Shenzhou 13

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Shenzhou 13
Insígnia da missão
Informações da missão
Operadora CMSA
Foguete Longa Marcha 2F
Estação espacial Tiangong
Espaçonave Shenzhou-13
Número de tripulantes 3
Base de lançamento Jiuquan LA-4/SLS-1
Lançamento 15 de outubro de 2021, 16:23:44 UTC[1]
Jiuquan, Deserto de Gobi, Mongólia Interior
Aterrissagem 16 de abril de 2022, 01:56:37 UTC[1]
Ejin Banner[1]
Órbitas 2885[1]
Duração 182d 09h 32m 41s[1]
Altitude orbital 330 - 340 km[1]
Inclinação orbital 42,4º[1]
Imagem da tripulação
Zhai, Wang e Ye
Zhai, Wang e Ye
Navegação
Shenzhou 12
Shenzhou 14
Tianzhou 2 (esq.), Tianzhou-3 (dir.) e Shenzhou 13 (nadir).

Shenzhou 13 (chinês simplificado: 神舟十三号, pinyin: Shénzhōu Shísān-hào) foi um voo espacial chinês lançado no dia para 15 de outubro de 2021, 16:23 UTC.[1] O voo marcou a oitava missão tripulada da China e o décimo terceiro voo do programa Shenzhou. O voo levou três taikonautas do Corpo de Taikonautas do Exército de Libertação Popular no segundo voo com destino ao módulo Tianhe, o primeiro da Estação Espacial Tiangong.[2]

Este voo é o primeiro que durou 6 meses (180 dias).[3] Depois disto, a permanência de seis meses será o padrão.[4]

Tripulação[editar | editar código-fonte]

A tripulação foi publicamente anunciada em uma conferência de imprensa no dia 14 de outubro de 2021,[5] mas haviam recebido a atribuição de forma secreta em dezembro de 2019.[6] Zhai Zhigang é um veterano da Shenzhou 7; Wang Yaping voou na Shenzhou 10 e tornou-se a primeira mulher na Tiangong, enquanto Ye Guangfu realizou seu primeiro voo.[5]

Posição[7] Taikonauta[1]
Comandante China Zhai Zhigang
Taikonauta 1 China Wang Yaping
Taikonauta 2 China Ye Guangfu

Nave[editar | editar código-fonte]

A Academia de Tecnologia Espacial da China desenvolveu uma nova tecnologia na Shenzhou 13 com o objetivo de acoplar radialmente na parte da Tianhe virada para a Terra, exigindo a manutenção do controle contínuo da altitude e da órbita. Este tipo de atracação diferiu das atracações dianteiras e traseiras utilizadas pelas missões Shenzhou 12, bem como Tianzhou 2 e 3, criando uma cadeia logística de infra-estrutura espacial que inclui o módulo central, as tripulações e as naves espaciais de carga.[8]

Missão[editar | editar código-fonte]

A nave foi lançada num Longa Marcha 2F a partir do Centro de lançamento de satélites de Jiuquan no Deserto de Gobi as 16:23:56 UTC do dia 15 de outubro de 2021.[9] Depois de cerca seis horas e meia a nave chegou na Tiangong. A missão acoplou-se com o Tianhe as 22:49 UTC do dia 15 de outubro de 2021.[1]

Expedição 2[editar | editar código-fonte]

A tripulação embarcou no Tianhe as 01:58 UTC do dia 16 de outubro de 2021, como a segunda expedição na Tiangong.[10] Como parte de um projeto de divulgação científica, no dia 9 de novembro de 2021 foi iniciado o "Tiangong Classroom".[11][12] A nave desacoplou da Tiangong as 16:44 p.m. UTC do dia 15 de abril de 2022.[13] A tripulação pousou no dia 16 de abril de 2022, as 01:56:37 UTC.[1] Enquanto a missão anterior demorou cerca de 28 horas para pousar, a Shenzhou 13 levou apenas 8 horas.[14]

A Shenzhou 14 foi colocada a postos para o caso de uma situação de emergência abordo da Tiangong, com o lançamento em até 8,5 dias após o anuncio da emergência, em algo similar ao antigo conceito Launch on Need da época do Ônibus Espacial.[15]

Caminhadas no espaço[editar | editar código-fonte]

No dia 7 de novembro de 2021, a primeira das três caminhadas espaciais programadas foi realizada por Zhai Zhigang e Wang Yaping. Wang entrou para a história como a primeira cidadã chinesa a realizar uma caminhada espacial. Eles receberam a tarefa de realizarem a instação da suspensão e adaptador do braço robótico e também realizarem os testes típicos do equipamento. A atividade durou 6 horas e 25 minutos.[16]

No dia 26 de dezembro de 2021, Ye Guangfu e Zhai Zhigang realizaram a segunda caminhada espacial da missão, com Wang Yaping apoiando a dupla a partir do interior da estação. As tarefas de Ye e Zhai incluíram a liberação da "câmera panorâmica C", a instalação de uma plataforma para encaixe dos pés e o teste de vários métodos para movimentos de objetos dentro da estação. A caminhada espacial durou 6 horas e 11 minutos.[17]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k «Spaceflight mission report: Shenzhou-13». 16 de abril de 2022. Consultado em 16 de abril de 2022 
  2. Barbosa, Rui C. (1 de março de 2021). «China preparing to build Tiangong station in 2021, complete by 2022». NASASpaceFlight.com. Consultado em 1 de março de 2021 
  3. «中国航天进入空间站建造关键时期——访中国载人航天工程办公室主任郝淳». xinhuanet.com. Consultado em 29 de abril de 2021 
  4. «空间站建造后续有四次载人飞行,航天员每次在轨驻留3至6个月». thepaper. Consultado em 29 de abril de 2021 
  5. a b «China unveils Shenzhou-13 crew for six-month space station mission». 14 de outubro de 2021. Consultado em 14 de outubro de 2021 
  6. «Three astronauts begin half-year mission on Chinese space station». 15 de outubro de 2021. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  7. «Role». 5 de junho de 2022. Consultado em 5 de junho de 2022 
  8. «China's Shenzhou 13 Mission and Its Long-Term Impact». The Diplomat. Consultado em 20 de outubro de 2021 
  9. «China launches Shenzhou 13 astronauts on historic mission to new space station». space.com. Consultado em 15 de outubro de 2021 
  10. «神舟十三号3名航天员顺利进驻天和核心舱». xinhua.news. Consultado em 16 de outubro de 2021 
  11. «'Sparking interest': China's astronauts to conduct live science class from space station». 9 de dezembro de 2021. Consultado em 10 de dezembro de 2021 
  12. «China launches first space class from Tiangong space station(2/7)». 10 de dezembro de 2021. Consultado em 10 de dezembro de 2021 
  13. «Chinese astronauts undock from space station, head for landing». 15 de abril de 2022. Consultado em 15 de abril de 2022 
  14. «China's space station first to be open to all UN member states: Chinese FM». 18 de abril de 2022. Consultado em 29 de abril de 2022 
  15. «China's Shenzhou 14 is on standby to launch in case of space station emergency». 22 de outubro de 2021. Consultado em 25 de outubro de 2021 
  16. «China's Shenzhou-13 taikonauts complete first extravehicular mission». Xinhua News. 7 de novembro de 2021. Consultado em 7 de novembro de 2021 
  17. Davenport, Justin (26 de dezembro de 2021). «Shenzhou-13 crew conducts second spacewalk of mission». NASASpaceFlight.com. Consultado em 26 de dezembro de 2021 

Precedido por
Soyuz MS-19
Voos tripulados
Sucedido por
Crew-3