Sharam Diniz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sharam-Sharam da Conceição Diniz
Nome completo Sharam-Sharam da Conceição Diniz[1]
Data de nascimento 02 de março de 1991 (28 anos)[1]
Local de nascimento Luanda
Nacionalidade Angolana; Portuguesa
Altura 1,78[2]
Cor do cabelo Castanhos-escuros
Cor dos olhos Castanhos-escuros
Medidas 32-26-35 (US); 82-66-89 (EU)[2]
Manequim 6 (US); 36 (EU)[2]
Calçado 9.5 (US); 41 (EU); 7 (UK)[2]
Agência L'Agence (Lisboa), Elite (Estocolmo), PMA (Hamburgo), Next Management (Nova York, Step (Angola)[2], Way (Brasil) ModelWerk (Alemanha), Monster (Milão), Premium (Paris, Glam (Lisboa), Way (Brasil], ModelWerk [[[Alemanha]]], Monster (Milão), Premium (Paris)
Principais trabalhos Capa da Vogue Portugal, GQ, desfile para Victoria's Secret, Balmain, Carolina Herrera, Campanha Chanel.

Sharam-Sharam da Conceição Diniz (Luanda, 2 de março de 1991) é uma modelo e atriz luso-angolana[1]. Sharam Diniz tem dupla nacionalidade e faz parte da nova geração de modelos de ascendência africana que tem encantado as passerelas portuguesas e internacionais. Venceu o concurso do Supermodel of the World 2010 de Portugal[1].

Biografia[editar | editar código-fonte]

Saiu de Luanda quando tinha 18 anos para estudar Gestão e Produção de Eventos na Universidade de Leeds, Inglaterra[3]. Mora atualmente em Nova York. Sharam-Sharam, seu nome de baptismo, significa "modéstia, timidez" em persa e árabe.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Com 17 anos de idade começou a participar em desfiles de moda em Angola. Em 2009 concorreu e venceu The Office & Look Magazine Model Search, em Inglaterra[1]. Em 2012 foi eleita como Melhor Modelo do Ano, no Moda Luanda,[1] e em 2013 foi eleita Melhor Modelo Feminino nos Globos de Ouro[4].

Sharam foi capa da Vogue Portugal de Maio, tornando-se a primeira angola a aparecer na capa desta revista, e da GQ de Abril de 2013, em Portugal, a qual a chamou de "a nova pantera negra"[5][6]. No mesmo ano foi nomeada para os Globos de Ouro XVIII da SIC na categoria Melhor Modelo Feminino, onde saiu vencedora[7].

Em Novembro de 2012 desfilou como uma das angels da marca estadunidense Victoria's Secret, da qual fez campanha da linha "Pink"[1][8], tornando-se assim a primeira angola, e portuguesa, a desfilar para a marca.[9] Em Novembro de 2015, a modelo angolana voltou a ser convidada para o grande desfile, em Nova Iorque[10].

Em Março de 2014 Sharam Diniz dá a cara pela campanha L'instant Chanel - Watches Spring, para a prestigiada e mítica casa Chanel[11]. Nesse mesmo ano, a angolana Sharam Diniz tornou-se a nova embaixadora da indústria mais sexy da Europa, dando a cara à nova campanha Portuguese Shoes 2015.[12]

São inúmeras as campanhas internacionais em que participou: Tom Ford Tobacco Oud, Victoria Secret Swimwear, IPPOLITA, L’instant Chanel – watches, Ralph Lauren, Armani Exchange, 7 for all mankind, Kiko Milano, Clinique, Avon, entre tantas outras.

No que toca aos editoriais, publicações como Vogue, Marie Claire, Elle, GQ, Allure, Glamour, Interview, Máxima, Super Fashion Angola, Cosmopolitan ou Cover Girl, têm preenchido capas e linhas com a tinta das suas curvas.

Até hoje, já desfilou para as principais casas internacionais. Balmain, BCBG Max Azria, Calvin Klein, Carolina Herrera, Charlotte Ronson, Cushnie et Ochs, Cynthia Rowley, Hervé Léger, Hood by Air, Jason Wu, Kenneth Cole, Lela Rose, Libertine, Mark Fast, Nanette Lepore, Organic by John Patrick, Pamella Roland, Prabal Gurung, Tracy Reese, Victoria’s Secret, Vivienne Westwood, Wes Gordon, Rag and Bone são apenas alguns dos nomes que Sharam tem representado e, ainda, desfilou para a Yeezy, a marca de roupa de Kanye West. Sharam Diniz já foi, por quatro vezes, convidada pela Calzedonia para desfilar.

À sua beleza ímpar une-se um espírito empreendedor e uma mente empresarial. Em Angola, Sharam lançou a sua própria marca de extensões e aplicações de cabelos “Sharam Hair” a qual se tornou, a par da sua criadora, um verdadeiro caso de sucesso.

Em 2018 trocou Nova Iorque por Lisboa, para aceitar um desafio proposto pela SIC, a novela “Alma e Coração”, onde interpreta “Naomi Andrade”. A estreia foi em Setembro de 2018 e este foi o seu primeiro grande papel na ficção.

Agências[editar | editar código-fonte]

  • NEW YORK - ONE MANAGEMENT
  • PARIS - PREMIUM
  • MILAN - MONSTER
  • LONDON- MODELS 1
  • BRAZIL- WAY MODELS
  • SOUTH AFRICA- ICE MODELS
  • GERMANY- MODELWERK
  • LOS ANGELES- NOMAD LA
  • PORTUGAL - GLAM

Prémios[editar | editar código-fonte]

  • 2009 –The Office & Look Magazine Model Search – Inglaterra
  • 2010 – Super Model of the World – Portugal
  • 2011 – Model Of the year – Angola - Troféus Moda Luanda
  • 2012 – Model of the Year – Angola - Troféus Moda Luanda
  • 2013 – Melhor Modelo Feminino “Globos de Ouro” – Portugal
  • 2014 – Mulher do Ano – GQ Portugal
  • 2015 – Modelo do Ano – Angola
  • 2015 – Prémio Carreira Internacional - Angola 35 Graus
  • 2016 – Modelo do Ano – Angola
  • 2016 – Actriz Revelação - Angola Fashion Awards
  • 2016 – Modelo Internacional Feminina - Angola Fashion Awards

Campanhas Mundiais[editar | editar código-fonte]

Tom Ford Tobacco Oud, Victoria Secret Swimwear, IPPOLITA, L'instant Chanel - watches, Ralph Lauren, Armani Exchange, 7 for all mankind, Kiko Milano, Clinique, Avon.

Editoriais[editar | editar código-fonte]

Vogue, Marie Claire, Elle, GQ, Allure, Glamour, Interview, Cosmopolitan, Cover Girl

Shows[editar | editar código-fonte]

Balmain, BCBG Max Azria, Calvin Klein, Carolina Herrera, Charlotte Ronson, Cushnie et Ochs, Cynthia Rowley, Dennis Basso,Derek Lam, Fashion Rocks, Hervé Léger, Hood by Air, Jason Wu, Kenneth Cole, Lela Rose, Libertine, Mark Fast, Nanette Lepore, Organic by John Patrick, Pamella Roland, Prabal Gurung, Rag & Bone, Sophie Theallet, Thakoon, Tracy Reese, Victoria's Secret, Vivienne Westwood, Wes Gordon, Yeezy, Calzedonia.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g Carlota Arantes et alii (12 de novembro de 2012). «Sharam Diniz, o «Anjo» português». MSN Mulher. Consultado em 25 de abril de 2013 
  2. a b c d e Adm. do site (2011). «Sharam Diniz». The Fashion Model Directory. Consultado em 25 de abril de 2013 
  3. Da redação (18 de janeiro de 2010). «Atitude modelo». Folha de S.Paulo – Folhateen. Consultado em 27 de maio de 2013 
  4. Da redação (20 de maio de 2013). «Sharam Diniz recebe prémio no Coliseu dos Recreios». Portal Caras – Portugal. Consultado em 27 de maio de 2013 
  5. Da redação (15 de março de 2013). «Sharam Diniz é pantera negra». Portal de Angola. Consultado em 25 de maio de 2013 
  6. Da redação (22 de março de 2013). «Sharam Diniz é a nova pantera negra». Portal Record. Consultado em 25 de maio de 2013 
  7. Da redação (1 de abril de 2013). «Globos de Ouro 2013». Revista 21. Consultado em 25 de abril de 2013 
  8. Da redação (17 de março de 2013). «Sharam Diniz brilha na passarela portuguesa». Caras. Consultado em 25 de abril de 2013 
  9. Carolina Matos (17 de novembro de 2012). «Sharam Diniz é a primeira portuguesa a desfilar para a Victoria's Secret». Público. Consultado em 20 de março de 2019 
  10. «Luso-angolana Sharam Diniz volta a desfilar para a Victoria's Secret». Revista Lux. 11 de novembro de 2015 
  11. L'instant Chanel - Watches Spring 2014 Biography Sharam Diniz. Models.com, recuperado a 7 maio 2014
  12. LSharam Diniz é o novo rosto da indústria mais sexy Dinheiro Vivo Online, 26 de Novembro de 2014
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Sharam Diniz