Show Maravilha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Show Maravilha
Informação geral
Formato Programa de auditório
Duração 5h (extensão máxima)
1988 (das 14 às 19)[1]
Criador(es) Silvio Santos
Luciano Callegari
País de origem Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Flavio Carlini (1987/1990)
Antônio Maria (1990) (1991/1993)
Gell Correia (1990/1991)
Guimarães Filho (1993/1994)
Elenco Mara Maravilha, Maravilhas, Marotos, Borboletas, Chocrível, Tira Gosto, Maquinista, Banana
Transmissão original 6 de abril de 198716 de fevereiro de 1994 (programas inéditos)
05 de março de 1994 (reprises)[2]

Show Maravilha foi um programa de televisão infantil do SBT, tendo a apresentação de Mara Maravilha.[3] Foi exibido de 6 de abril de 1987 a 16 de fevereiro de 1994, com reprises até 05 de março de 1994.[2] Inicialmente indo ao ar nas tardes da emissora, às 16h30, substituindo a segunda sessão do programa Bozo. Em 1988, o programa passou para a faixa das 14h até às 19h. Em 1989 das 16h as 18h. Em 1991, muda de horário para 13h30 as 15h30 e posteriormente no mesmo ano passa para as 10h30 da manhã. Em 1994, o Show Maravilha foi extinto, sendo substituído no horário provisóriamente pelo Bom dia & cia com a Eliana (de 07 de março de 1994 até 09 de abril de 1994) e em 11 de abril de 1994 pelo Programa Sérgio Mallandro.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Show Maravilha (álbum)[editar | editar código-fonte]

Show Maravilha
Trilha sonora de Mara Maravilha
Lançamento 1992
Gênero(s) Infantil
Formato(s) LP
Gravadora(s) EMI

Show Maravilha é a trilha sonora do programa infantil de mesmo nome, lançado em 1992.

Desenhos[editar | editar código-fonte]

O programa contava em seu tempo de arte com a exibição de desenhos animados de sucesso. Diferente dos concorrentes Xou da Xuxa (Rede Globo) e Clube da Criança (Rede Manchete), o programa apresentava desenhos singelos, que ensinavam as crianças a lidar com problemas pessoais, ensinavam sobre natureza, valor da amizade, amor, além de aventuras.

Equipe[editar | editar código-fonte]

Produtores[editar | editar código-fonte]

Gilda Camacho / Rose West / Maria Alice Lima / Izildo Ramalho / Anna Lapena / Sergio Nascimento / Eduardo Queiroz / Raul Garin / Eliane Mendes / Pitucha Felix / Ramon Suassuna / Claudio Mattos / Carmen Cruz / Eliane de Oliveira / Zoi Thomas / Danilo Tucci / Emerson Lopes / Eder Nascimento /

Redatores[editar | editar código-fonte]

Willian Tucci / Eneas Pereira / Edson Fernandes / Dirceu de Oliveira /

Produtores Senior[editar | editar código-fonte]

Roberto Zaccarias / Ivan Ferreira / Mauricio Guido /

Direção de Imagens[editar | editar código-fonte]

Teofilo Gama - Grande diretor de imagens e fotografia da TV Tupi. Foi diretor de TV enquanto o programa era gravado na Vila Guilherme.

Egberto Luis - Também vindo da TV Tupi, foi diretor de imagens já quando o programa era gravado no Sumaré.

Ricardo Deocleciano - Diretor de imagens na fase em que o programa foi gravado no Teatro Silvio Santos.

Cenários[editar | editar código-fonte]

Sérgio Pinheiro

Paulo Rollo

Domingos Garcia

Aberturas[editar | editar código-fonte]

Everalvio de Jesus / Iastake Fassimoto / Angelo Ribeiro / Luiz Wanderley Lima / Fernando Pelégio (este somente fez a última abertura, a primeira abertura feita em desenho animado em vídeo, e não em película, na TV brasileira).

Sonoplastia[editar | editar código-fonte]

Antonio Carlos Souza - Ficou durante todo o tempo do programa.

Diretores[editar | editar código-fonte]

Flavio Antonio Ruggero Carlini (1987/1990) - Trabalhou mais de 20 anos no SBT. Produziu e dirigiu vários programas entre eles: Bozo, Viva a Noite, Em Nome do Amor, Show do Milhão e Mariane.

Antonio Maria de Paula (1990 e 1991/1993) - Produziu vários programas no SBT e dirigiu Vovó Mafalda, Sessão desenho com VovÓ Mafalda e com Eliana. Criou e dirigiu o Bom dia e Cia, com Eliana. Na Record, produziu Gilberto Barros e Ratinho e também dirigiu o programa Ed Banana

Gell Correia (1990/1994) - Mais conhecida como atriz de Pegadinhas. Foi diretora-geral do Domingo no Parque e do Passa ou Repassa.

Guimarães Filho (1993/1994) - Dirigiu o Show Maravilha

Diretores de Núcleo[editar | editar código-fonte]

Luis Afonso Mendes Junior - Diretor de programas do SBT (Programa Silvio Santos, Bozo, Flavio Cavalcante) até 87 quando foi criado o núcleo de programação infantil. Ficou até 91.

Rick Medeiros - Diretor do conselho de programação, assumiu o núcleo em 91. O espírita autor de vários livros cuidou do núcleo até o final deste, em 96. Foi o responsável pelo fim do Show. Particularmente, não gostava de Mara.

Cenários[editar | editar código-fonte]

  • Os cenários do programa se modificavam a cada ano. Nos três primeiros anos, de 1987 até o início de 1990, Mara chegava em um trenzinho, comandado pelo maquinista Paulinho. O símbolo principal do programa era o sol que foi se modificando a cada ano, aumentando de tamanho e ganhando mais cores e luzes. No início de 1992, o sol ganhou o fundo total do estúdio sendo que Mara saía de dentro dele. A partir de 9 de agosto de 1993, o último cenário era uma paisagem multi-colorida onde havia castelos, prédios, hélices e brinquedos em forma de frutas além de um imenso arco-íris que começava no centro do palco e servia de passarela até o castelo de onde Mara chegava e para onde se dirigia ao final do programa.

Aberturas[editar | editar código-fonte]

As aberturas do Show Maravilha sempre se destacaram por sua originalidade.

  • 1987 / 1990 - O sol que simbolizava o programa aparecia ao amanhecer em uma montanha, Mara fazia caras e bocas em diferentes janelas que passavam pela tela. Aparecia um desenho de trem. Mara aparecia cantando e depois um outro trem é transferido pelo sol que formou o logotipo do programa. A música da abertura continuava, mesmo com a cena do programa em que começa.
  • 1990 - A abertura original foi substituída por créditos no vídeo ao som da versão álbum da abertura do programa.
  • 1991 / 1992 - A abertura original retorna com novas imagens: Cenas emocionantes de clipes e programas iam passando conforme a letra e o ritmo da música da mesma.
  • 1992 / 1993 - Mara e sua turma andavam por lugares sobre um carrinho de nuvens, Mara beijava diversas borboletas, em outra cena, desenhava um coração. O logotipo ganhou nuvens com notas musicais. A música tema ganhou nova versão para esta abertura. Ao transferir para a cena do programa, a música da mesma continuava.
  • 1993 / 1994 - Em desenho animado, Mara e seus telespectadores, que entravam na TV para acompanhá-la, passeavam pelo mundo multi-colorido que ficava semelhante ao cenário do programa. A música tema ganhou uma versão instrumental e diferente das versões cantadas por Mara. O logotipo foi bastante alterado assim como o sol.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Apresentação[editar | editar código-fonte]

Maravilhas[editar | editar código-fonte]

  • Danielle Parada
  • Valesca Pontinho
  • Alessandra Arcela
  • Angélica Castelhano
  • Graziela Grezzi Baptista
  • Alessandra Neves
  • Ângela Pires
  • Daniela Pizani
  • Janaína D'Aurea
  • Viviane
  • Priscila Jardini
  • Camila
  • Thaise Rocha
  • Francine
  • Patrícia Rocha
  • Nathallin Rocha
  • Fabiana Fernandez
  • Mayumi
  • Juliana Foresti
  • Fabiana Garro

Marotos[editar | editar código-fonte]

  • Paulinho
  • Sandro
  • Júnior
  • Alexandre
  • Hans
  • Ronaldo Gonçalves
  • Marcelo Storelli
  • Daniel
  • Anselmo
  • Anderson
  • Juliano (Juka)

Borboletas[editar | editar código-fonte]

  • Wanessa Duc
  • Tadéia
  • Alessandra Arcela
  • Angélica Castelhano
  • Ângela Pires (Angelita)
  • Vanessa Labônia (Vanessinha)
  • Alessandra Neves (Alê)
  • Daniela Pizani (Daninha)
  • Juliana Lemezenski
  • Pamella Lara
  • Michelle Ferreiro
  • Paulinha
  • Daniele Fernandes Lima
  • Patrícia Moura
  • Juliana Weber
  • Kellyn Cristine Soares
  • Fabiana Garro

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Chocrível - Vivido por Mauro Eduardo
  • Super Banana - Vivido por Fábio Villalonga
  • Tira Gosto - Vivido por Adilson Hechila
  • Maquinista - Vivido por Paulinho Lima

Mais informações[editar | editar código-fonte]

  • Vários filhos de então contratados da emissora ou então cantores, participaram do Show Maravilha como participantes da audiência ou como borboletas do dia: entre eles os cantores Wanessa Camargo, Sandy e Junior e os filhos das jornalistas Leila Cordeiro, Sônia Abrão, Claudete Troiano, além da família do dono do canal Silvio Santos
  • Inicialmente, o programa era gravado na antiga sede da TVS na Vila Guilherme. Passou para o Teatro Silvio Santos e depois para a outra antiga sede no Sumaré.
  • Todos os anos, no aniversário de Mara (6 de março) e no aniversário do programa (6 de abril), havia uma grande festa com participação de artistas do SBT, cantores e apresentadores importantes do cenários artístico da época.
  • Em um dia, o Show Maravilha estava fazendo aniversário , e a comemoração foi no cenário do programa, No momento em que ela iria fazer uma brincadeira de jogar um bolo na cara ocorreu um apagão no cenário, fazendo com que o SBT interrompesse o programa para manutenção técnica.
  • O Show Maravilha foi indicado três vezes para o prêmio de Melhor Programa Infantil do Troféu Imprensa: em 1990, 1991 e 1992. Nesses três anos, acabou perdendo para o Xou da Xuxa. Em 1991, Mara também foi indicada para o prêmio de Melhor Apresentadora ou Animadora, mas a vencedora foi Hebe Camargo.
  • Após várias propostas, sendo uma delas, a retirada da plateia e cenários, onde Mara ficaria limitada a apenas apresentar os desenhos, ela não renovou seu contrato com o SBT, ocorrendo assim, o encerramento brusco do Show Maravilha, que foi ao ar com programas inéditos até o dia 16 de fevereiro de 1994, não havendo um programa de despedida. Seguiu com reprises até 05 de março de 1994[2] em seguida, a Sessão Desenho com Vovó Mafalda ganhou 45 minutos a mais de exibição, e as 10h Eliana entraria no ar com o Bom dia & cia, ocupando provisoriamente o horário do Show Maravilha até as 12h30. Em 11 de abril de 1994, foi substituído pela estreia do Programa Sérgio Mallandro, que voltou a emissora depois de 4 anos.

Referências

  1. «Show Maravilha». SBT 
  2. a b c Folha de S.Paulo. 19 de março de 1994 http://acervo.folha.uol.com.br/resultados/?q=show+maravilha&site=&periodo=acervo&x=0&y=0. Consultado em 19 de março de 1994  Verifique data em: |acessodata= (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. «O Dia na História (06/04/1987): Estreia o Show Maravilha no SBT, com apresentação de Mara Maravilha». SBTpédia. 6 de abril de 2014. Consultado em 28 de março de 2016