Simpson and Delilah

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Simpson and Delilah"
Episódio de The Simpsons

Imagem promocional do Episódio
Episódio nº 15
Título no Brasil Simpson e Dalila
Código de produção 7F02
Estreia original 18 de Outubro de 1990[1]
Produtor(es) James L. Brooks
Matt Groening
Sam Simon
Escritor(es) Jon Vitti
Diretor(es) Rich Moore
Convidado(s) Harvey Fierstein como Karl[2]
Temporada Segunda temporada
Couch gag A família faz uma pequena dança egípcia
Frase do quadro negro "Alcatrão não é um brinquedo"[3]
Comentário de DVD Matt Groening
Jon Vitti
Al Jean
James L. Brooks
Cronologia de episódios de The Simpsons
"Bart Gets an F"
"Treehouse of Horror"

Simpson e Dalila é o segundo episódio da segunda temporada do seriado de animação de comédia de situação The Simpsons. Foi exibido originalmente em 18 de outubro de 1990.[1] No episódio, Homer usa o dinheiro do plano de seguro médico da Usina Nuclear para comprar Dimoxinil, uma fórmula de crescimento do cabelo. O cabelo de Homer cresce, e é dada uma promoção no trabalho que lhe permite contratar um secretário chamado Karl. O episódio foi dirigido por Rich Moore, escrito por Jon Vitti e estrelou Harvey Fierstein como Karl.[2]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O cabelo de Homer cresce por causa de um tratamento capilar. Com isso, o Sr. Burns acha Homer um trabalhador inteligente e o promove. Homer ganha então um assistente atencioso, chamado Karl, mas para sua infelicidade seu cabelo começa a cair, e Homer perde seu sucesso e volta para o cargo antigo.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Foi considerado o décimo terceiro melhor episódio de The Simpsons, segundo a Entertainment Weekly.[4][5]

Audiência[editar | editar código-fonte]

Durante a segunda temporada, The Simpsons foi exibido às oito horas nas quintas-feiras, contra o programa da NBC The Cosby Show.[6][7] A primeira exibição de "Simpson e Dalila" na Fox teve uma classificação de 16,2 pontos de audiência e 25% de participação, enquanto The Cosby Show, que foi ao ar durante o mesmo horário, teve uma classificação de 18,5. No entanto, o episódio foi assistido por 29,9 milhões de telespectadores. É um dos episódios mais assistidos de The Simpsons.[8]

Referências

  1. a b «Simpson and Delilah». The Simpsons.com. Consultado em 16 de setembro de 2011 
  2. a b Martyn, Warren; Wood, Adrian (2000). «Simpson and Delilah». BBC. Consultado em 30 de julho de 2008 
  3. Richmond, Ray; Antonia Coffman (1997). The Simpsons: A Complete Guide to our Favorite Family. [S.l.]: Harper Collins Publishers. p. 35. ISBN 0-00-638898-1 
  4. «The Family Dynamic». Entertainment Weekly. 29 de janeiro de 2003. Consultado em 30 de julho de 2008 
  5. «16 great 'Simpsons' guest stars». Entertainment Weekly. 11 de maio de 2008. Consultado em 11 de maio de 2008 
  6. Reiss, Mike (2002). Commentary for the episode "Bart Gets an F". The Simpsons: The Complete Second Season (DVD). 20th Century Fox 
  7. Walt Belcher (18 de outubro de 1990). «" The Simpsons ,' "Cosby' square off in second round». The Tampa Tribune. p. 6F 
  8. «Bart vs. Bill results in a split decision!». The Record. 23 de outubro de 1990. p. B8 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Minoxidil