Sistema Hidráulico Histórico de Shushtar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pix.gif Sistema Hidráulico Histórico de Shustar *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Sushtar Bridge.jpg
O conjunto hidráulico.
País Irão
Critérios (i)(ii)(v)
Referência 1315 en fr es
Coordenadas 32° 01′ 07″ N, 48° 50′ 09″ L
Histórico de inscrição
Inscrição 2009  (33.ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

O Sistema Hidráulico Histórico de Shushtar é um conjunto de estrutura do século V a.C., usado para abastecer de água a essa cidade.

Desde 2009 é considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Sua construção se remonta ao século V a.C. por ordem de Dario, o Grande. O desenvolvimento que tem sofrido ao longo dos séculos nos permite observar as técnicas utilizadas pelos elamitas, os povos da Mesopotâmia e os nabateus.

O sistema se compõe de dois canais que extraem água do rio Karun. Uno dos dois, o Canal de Garga, todavia se utiliza para levar água para a cidade. Seu conduto subterrâneo leva água aos moinhos da zona.

O canal lega a cidade desde o sul, criando uma grande área plantada com orquídeas. Esta planta se chama Mianâb (paraíso).

A área protegida segundo a UNESCO inclui o castelo Salâsel, uma torre para medir a altura de água, moinhos, pontes e represas.[1]

Referências