Shahab-3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Shahab-3

O Shahab-3 (persa: شهاب-3, significando “Meteor-3”) é um Míssil balístico de médio alcance (MRBM) desenvolvido pelo Irã e baseado no míssil Nodong-1. Uma variante deste míssil tem alcance de 1.300 quilômetros, e outra variante mais avançada pode alcançar quase 2.100 quilômetros. Foi testado entre 1998 a 2003. Os precursores deste míssil incluem o Shahab-1 e o Shahab-2.

Shahab-3B[editar | editar código-fonte]

É uma versão mais avançada do shahab-3. Possui algumas melhorias no sistema de orientação e navegação, levando-o a uma maior precisão.

Shahab-3C & D[editar | editar código-fonte]

Existem poucos detalhes sobre Shahab-3C e Shahab-3D. Os detalhes conhecidos são:

  • Os mísseis têm uma precisão melhorada;
  • O sistema de navegação é mais moderno;
  • Possui um alcance maior;
  • Os mísseis foram desenvolvidos internamente;
  • Estão sendo produzidos em massa.

História e testes[editar | editar código-fonte]

O Shahab-3 foi visto em público no dia 25 de setembro de 1998, pela primeira vez, em uma parada militar em Teerã. O Irã conduziu pelo menos seis vôos testes do Shahab 3. Durante o primeiro, em julho 1998, o míssil explodiu no meio do ar durante a última fase de vôo. Os oficiais dos Estados Unidos quiseram saber se o teste era uma falha ou a explosão era intencional. Um segundo teste, foi bem sucedido ocorreu em julho de 2000. Em setembro de 2000, Irã conduziu um terceiro teste, em que o míssil explodiu logo após o lançamento. Em maio de 2002 o Irã conduziu outros testes, bem sucedidos. Além de outros conduzidos em julho de 2002 e 7 de julho de 2003. No dia 2 de novembro de 2006 o Irã testou nos jogos militares, uma dúzia destes mísseis.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]