Sheyla Smanioto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sheyla Smanioto
Nome completo Sheyla Cristina Smanioto Macedo
Nascimento 1990 (28 anos)
Diadema
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação Escritora
Principais trabalhos Desesterro
Prémios Prêmio Sesc de Literatura (2015)

Prêmio Machado de Assis (2016)
Prêmio Jabuti - 3º lugar (2016)

Sheyla Cristina Smanioto Macedo (Diadema, 1990) é uma escritora brasileira[1][2].

Graduou-se em Estudos Literários pela Unicamp, onde em seguida fez o mestrado em Teoria Literária. Seu romance de estreia, Desesterro, venceu o Prêmio Sesc de Literatura e foi finalista do Prêmio São Paulo de Literatura[3][4]. Participou da antologia Golpe: Antologia-Manifesto (2016), organizada em protesto contra o governo Temer[5].

Dirigiu em 2013 o curta-metragem curta Osso da Fala, premiado pelo Rumos Itaú Cultural.

Obras[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Quatro geografias. Gazeta do Povo - Rascunho
  2. Marta Barcellos e Sheyla Smanioto têm os seus primeiros trabalhos premiados pelo Sesc. O Globo, 4 de julho de 2016
  3. Finalistas. Prêmio São Paulo de Literatura 2016
  4. Sobre cães, mulheres, terra e fome. Suplemento Pernambuco, 5 de setembro de 2016
  5. Manifesto reúne 120 artistas contra o golpe. RBA, 19 de junho de 2016


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.