Shinjuku Incident

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shinjuku Incident
Acidente em Shinjuku (PT)
Massacre no Bairro Chinês (BR)
 Hong Kong
2009 •  cor •  119 min 
Direção Derek Yee
Produção Willie Chan
Solon So
Roteiro Derek Yee
Chun Tin-Nam
Elenco Jackie Chan
Naoto Takenaka
Daniel Wu
Chin Kar-Lok
Xu Jinglei
Gênero Drama
Música Peter Kam
Cinematografia Kiba Nobayasu
Edição Kong Chi-Leung
Cheung Ka-Fai
Distribuição JCE Movies Limited
Lançamento  Hong Kong 2 de abril de 2009
Idioma Mandarim
Cantonês
Japonês
Orçamento US$ 40 milhões[carece de fontes?]
Receita US$ 123 milhões[carece de fontes?]

Shinjuku Incident (Massacre no Bairro Chinês (título no Brasil) ou Acidente em Shinjuku (título em Portugal)) é um filme honconguês, do gênero drama, dirigido por Derek Yee e estrelado por Jackie Chan sendo lançado em 2009.

Muitos comentário na imprensa descrevem o gênero do filme mais como um drama, o diretor do fime, Derek Yee, em uma entrevista citou: "As pessoas estão muito familiarizadas com as imagens Jackie Chan lutando, é hora de ele atuar em dramas."[1] Em uma entrevista posterior, o próprio Chan descreveu o filme como dramático com "talvez um por cento de ação."[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Com a ajuda de seu "irmão" Jie (Daniel Wu), o mecânico apelidado de Steelhead (Jackie Chan) entra no Japão a partir da China à procura de sua noiva, Xiu Xiu (Xu Jinglei).

Uma noite, enquanto trabalhava em um restaurante com Jie, Steelhead encontra Xiu Xiu com Eguchi (Masaya Kato), o líder local da Yakuza. Entristecido ao ver sua noiva com outro homem, ele passa a noite com Jie bebendo e festejando com prostitutas. Uma vez sóbrio, Steelhead decide tornar-se um cidadão legal do Japão por todos os meios possíveis.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O diretor Derek Yee tinha planejado o filme cerca de 10 anos antes. Suas gravações eram para começar em maio de 2006, mas Jackie Chan estava ocupado gravando Rush Hour 3 e Shinjuku Incident teve que ser adiado. O diretor Derek Yee disse que não se importaria em esperar se a agenda de Jackie Chan estivesse lotada, e como os dois sempre foram bons amigos, sentia que Jackie Chan iria aceitar o papel de Steelhead. Em 26 de Setembro de 2007, o site de Jackie Chan divulgou que as filmagens começariam em "algumas semanas", no Japão.[3] As filmagens começaram em novembro de 2007.[1]

No entanto, devido a quantidades significativas de violência no filme, diretor Yee tomou a decisão de não lançar o filme na China continental.[4]


Referências

  1. a b «Shinjuku Incident Starts Shooting in November». JC-News. 9 de julho de 2007. Consultado em 30 de novembro de 2009 
  2. «No Clash of the Egos». Evening Gazette. 11 de julho de 2008. Consultado em 30 de novembro de 2009. Cópia arquivada em 30 de novembro de 2009 
  3. «Shinjuku Incident to begin in Japan in a 'few weeks'». jackiechan.com. 26 de setembro de 2007. Consultado em 26 de setembro de 2007 [ligação inativa] 
  4. Lee, Min (16 de fevereiro de 2009). «Director: Jackie Chan film too violent for China». USA Today. Associated Press. Consultado em 30 de novembro de 2009. Cópia arquivada em 30 de novembro de 2009 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]