Sheikh Mujibur Rahman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sheikh Mujibur Rahman
Sheikh Mujibur Rahman
Presidente de  Bangladesh
Período 11 de abril de 1971 - 12 de janeiro de 1972
Sucessor(a) Nazrul Islam (em exercício)
Primeiro-ministro de  Bangladesh
Período 12 de janeiro de 1972 - 24 de janeiro de 1975
Antecessor(a) Tajuddin Ahmad
Sucessor(a) Muhammad Mansur Ali
Presidente de  Bangladesh
Período 25 de janeiro - 15 de agosto de 1975
Antecessor(a) Mohammad Mohammadullah
Sucessor(a) Khondaker Mostaq Ahmad
Dados pessoais
Nascimento 17 de março de 1920
Tungipara, Raj britânico
Morte 15 de agosto de 1975 (55 anos)
Dacca, Bangladesh
Primeira-dama Begum Fazilatnnesa
Partido Liga Awami
Profissão político

O Sheikh Mujibur Rahman (em bengali, শেখ মুজিবুর রহমান; romanizado como: Shekh Mujibur Rôhman) (17 de março de 192015 de agosto de 1975), também conhecido como Sheikh Mujib ou simplesmente Mujib, foi o primeiro presidente do Bangladesh.

Foi o líder fundador de Bangladesh, considerado o Pai da Pátria. Encabeçou a Liga Awami, serviu como primeiro presidente do Bangladesh e, mais tarde, foi o primeiro-ministro. É popularmente conhecido como Sheikh Mujib e pelo título honorífico de Bangabandhu (বঙ্গবন্ধু Bôngobondhu, "Amigo de Bengala"). A sua filha mais velha, Sheikh Hasina, é a atual líder da Liga Awami e primeira-ministra do Bangladesh.

O Sheikh Mujib tornou-se primeiro-ministro de Bangladesh em janeiro de 1975, dentro do sistema parlamentarista adotado pelo novo país. Em seu governo, começou a vigorar uma nova constituição, que proclamava o socialismo e a democracia secular. Em 1973, nas primeiras eleições gerais do país, seu partido, a Liga Awami, obteve uma grande vitória. Todavia, Mujib enfrentaria grandes dificuldades para governar, dados o crescente desemprego, a pobreza e a corrupção reinante. Além disso, uma grave crise de abastecimento alimentar explodiu em 1974. O governo era criticado por negar o reconhecimento de minorias indígenas e acusado de violações dos direitos humanos que eram cometidas pelas forças de segurança, sobretudo pelas milícias da Força de Defesa Nacional. Em meio à crescente agitação política, Mujib introduziu a regra do partido único, em janeiro de 1975. Seis meses depois de assumir o governo, ele e a maior parte de sua família foram assassinados por um grupo de oficiais do Exército de Bangladesh, durante um golpe militar que decretou a lei marcial em todo o país.

Em uma pesquisa da BBC realizada em 2004, Mujib foi eleito o maior bengalês de todos os tempos.


Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.