Skarð

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ruínas de Skarð

Skarð (pronunciado ['skɛaɹ]) é uma vila abandonada na costa leste de Kunoy, Norðoyar, Ilhas Feroe. Em 23 de dezembro de 1913, todos os sete homens aptos para o trabalho na vila morreram em um acidente pesqueiro, levando todo o restante da população a deixar a localidade para a vila próxima de Haraldssund até 1919. Um dos antigos barcos pesqueiros da ilha hoje se encontra em Klaksvík. Há dois caminhos para a vila: um costeiro que leva a Haraldssund, e um montanhoso a Kunoy, capital da ilha. Este chega a uma altitude de 600 metros e é recomendado apenas a alpinistas experientes, ainda que os moradores da vila costumeiramente o utilizassem para assistir ofícios na igreja local de Kunoy.[1]

Personalidades de Skarð[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Brandt, Don (2006). More Stamps and Story of the Faroe Islands (em inglês). 2. Tórshavn: Postverk Føroya. p. 352. ISBN 99918-3-191-6 
  2. Chr. Matras. «Simun av Skarði» (em dinamarquês). Den Store Danske Encyklopædi (Grande Enciclopédia Dinamarquesa). Consultado em 29 de abril de 2019 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Skarð