Sistema de romanização da Biblioteca Nacional de Calcutá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Sistema de romanização da Biblioteca Nacional de Calcutá (em inglês National Library at Kolkata romanization) é o sistema de transliteração mais usado nos dicionários e gramáticas das línguas indianas. Este sistema é usado pela Biblioteca do Congresso e é quase idêntico a uma das variantes da norma ISO 15919.

As tabelas que se seguem usam o sistema alfabético-silábico Devanāgarī, mas incluem caracteres dos alfabetos Canará, Tamil, Malayalam e Bengali a fim de ilustrar a transliteração de símbolos adicionais.

Este sistema é uma extensão do IAST, usado para transliteração do sânscrito.

a ā i ī u ū e ē ai
अं अः
o ō au a a
ka kha ga gha a ca cha ja jha ña
a ha a ha a ta tha da dha na
pa pha ba bha ma a la a ra na
ya ra la va śa a sa ha

Ver também[editar | editar código-fonte]