Shelley Morrison

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Shelley Morrison
Nascimento 26 de outubro de 1936
Nova Iorque, Nova Iorque
Morte 1 de dezembro de 2019 (83 anos)
Los Angeles, Califórnia
Nacionalidade norte-americana
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Los Angeles City College
Ocupação atriz
Causa da morte Insuficiência cardíaca
Página oficial
shelleymorrison.com

Shelley Morrison (Nova Iorque, 26 de outubro de 1936Los Angeles, 1 de dezembro de 2019) foi uma atriz norte-americana.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida Rachel Mitriani e algumas vezes aparecendo em produções sob o nome de Rachel Dominguez, Morrison atuava nos palcos e na televisão desde o início da década de 1960. Ela teve um papel fixo no antigo seriado The Flying Nun interpretando a "Irmã Sixto", e continuou tendo papéis secundários até conseguir uma participação fixa na novela General Hospital em 1982.

Apesar de ter interpretado vários personagens estereotipados de latinos, incluindo suas participações no The Flying Nun e Will & Grace, Shelley é na verdade nascida e criada no Bronx, Nova Iorque, vinda de uma família judia. Seu pai, Maurice Morris, fabricava roupas e morreu quando ela tinha 10 anos, mas antes de morrer mudou-se com a família para Los Angeles.

Morrison mais tarde estudou drama na Los Angeles City College e acabou conseguindo seus primeiros papéis em filmes, como Divorce American Style e How to Save a Marriage(And Ruin Your Life).

Em 1988 ela descobriu-se com câncer e teve que passar por uma cirurgia a fim de retirar o tumor. Porém a doença retornou em 1998 e ela submeteu-se a uma mastectomia completa. Shelley também enfrentou câncer do pulmão que a obrigou a retirar uma parte do seu pulmão direito. Ela vivia com seu marido, Walter Dominguez, em um apartamento de três andares em Los Angeles, o mesmo onde seu pai acomodou a família cinco décadas antes.

Seu papel mais famoso é a empregada salvadorenha Rosario Salazar no aclamado seriado Will & Grace. O personagem foi originalmente criado para apenas uma participação de alguns episódios, mas tornou-se tão bem quisto pelos espectadores que acabou sendo efetivada no elenco principal. Além de ser criada de Karen Walker, a personagem foi agraciada com um casamento de conveniência com Jack McFarland, o afetado dançarino-aprendiz-de-ator interpretado por Sean Hayes. Tudo para, na história, salvá-la da deportação.

Dentre as 25 participações em filmes e 35 em programas de televisão, Morrison interpretou uma empregada ou criada no mínimo em 32 vezes. Ela havia acabado de informar sua empresária que não lhe oferecesse mais papéis de empregada, justamente quando a oferta para Will & Grace apareceu.

A atriz foi acusada de furto em uma loja da Califórnia em 2003, mas a queixa foi retirada logo em seguida.

Morrison morreu no dia 1 de dezembro de 2019, aos 83 anos, em decorrência de insuficiência cardíaca.[1]

Referências

  1. Ellis, Ralph (1 de dezembro de 2019). «Shelley Morrison, actress who played maid on 'Will & Grace,' dies at 83» (em inglês). CNN. Consultado em 2 de dezembro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Shelley Morrison