Slap Shot 2: Breaking the Ice

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Slap Shot 2: Breaking the Ice
Vale Tudo 2 - Quebrando o Gelo (BRA)
 Estados Unidos
2002 •  cor •  96 min 
Direção Steve Boyum
Produção Ron French
Roteiro Nancy Dowd
Broderick Miller
Elenco Stephen Baldwin
Jessica Steen
Gary Busey
Género ação
Idioma inglês
Cronologia
Slap Shot 3: The Junior League

Slap Shot 2: Breaking the Ice (no Brasil: Vale Tudo 2 - Quebrando o Gelo) é um filme americano lançado em 2002 estrelado por Stephen Baldwin e Gary Busey, dirigido por Steve Boyum. Lançado direto em vídeo, é a continuação de Slap Shot, de 1977.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Vinte e cinco anos após os acontecimentos do primeiro filme, a modesta equipe da liga de hóquei no gelo Charlestown Chiefs é ainda um fracasso em West Virginia. Um novo jogador/treinador, Sean Linden (Baldwin) chega para assumir a equipe, sendo que a violência tornou-se a marca dos Chiefs, com Linden não tentando controlar as brigas do trio de irmãos Hanson durante os jogos do time. Depois de apenas 10 vitórias em dois anos, a equipe é comprada por uma empresa de entretenimento familiar chamada América Melhor, gerida por um executivo nomeado Richmond Claremont (Busey). A equipe é deslocada para Nebraska e ganha um novo treinador, passando a ser treinados por uma mulher.

A equipe logo descobre que Richmond Claremont pretende utilizar o Chiefs numa nova liga, em que o esporte virou um show baseado no time de basquete Harlem Globetrotters, onde o combinado é de os Chiefs perderem todos os jogos para uma equipe chamada Omaha IceBreakers, em uma tentativa por parte de Claremont de fazer o jogo adequado para as famílias.

Gordie Miller (Paetkau) não gosta da ideia e acha que a possibilidade de sucesso e de estrelato é quase inexistente. Agora resta a Linden tentar dar ânimo aos jogadores do time e mostrar a eles que nem tudo está perdido.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]