Sinagoga Ohel Leah

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Sinagoga Ohel Leah
בית הכנסת אהל לאה
Ohel leah hk.jpg
Estilo dominante Oriental
Início da construção 1902
Religião Judaísmo
Geografia
País China
Região Ásia
Local Hong Kong

A Sinagoga Ohel Leah (em hebreu בית הכנסת אהל לאה ) é um templo judeu na cidade de Hong Kong, República Popular da China. Este templo fez parte da vida social e religiosa da comunidade judia hongkonguense desde há mais de um século. A história da comunidade judia de Hong Kong remonta aos anos 1850, e esta comunidade é formada por famílias procedentes de vários países.[1][2] Ao princípio a comunidade era principalmente formada por pessoas sefarditas, e a sinagoga encontrava-se sob a autoridade da congregação espanhola e portuguesa de Londres. Assim também, ao século XXI os seus membros provem de diferentes países da diáspora judaica.

A contribuição de três irmãos da influente família de comerciantes índios Sassoon foi importante na criação do principal centro judeu de Hong Kong. A sinagoga traz o nome da sua mãe, Ohel Leah. Os irmãos Jacob, Edward, e Meyer Sassoon, compraram o terreno sobre o qual se construiu a sinagoga no ano 1902. O edifício é de estilo judeu oriental, consta de dois andares e de um balcão no andar de cima, destinado às mulheres. Ao ano 1998 foi submetido a um programa de restauração que foi premiado pela UNESCO, e hoje dia está protegido como edifício histórico de grau I. Todo e ser uma sinagoga ortodoxa, Ohel Leah compartilha as suas instalações com a United Jewish Congregation of Hong Kong, num lugar que está ao lado do Jewish Community Center, um lugar de encontro para as atividades sociais e culturais dos membros da comunidade judia hongkonguense.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]