Shenzhou 2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shenzhou 2
Estatísticas da missão
Número de tripulantes não-tripulada
Lançamento 9 de janeiro de 2001
01:00 UTC
Centro de Lançamentos de Satélites de Jiuquan
Aterrissagem 16 de janeiro de 2001
11:22 UTC
Mongólia Interior
Órbitas 117
Duração 7d 10h 22min
Navegação
Último
Último
Shenzhou 1
Shenzhou 3
Próximo
Próximo

Shenzhou 2 foi o segundo voo não-tripulado do Programa Shenzhou, criado pela República Popular da China para colocar um chinês no espaço e posterior exploração espacial. A nave levou ao espaço um coelho, um macaco e um cão, como teste do sistema de suporte à vida instalado na cápsula para utilização nos futuros voos tripulados.[1] A missão durou sete dias, com os animais retornando no módulo de reentrada e com o módulo orbital permanecendo em órbita por mais 220 dias.

Lançada em 9 de janeiro de 2001, este teste foi mais rigoroso do que o antecessor, com a Shenzhou 1, pela instalação do sistema de suporte à vida inexistente na primeira cápsula e pela realização de diversas experiências científicas. A espaçonave também realizou diversos testes de mudança de órbita.

Além da instalação do compartimento de carga para os animais, houve 64 cargas científicas diferentes a bordo. 15 delas foram instaladas no módulo de reentrada, 12 no módulo orbital e 37 no lado externo posterior da nave.[2] Entre estes foram realizados testes de cristalografia na microgravidade, em espécies de animais incluindo seis ratos de laboratório e pequenos organismos terrestres e aquáticos, detectores de partículas e de raios cósmicos e detectores de erupção de raios gama. Para testar o sistema de transmissão por rádio, mensagens pré-gravadas foram transmitidas da espaçonave.[1]

O sinal de retroignição para os procedimentos da reentrada na atmosfera foram enviados às 10:15 UTC de 16 de janeiro quando a nave pasava pelo Atlântico Sul perto da costa da África do Sul. A cápsula pousou na Mongólia Interior às 11:22 UTC.[3] O módulo orbital vazio continuou circundando a Terra até 24 de agosto, quando foi realizada sua reentrada no Oceano Pacífico, entre o Chile a Ilha da Páscoa.

Parâmetros da missão[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Shenzhou. Encyclopedia Astronautica. Página visitada em 18/06/2012.
  2. ShenZhou-2 Unmanned Spaceflight Mission. ChinaDailyToday. Página visitada em 20/06/2012.
  3. Shenzhou-2 Returns While Orbital Experiments Continue. SpaceDaily. Página visitada em 20/06/2012.