Sina (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
"Sina"
Canção de Djavan
do álbum Luz
Lançamento 1982
Gênero(s) MPB, Blues, Jazz, ijexá
Duração 05:31
Gravadora(s) Sony
Letra Djavan
Composição Djavan

Sina é uma canção composta por Djavan para seu 5º álbum de estúdio: "Luz"[1] de 1982. Sendo esta o maior sucesso do álbum, segundo o site Hot 100 Brasil a canção é a 8º canção mais tocada em 1986[2] (e não no seu ano de lançamento, em 1982).

Na letra da canção Djavan fala de um cotidiano amoroso impondo metáforas, incorporando palavras que tem alguma referência ao luminoso ou que o compositor a interpreta de tal maneira, como reveillon, natureza, beleza, neon, prazer, dom, lapidar, sonho, som, etc: "Pai e mãe, ouro de mina/Coração, desejo e sina/Tudo mais, pura rotina, jazz {…} A luz de um grande prazer é irremediável neon/Quando o grito do prazer açoitar o ar, reveillon";[3] no refrão se vê uma visibilidade maior da sina que o título fala, onde o compositor mescla a complexidade com metáforas: "O luar, estrela do mar/O sol e o dom, quiçá, um dia a fúria/Desse front virá lapidar/O sonho até gerar o som/Como querer caetanear o que há de bom", Djavan usa a palavra "quiçá" que significa "quem sabe?" ou "talvez"; além também de "front" que significa "frente de batalha" ou simplesmente "frente".[4][5] A palavra "lapidar" é usada como metáfora incorporando o significado de "construir", "proporcionar"; Djavan ousa também quando "cria" em sua música um novo verbo: "caetanear" que provém do nome do compositor brasileiro Caetano Veloso, tendo o significado de "compor como Caetano", usando desta maneira como uma homenagem.

Anteriormente de "Sina" estrear no álbum "Luz", Caetano Veloso a gravou no álbum: "Cores, Nomes" ainda em 1982,[6] em prol da homenagem, Caetano troca "caetanear" por "djavanear"[7] provindo do nome do compositor.

Por "Sina" ser considerada como um dos maiores sucessos da carreira do cantor, ela é constantemente incluída em compilações e coletâneas, Posteriormente em 1999 no álbum ao vivo: "Djavan Ao Vivo" a música é incluída no repertório do show e do álbum; 6 anos depois no álbum de regravações dançantes: Na Pista, etc. de 2005 a música fez parte do repertório sendo esta destaque do álbum e rearranjada eletronicamente pelo produtor Liminha,[8][9] onde foi selecionada para a trilha sonora da telenovela "Belíssima" em 2005,[10] como tema da personagem Giovana intepretada por Paola Oliveira. Posteriormente em 2006, na série Perfil da Som Livre, a versão dançante foi incluída na coletânea "Perfil - Djavan".[11]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Cores, Nomes[editar | editar código-fonte]

[12] Produzido por Caetano Veloso e Márcia Alvarez, com arranjos de Djavan

Luz[editar | editar código-fonte]

[13] Produzido por Ronnie Foster, com arranjos de Djavan, Banda Sururu do Capote, Jorge G. dell Barrio e Ronnie Foster

  • Bateria: Harvey Mason
  • Contra-baixo: Abraham Laboriel
  • Guitarra: Paul Jackson
  • Vocal em 15 vozes e Violão Ovation: Djavan
  • Violino: Anatole Kaminsky; Assa Drori; Brenton Banks; George Kast; Harry Bluestone; Karen Jones; Marshall Sosson; Nate Ross; Ron Clark; Sheldon Sanov; Stan Plummer
  • Piano Yamaha e Piano Fender Rhodes: Jorge Dalto
  • teclados: Ronnie Foster
  • Percussão: Luis Conte

Jazz[editar | editar código-fonte]

Produzido por Ivano Fossati

  • Contra-baixo: Andy Brown
  • Efeito Especial: Elio Zerial
  • Guitarra: Phil Palmer
  • Remix: Peter Van Hook
  • Teclados: Pete Wingfield

Parabolicamará[editar | editar código-fonte]

[14] Produzido por Liminha

  • Voz e Violão: Gilberto Gil
  • Baixo: Liminha
  • Teclados: William Magalhães
  • Violão: Marco Pereira

Songbook: Djavan[editar | editar código-fonte]

[15] Produzido por Almir Chediak, com arranjo de Leandro Braga

Covers[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Título ainda não informado (favor adicionar)». Arquivado do original em 23 de janeiro de 2010 
  2. http://coqueteldosolon.blogspot.com/2007/01/parada-de-sucessos-as-msicas-que-foram_2976.html  Texto " Billboard Brasil " ignorado (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. «Letra da Canção» 
  4. http://pt.wiktionary.org/wiki/qui%C3%A7%C3%A1  Texto " Quiçá " ignorado (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  5. «Título ainda não informado (favor adicionar)». Arquivado do original em 10 de dezembro de 2009 
  6. «Cores, Nomes no site oficial de Caetano Veloso Cores, Nomes Página visitada em 2010/1/15» 🔗. Arquivado do original em 27 de março de 2009 
  7. «Página visitada em 2009/5/23» [ligação inativa]
  8. «Release de Na pista etc»  Texto "Página visitada em 2009/9/28" ignorado (ajuda)[ligação inativa]
  9. «Na Pista, ETC». Djavan. Consultado em 28 de outubro de 2021 
  10. http://www.teledramaturgia.com.br/belissimat.htm  Texto " Belíssima Página visitada em 2010/1/15 " ignorado (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  11. http://www.lojasomlivre.com.br/somlivre/pages/viewProduct.jsf;jsessionid=EG9guUbZ+GSRM-j3FyUePg**.aplweb01_prd?VP=kVdtfr3mSGbA9/wSuc0Z0/%2B4ohS8HYsBAKy26jZ%2BL0Q%3D&VPP=PERFIL+DJAVAN  Texto "Página visitada em 2010/1/15" ignorado (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)[ligação inativa]
  12. http://www.discosdobrasil.com.br/discosdobrasil/consulta/detalhe.php?Id_Disco=DI00671  Texto " Cores, Nomes Página visitada em 2010/1/15 " ignorado (ajuda); Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  13. «Luz (álbum de Djavan)» 🔗. Consultado em 21 de maio de 2009 
  14. [1]
  15. «Ficha técnina Songbook: Djavan» 
  16. «Loredana Berté's 'Jazz' - Discover the Original Song» (em inglês). Who Sampled. Consultado em 26 de abril de 2020 
  17. «The Manhattan Transfer's 'Soul Food to Go' - Discover the Original Song» (em inglês). Who Sampled. Consultado em 26 de abril de 2020 
  18. «Parabolicamará - (lista de faixas)». Consultado em 9 de janeiro de 2010 
  19. Xavier, Nilson. «Confissões de Adolescente trilha nacional volume 1». Teledramaturgia. Consultado em 26 de abril de 2020 
  20. «Songbook: Djavan - (lista de faixas)». Consultado em 9 de janeiro de 2010 
  21. «O Essencial de Sandra de Sá - Série Focus - (lista de faixas)». Consultado em 9 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 17 de janeiro de 2010 
  22. «Grupo Revelação - Ao Vivo No Morro». Discogs. Consultado em 26 de abril de 2020 
  23. «Um Joystick, Um Violão - 04». Marcos Castro. 7 de setembro de 2011. Consultado em 26 de abril de 2020 
  24. «Diretora musical de 'Confissões de adolescente' elogia elenco». G1. 22 de janeiro de 2014. Consultado em 26 de abril de 2020