Silvio Luiz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Se procura o goleiro brasileiro, veja Silvio Luiz de Oliveira de Paula.
Silvio Luiz
Luciano do Valle e Silvio Luiz.
Nome completo Sylvio Luiz Perez Machado de Sousa
Nascimento 14 de julho de 1934 (88 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Elizabeth Darcy
Pai: Ademar Machado
Parentesco Verinha Darcy (irmã)
Cônjuge Márcia
Ocupação Locutor esportivo
Página oficial
Site oficial

Sylvio Luiz Perez Machado de Sousa[1], mais conhecido como Silvio Luiz (São Paulo, 14 de julho de 1934) é um locutor esportivo, apresentador, ex-árbitro de futebol e ex-ator brasileiro. Atualmente atua na RedeTV!, mas por causa da falta de eventos esportivos, ele apenas comenta as notícias do esporte no RedeTV! News e no site da emissora.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Sílvio começou a se interessar pelo esporte na infância, quando acompanhava a mãe, Elizabeth Darcy, que foi uma das mulheres pioneiras na locução, durante seu trabalho na Rádio Tupi. Em 1958, entusiasmado pela carreira de atriz da irmã Verinha Darcy, estreou como ator na primeira versão de Éramos Seis, na RecordTV, como Julinho, filho dos protagonistas. Logo depois esteve no elenco de Cela da Morte na mesma emissora, sua última telenovela. Em 1965, formou-se como árbitro de futebol na Escola de Árbitros da Federação Paulista de Futebol, na mesma turma que Dulcídio Wanderley Boschilia e José de Assis Aragão,[3] tendo atuado até os anos 1970 — chegou a ser um dos assistentes na partida que inaugurou o Estádio do Morumbi, em janeiro de 1970.

Focado como jornalista esportivo, trabalhou na TV Record, TV Paulista, Rádio Bandeirantes, Rádio Record, TV Excelsior, SBT e Band. Foi diretor de programação da TV Record na década de 1970. Passou a ser locutor esportivo, ganhando aos poucos o posto de titular dos jogos e transmitindo várias Copas do Mundo. Sua marca pessoal é o uso de irreverência durante as narrações, cunhando bordões e frases de efeito e utilizando-se de sarcasmo, bem como o seu timbre de voz característico. Devido à fama dos bordões, Silvio Luiz participou em 1997 da gravação da música Futebol, Mulher e Rock n' Roll, da banda Dr. Sin, na qual ele narra uma partida ao longo da música com os seus inconfundíveis bordões. Atuou em seis Copas do Mundo e nove Olimpíadas, além de ter narrado jogos da Seleção Brasileira e de clubes.

Começou a carreira na Rádio São Paulo em 1952, fazendo locuções e participações em radionovelas. Depois, virou repórter da Rádio Record. Em 1960, foi pra Rádio Bandeirantes, mas voltou a Record depois. Na televisão, começou pela antiga TV Paulista, em 1952, se tornando o primeiro repórter de campo da TV esportiva no Brasil. Transferiu-se para a RecordTV, em 1958, como ator, atuando em duas novelas, na primeira versão de Éramos Seis e Cela da Morte. Depois, atuou pela antiga TV Excelsior, retornando pra Record em 1968, como jurado do programa Quem Tem Medo da Verdade?. Em 1971, passou a trabalhar no esporte, como apresentador e narrador, fazendo com que suas transmissões fossem líderes de audiência em São Paulo. Em 1976, virou diretor de programação da Record e também passou a ser o principal locutor esportivo da casa, após a morte de Geraldo José de Almeida. Em 1982, como não tinha os direitos de transmissão da Copa do Mundo daquele ano, a Record transmitiu o torneio pela Rádio Record com a equipe da TV, liderada por Silvio, numa espécie de retaliação à exclusividade da Rede Globo naquele mundial. Também comandou o Record nos Esportes e o Clube dos Esportistas, programa que marcou história por não ser totalmente ligado ao esporte em si. No começo de 1987, foi para a Rede Bandeirantes, onde marcou história como co-titular na equipe liderada por Luciano do Valle. Em 1996, foi para o SBT, onde liderou a equipe de esportes da casa por 3 anos. Em 1999, voltou para a Band, contratado pela Traffic, então gestora do departamento de esportes do canal. Em 2002, foi um dos responsáveis por inaugurar o BandSports, canal esportivo por assinatura.

Em novembro de 2008, Silvio foi demitido da Rede Bandeirantes, assim como outros sete funcionários da casa.[4] Permaneceu, porém, no Grupo Bandeirantes, sendo utilizado no canal fechado BandSports, em que narrava jogos do Campeonato Português.[5] Comandou também vários programas no canal. Dias antes da Copa do Mundo de Futebol de 2010, na África do Sul, ao saber que não seria aproveitado pelo canal, pediu demissão e se desligou definitivamente do Grupo Bandeirantes. Vale lembrar que ele, ao lado de Barbara Gancia, foi quem inaugurou o canal, fazendo sua primeira transmissão ao vivo. Em 17 de setembro de 2009, Sílvio Luiz é anunciado como novo reforço da RedeTV! para cobrir a Série B, o Campeonato Italiano e a Liga Europa[6] Em 29 de junho de 2011, acertou contrato também com a Transamérica FM de São Paulo, onde ficou até 2019. Em 29 de abril de 2013, ele estreou no comando do programa Bola Dividida, novo programa esportivo da RedeTV!, junto de Juarez Soares, Luiz Ceará e Priscila Machado, substituída depois por Gabriela Pasqualin. O programa saiu do ar em 2015.

Em 2018, ele comandou um bloco esportivo dentro da reprise do policial Operação de Risco, que mais tarde, se tornaria uma versão diária do Bola na Rede. Esta versão saiu do ar em outubro, devido a estreia do Tricotando, programa de variedades. Em 29 de setembro de 2020, Silvio chegou a ter sua demissão da RedeTV! anunciada, mas, no dia seguinte, a emissora voltou atrás. Em 9 de novembro de 2021, após ficar mais de um ano sem narrar devido à Pandemia de Covid-19 e à perda de direitos esportivos da RedeTV!, acertou com a RecordTV para as transmissões do Campeonato Paulista de 2022, que teve transmissão exclusiva da emissora em TV aberta [7], marcando o retorno de Silvio Luiz ao canal após mais de 35 anos. Ele atuou de forma exclusiva nas plataformas digitais da Record.[7]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Silvio Luiz Perez Machado de Souza nasceu em São Paulo, filho do eletricista Ademar Machado de Souza e da locutora Elizabeth Darcy. Também tinha como irmã a atriz Verinha Darcy, que morreu em 1979, aos 33 anos. É descendente de espanhóis. Casou-se em 1969 com a cantora Márcia, com quem tem três filhos. Em 19 de novembro de 1994, Silvio Luiz recebeu do presidente Itamar Franco a Comenda da Ordem Nacional do Mérito Educativo, devido ao seu incentivo na televisão aberta em prol do Plano Real.[8]

Outros projetos[editar | editar código-fonte]

Federação Paulista de Futebol[editar | editar código-fonte]

Silvio Luiz concorreu à presidência da FPF por duas vezes: em 1982 e em 1985, ambas com o jornalista Flávio Prado como seu vice. Em 1982, teve apenas 2 votos, ante 187 de José Maria Marin e 131 de Nabi Abi Chedid. Já em 1985 teve 4 votos, ante 153 novamente de José Maria Marin, 125 de Felipe Cheidde e 5 de Ulisses Gouveia.

Pro Evolution Soccer[editar | editar código-fonte]

Em 2011, Silvio assinou um contrato com a empresa produtora e editora de videojogos, a Konami, para ser o narrador oficial na linguagem português (Brasileiro) durante os jogos virtuais em Pro Evolution Soccer, ao lado de Mauro Beting. Silvio emprestou sua voz para mais de cinco mil falas, incluindo seus bordões, nomes de estádios, nomes dos jogadores presentes na série e situações de jogo.[9] Na edição seguinte, o Pro Evolution Soccer 2012, Silvio se manteve como narrador oficial da linguagem português (Brasileiro), porém apenas acrescentando nomes diferentes ao estádio novos presentes no jogo, bem como novos jogadores introduzidos e algumas inovadas situações de jogo, já que a base era praticamente da narração anterior.

O mesmo ocorreu durante Pro Evolution Soccer 2013, onde sua base de narração foi mantida das versões anteriores, e apenas adicionado novas falas com nomes de jogadores, estádios e situações de jogo. Seu contrato foi até a versão 2016. Para a edição de 2017, ele foi substituído por Milton Leite, do SporTV, após um desentendimento entre o narrador e a empresa fabricante do jogo.[10] Milton já narrou a série concorrente, FIFA, entre as edições de 1999 e 2004.[11]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Como ator
Ano Título Personagem Emissora
1958 Éramos Seis Júlio Abílio de Lemos Filho (Julinho) RecordTV
1958 Cela da Morte Edgard
Como apresentador e jurado
Ano Título Cargo Emissora
1968-1971 Quem Tem Medo da Verdade? Jurado RecordTV
1982-1986 Clube dos Esportistas/Record nos Esportes Apresentador
1987-1990 Esporte Total Rede Bandeirantes
1997 Gol Show SBT
2013-2015 Bola Dividida RedeTV!
2018 Bola na Rede

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Personagem Notas
1964 Luta nos Pampas Lucas
1980 A Morte Transparente Dingo
2000 O Mundo Segundo Silvio Luiz Ele mesmo Documentário
2006 Boleiros 2 - Vencedores e Vencidos Aurélio

Dublagem[editar | editar código-fonte]

Ano Filme Papel
2017 Carros 3 Locutor dos Oito Irados

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

Ano Música Artistas
1997 "Futebol, Mulher e Rock'n'roll"[12] Dr. Sin

Referências

  1. «SilvioLuiz no Instagram: "Apesar de não ter que ir, eu vou!"». Instagram. Consultado em 8 de outubro de 2022 
  2. «Sílvio Luiz voltará a narrar jogos na TV aberta - Blog do Torcedor». Blog do Torcedor. 16 de setembro de 2009 
  3. «Novos árbitros recebem os seus diplomas na FPF». São Paulo: Diário Popular. Diário Popular (25 978): 9, 2.º caderno. 27 de dezembro de 1965 
  4. «Band dispensa o narrador Silvio Luiz». Diário do Grande ABC. 6 de novembro de 2008. Consultado em 28 de março de 2022 
  5. «Silvio Luiz deixa o Grupo Bandeirantes e critica a empresa». Portal NaTelinha. 9 de junho de 2010. Consultado em 28 de março de 2022 
  6. «Silvio Luiz na RedeTV!». Universo Online. Televisao.uol.com.br 
  7. a b «Com humoristas e Silvio Luiz, Record aposta em transmissão digital bem-humorada para bombar o Paulistão». Portal LANCE!. 19 de janeiro de 2022. Consultado em 28 de março de 2022 
  8. Olho no lance! WILLIAM, Wagner. Silvio Luiz, o que só ele viu em 50 anos de rádio, televisão e esportes. Editora Best Seller, 2002
  9. «"Pro Evolution Soccer 2011" terá narração de Silvio Luiz». Universo Online. UOL Jogos 
  10. RafaEsporte, Rafa (25 de julho de 2017). «Silvio Luiz explica motivo de ter parado de narrar os jogos do PES». Rafa Esporte, Youtube. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  11. «Milton Leite é cogitado para substituir Silvio Luiz em PES 2017». Universo Online. UOL Jogos. 5 de abril de 2016. Consultado em 2 de agosto de 2016 
  12. whiplash.net/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Silvio Luiz