Sinecologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Interacções interespecíficas como a predação, são elementos chave na sinecologia.

A sinecologia ou ecologia comunitária corresponde a um ramo da Ecologia que se dedica ao estudo das comunidades de seres vivos, nomeadamente a distribuição, abundância, demografia e relações ecológicas entre populações co-existentes.

A sinecologia teve origem na sociologia vegetal europeia. A ecologia comunitária moderna examina padrões tais como a variação de riqueza de espécies (species richness), equitabilidade, produtividade e estrutura da cadeia alimentar; examina também processos como a dinâmica populacional predador-presa, a sucessão ecológica e a organização da comunidade. Padrões e processos podem ser considerados em diferentes escalas de tempo e espaço.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Odum, E. P. 1959. Fundamentals of ecology. W. B. Saunders Co., Philadelphia and London. 546 p.
  • Barbour, Burke, and Pitts, 1987. Terrestrial Plant Ecology, 2nd ed. Cummings, Menlo Park, CA.
  • Ricklefs, R.E. 2005. The Economy of Nature, 6th ed. WH Freeman, USA.
Ícone de esboço Este artigo sobre ecologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.