troca de sua ajuda nas missões. Shade cooperou, mas ele não sabia se a tecnologia da Terra seria o suficiente para completar a tarefa. Shade também passou algum tempo tentando ajudar o ex-membro do esquadrão Verme Mental, que havia morrido na segunda edição, depois se tornou o Ifrit, um aliado digitalizado da Jihad.

Shade se tornou cada vez mais duvidoso da ideia de estar com o esquadrão. Então quando Lashina ( no disfarçe de Duquesa ) veio a ele com a oferta de retornar a sua dimensão natal através de um portal por Apokolips, Shade concordou, sem saber o que o estava esperando. Ele acabou sendo forçado a raptar Vixen assim como o Capitão Boomerangue ( apesar de ter pouco remorso em capturar o último ). Shade sabia que suas ações eram erradas, mas ele tinha pouca escolha.[3]

Lashina o traiu assim que possível em Apokolips. Diversos amigos de Shade, o piloto Briscoe, civil Flo Crowley ( parte da equipe de apoio do Esquadrão Suicida ) e o vilão Doutor Luz acabaram morrendo em combate com os parademonios e as Fúrias Femininas. Darkseid apareceu e secou o conflito, enviando o Esquadrão e seus mortos para a casa. Shade, partido em culpa, foi enviado de volta para a sua dimensão natal.

Seu status desde então é desconhecido.

Referências

  1. DC Comics Year By Year A Visual Chronicle [S.l.: s.n.] 2010. ISBN 978-0-7566-6742-9.  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (Ajuda)
  2. The Steve Ditko Omnibus Vol. 1 [S.l.: s.n.] 2011. ISBN 1-4012-3111-X.  |nome1= sem |sobrenome1= em Authors list (Ajuda)
  3. Suicide Squad #33 [S.l.: s.n.]