Sigrid Hjertén

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sigrid Hjertén
Nome completo Sigrid Maria Hjertén
Nascimento 27 de outubro de 1885
Sundsvall, Suécia
Morte 24 de março de 1948 (62 anos)
Saltsjöbaden, Suécia
Nacionalidade Suécia sueca
Principais trabalhos Interior de ateliê (Ateljéinteriör, 1917)
Autorretrato (Självporträtt, 1914)
Movimento(s) Expressionismo

Sigrid Hjertén (Sundsvall, 27 de outubro de 1885Estocolmo, 24 de março de 1948) foi uma pintora sueca, adscrita ao expressionismo.[1][2][3]

Estudou artesanato e design em Estocolmo, graduando-se como professora de desenho.

Passou um tempo em Paris, recebendo a influência de Matisse e Cézanne, o que se demonstra no uso da cor contrastando com uns contornos muito simplificados, esforçando-se por encontrar as formas e as cores que possam transmitir as suas emoções.

Em 1912 realizou a sua primeira exposição em Estocolmo, participando desde então em numerosas exposições tanto na Suécia como no estrangeiro. Na sua obra descreveu o papel que desempenhava como artista, mulher e mãe, diferentes identidades em mundos diferentes.

Entre 1920 e 1932 residiu em Paris, começando a manifestar-se a sua dolência esquizofrênica, o que se denotou na sua obra, com cores mais obscuras e composições retesas, refletindo o seu sentimento de angustia e abandono. De volta ao seu país, desde 1938 viveu hospitalizada. A modo de tratar a sua esquizofrenia, foi-lhe praticada uma lobotomia em 1948. Faleceu por complicações após tal procedimento.

Algumas obras de Sigrid Hjertén[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Sigrid Hjertén, Annika Gunnarsson, en Moderna museet - boken, ed. Cecilia Widenheim et al., Estocolmo : Moderna museet, 2004 ISBN 9171007245
  • Katarina Borgh Bertorp, Sigrid Hjertén : l'hértière de Matisse du Grand Nord : heir of Matisse from the Far North, Paris: Centre Culturel Suédois, 1997
  • Anita Goldman, I själen alltid ren : Om Sigrid Hjertén, Estocolmo: Natur och kultur, 1995, ISBN 91-27-05485-3

Referências

  1. «Sigrid Hjertén (1885-1948)» (em sueco). Bukowskis. Consultado em 9 de dezembro de 2016 
  2. Gertrud Serner. «Sigrid M Hjertén» (em sueco). Svenskt biografiskt lexikon (Riksarkivet) - Dicionário Biográfico Sueco (Arquivo Nacional Sueco). Consultado em 9 de dezembro de 2016 
  3. Hillman, Göran (1993). «Sigrid Hjertén». Vem är vem i svensk konst. Från runristaren Balle till Ulf Rollof (em sueco). Estocolmo: Rabén & Sjögren. p. 104-105. 249 páginas. ISBN 91-29-61718-9