Sigurdo I da Noruega

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sigurdo I, o Cruzado
Sigurdo cavalga em Constantinopla
Rei da Noruega
Reinado 1103 até 26 de março de 1130
Predecessor Magno III
Sucessor Magno IV e Haroldo IV
 
Consorte Bjaðmunjo Mýrjartaksdóttir
Malmofreda de Quieve
Descendência Cristina Sigurdsdatter
Magno IV
Cecília (disputado)
Casa Hardrada
Nascimento 1089 (930 anos)
Morte 26 de março de 1130 (41 anos)
  Oslo, Reino da Noruega
Enterro Fortaleza de Akershus, próximo à Catedral de São Hallvard
Pai Magno III
Mãe Tora (concubina)
Religião Catolicismo

Sigurdo I, Magnusson (1090[1]Oslo, 26 de março de 1130), também conhecido como Sigurdo I, o Cruzado (em nórdico antigo: Sigurðr Jórsalafari; em norueguês: Sigurd Jorsalfar), foi rei da Noruega de 1103 a 1130. Seu reinado, juntamente com seu meio-irmão Eystein (até a morte deste em 1123), foi considerado pelos historiadores como uma idade de ouro para o Reino medieval da Noruega. É famoso por liderar a Cruzada Norueguesa (1107–1110), conquistando o epônimo "o Cruzado", e foi o primeiro rei europeu a participar pessoalmente de uma cruzada.[2][3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Sigurdo foi um dos três filhos do rei Magno, o Descalço, sendo os outros dois Eystein e Olavo. Todos eram filhos ilegítimos do rei com mães diferentes. Para evitar contendas ou guerra, os três meio-irmãos co-governaram o reino a partir de 1103. Sigurdo governaria sozinho depois que Olavo morreu em 1115 e Eystein em 1123.[4]

Antes de ser proclamado rei da Noruega, foi denominado rei das Ilhas e Conde das Órcades.[5] Passaria o título de Conde das Órcades para Haakon Paulsson, filho de Paulo, filho de Torfim.[6]

Muitos historiadores viram o domínio de Sigurdo e Eystein como uma idade de ouro para o Reino medieval da Noruega. O país floresceu econômica e culturalmente,[7] permitindo sua participação nas Cruzadas e ganhando reconhecimento e prestígio internacional.[8]

Referências

  1. Sigurd 1 Magnusson Jorsalfare Norsk biografisk leksikon. Acessado em 29 de novembro de 2019.
  2. Literalmente "Jerusalém-distante", mas comumente traduzido para o inglês como "o Cruzado".
  3. Riley-Smith, Jonathan (1996). The First Crusade and the Idea of Crusading (em inglês). Filadélfia: University of Pennsylvania Press. p. 132. ISBN 0812213637 
  4. Norseng, Per G. «Sigurd Jorsalfare». Store norske leksikon. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  5. Nem Øystein nem Olavo receberam títulos tão prestigiados.
  6. Krag, Claus. «Sigurd 1 Magnusson Jorsalfare, Konge». Norsk biografisk leksikon. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  7. A construção da Noruega era supervisionada principalmente por Eystein, enquanto Sigurdo estava ausente nas cruzadas. Eystein realizou várias construções e trabalhou para expandir o progresso econômico e cultural na Noruega. Sua construção mais grandiosa e famosa foi a Abadia de Munkeliv, que construiu em Bergen.
  8. «Sigurd Jorsalfare». Lokalhistoriewiki. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
Precedido por
Agostinho I
Rei da Noruega
1103 - 1130
Sucedido por
Magno IV