Sierra Maestra (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sierra Maestra
Álbum de estúdio de António Manuel Ribeiro
Lançamento Portugal Portugal
Julho de 2000
Gravação Março a maio de 2000, Estúdios Tcha Tcha Tcha e Bebop, Algés
Gênero(s) Pop rock
Duração 43:54
Idioma(s) Português
Formato(s) CD, descarga digital
Editora(s) Road Records – Vidisco
Produção António Manuel Ribeiro, Cajó e Manuel Faria
Cronologia de António Manuel Ribeiro
Pálidos Olhos Azuis
(1992)
Somos Nós Quem Vai Ganhar
(2003)
Singles de Sierra Maestra
  1. "Sierra Maestra [1]"
  2. "Beija-me na Rua [2]"
  3. "Porque Será Que Amo"

Sierra Maestra é o segundo álbum a solo de António Manuel Ribeiro (líder e vocalista da banda UHF). Editado em julho de 2000 pela Road Records, com distribuição da Vidisco.[3]

Oito anos depois da edição do primeiro álbum de estúdio, Pálidos Olhos Azuis (1992),[4] António Manuel Ribeiro convidou, mais uma vez, antigos e atuais músicos dos UHF para participarem no seu projeto individual. São nove novas canções partilhadas por quatorze convidados, com destaque para o ex membro e fundador dos UHF, Renato Gomes, com um desempenho brilhante em guitarra elétrica e acústica, nos temas "Sierra Maestra" e "Há Sempre Uma História". Além do celebrado regresso de Renato Gomes, entre outros, destaque para as participações de Manuel Faria (ex-Trovante) e Alexandre Manaia (ex-GNR e Bandemónio).[5] Destaque para a recuperação do tema "Podia Ser Natal", da autoria de António Manuel Ribeiro e cantado em dueto com Miguel Ângelo, originalmente editado na compilação de Natal de vários artistas Espanta Espíritos (1995).[6]

Trata-se de um trabalho de profunda reflexão para António Manuel Ribeiro, depois de um período conturbado na sua vida pessoal: "No ano passado foram várias as coisas na minha vida privada que não funcionaram nada bem. O meu pai tinha falecido, borrifei-me para tudo o que andava à volta do mundo da música e tive o meu segundo divórcio. Enfim, foi um ano terribilis", em desabafo ao jornal Público. O poeta e autor das canções encontrou refúgio nesse projeto. É um disco muito sereno, não só na música como nos textos, uma acalmia do autor enquanto ser espiritual. E concluiu dizendo: "Escrevo canções para curar os males do mundo. São elas que nos fazem lembrar coisas que os outros nos querem fazer esquecer". A canção "Ser Eterno (porque foges)" é um apelo a todos os seres humanos, que são almas, que não fujam do medo, pois o medo é algo que nos inculcam, das religiões aos poderes instituídos.[7]

O tema de apresentação do álbum foi o single com a canção título "Sierra Maestra",[1] Em agosto, foi lançado "Beija-me na Rua",[2] contendo no lado B o tema "Sierra Maestra" em edição rádio. O terceiro single, "Porque Será Que Amo",[carece de fontes?] teve a canção incluída na banda sonora de Meu Amor,[8] a primeira telenovela portuguesa premiada com Emmy, em 2009.[9]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

O disco compacto é composto por dez faixas em versão padrão. António Manuel Ribeiro partilha a composição dos temas "Olha Para Mim (meu amor secreto)", "Se a Noite Ficasse à Porta" e "Ai Ai Ai (eu quero partir)", respetivamente com Cajó, Marco Costa Cesário e Toninho. Os restantes temas são da autoria de António Manuel Ribeiro.

CD
N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Sierra Maestra"  António M. Ribeiro 5:17
2. "Olha Para Mim (meu amor secreto)"  António M. Ribeiro / Cajó 4:46
3. "Beija-me na Rua"  António M. Ribeiro 3:21
4. "Há Sempre Uma História"  António M. Ribeiro 6:19
5. "Se a Noite Ficasse à Porta"  António M. Ribeiro / Marco C. Cesário 3:43
6. "Ai Ai Ai (eu quero partir)"  António M. Ribeiro / Toninho 3:03
7. "Ser Eterno (porque foges)"  António M. Ribeiro 4:27
8. "Porque Será Que Amo"  António M. Ribeiro 3:40
9. "Podia Ser Natal" (feat. Miguel Ângelo)António M. Ribeiro 4:07
10. "Ao Sol, A Brilhar"  António M. Ribeiro 6:31
Duração total:
43:54
Canção alegre de sonoridade pop rock. Um convite ao amor e à liberdade, para que nos lembremos sempre de namorar ao longo da vida.[10]

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

Membros[editar | editar código-fonte]

Convidados

Referências

  1. a b «Sierra Maestra (single)». Spirit Of Rock. Consultado em 25 de março de 2016 
  2. a b «Beija-me na Rua (single)». Spirit Of Rock. Consultado em 25 de março de 2016 
  3. a b «Sierra Maestra». Fonoteca C.M.Lisboa. Consultado em 28 de maio de 2014 
  4. «Pálidos Olhos Azuis». Fonoteca C.M.Lisboa. 1992. Consultado em 26 de março de 2015 
  5. «Sierra Maestra». Loja Da Música. Consultado em 28 de maio de 2014 
  6. «António Manuel Ribeiro lança «Sierra Maestra»». TSF Rádio. 15 de julho de 2000. Consultado em 28 de maio de 2014 
  7. Tiago Luz Pedro (1 de setembro de 2000). «O Fidel amigo». Jornal Público. Consultado em 28 de janeiro de 2015 
  8. «Meu Amor». Fonoteca C.M.Lisboa. Consultado em 5 de dezembro de 2014 
  9. «TVI ganha Emmy para melhor novela internacional». TVI 24. (23 de Novembro de 2010). Consultado em 5 de dezembro de 2014  Verifique data em: |data= (ajuda)
  10. Ribeiro, António (2005). Cavalos de Corrida–A Poética dos UHF. Quinta da Graça, Bela Vista, 1950-219 Lisboa: Setecaminhos. p. 271. ISBN 989-602-073-6 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]