Smile (álbum de Katy Perry)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Smile
Capa da edição padrão. A versão da edição do fã vem com uma impressão lenticular na imagem da capa,[1] enquanto cinco capas alternativas de edições limitadas foram disponibilizadas para pré-venda.[2]
Álbum de estúdio de Katy Perry
Lançamento 28 de agosto de 2020 (2020-08-28)
Gravação 2018–2020
Gênero(s) Pop[3]
Duração 36:36
Formato(s) CD, streaming, download digital, vinil, cassete
Gravadora(s) Capitol
Produção Josh Abraham, Johan Carlsson, The Daylights, John DeBold, Dreamlab, Andrew Goldstein, Oscar Görres, Oscar Holter, Ilya, Ian Kirkpatrick, The Monsters & Strangerz, Oligee, Charlie Puth, Pierre-Luc Rioux, Stargate, Zedd
Cronologia de Katy Perry
Witness
(2017)
Capa alternativa
Capa exclusiva do vinil.
Singles de Smile
  1. "Daisies"
    Lançamento: 15 de maio de 2020 (2020-05-15)
  2. "Smile"
    Lançamento: 10 de julho de 2020 (2020-07-10)
  3. "Not the End of the World"
    Lançamento: 21 de dezembro de 2020 (2020-12-21)

Smile é o sexto álbum de estúdio da cantora e compositora norte-americana Katy Perry, lançado em 28 de agosto de 2020 através da Capitol Records, três anos depois do seu antecessor Witness (2017). Perry trabalhou com uma diversidade de produtores no álbum, incluindo Josh Abraham, Carolina Liar, The Daylights, G Koop, Andrew Goldstein, Oligee, Oscar Görres, Oscar Holter, Ilya, Ian Kirkpatrick, The Monsters & Strangerz, Charlie Puth, Stargate e Zedd. Ela descreveu o álbum como sua "jornada em direção à luz, com histórias de resiliência, esperança e amor". Musicalmente um álbum pop, Smile promove temas como autoajuda e empoderamento.

O álbum foi procedido por dois singles: "Daisies", o primeiro single, foi lançado em 15 de maio de 2020 e atingiu a posição #40 na Billboard Hot 100 (EUA); e o single seguinte, "Smile", foi lançado em 10 de julho de 2020. Smile também inclui os lançamentos autônomos de Perry de 2019 "Never Really Over" e "Harleys in Hawaii". Após seu lançamento, Smile recebeu opiniões variadas dos críticos contemporâneos, com alguns elogiando a imagem madura de Perry, e outros criticando a produção maçante e composições clichês.

Na Billboard 200 (EUA), Smile estreou na quinta posição, vendendo 50.000 unidades na primeira semana, tornando-se o quinto álbum de Perry top 10 nos Estados Unidos. O álbum também atingiu o top 5 nas paradas da Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Escócia, Espanha, e o Reino Unido, o top 10 na Irlanda e Itália, e o top 20 na Finlândia, Alemanha e nos Países Baixos.

Antecedentes e lançamento

Smile foi concebido após Perry passar por um período de depressão, crítica do público, rompimento com o seu então namorado e atual noivo Orlando Bloom e sua gravidez.[3][4][5] Em março de 2018, Ian Kirkpatrick anunciou que havia trabalhado com Perry em novas músicas. Em entrevista ao The Fader, ele declarou: "Nós fizemos alguns dias e ela é incrível". Ele afirmou ainda que trabalhar com Perry era "alguém que eu queria trabalhar com toda a minha vida, e ela era literalmente a pessoa mais normal, sem ego".[6] Em junho do mesmo ano, Perry foi visto trabalhando com Max Martin em sua terra natal, na Suécia.[7] Em março de 2020, Ryan Tedder revelou, em uma entrevista para a Official Charts Company, estar trabalhando com Perry em um novo material musical para o álbum. Revelando também em como Perry está "num estado de espírito muito bom. Eu tive apenas uma canção presente no corte final do álbum e estou muito apaixonado."[8]

Perry também anunciou suas intenções de lançar "muitas" novas músicas durante os meses de verão do mesmo ano.[9] Em maio do mesmo ano, ela anunciou "Daisies" como o primeiro single do álbum.[10][11] No mesmo mês, a Amazon Alexa anunciou a data de lançamento do álbum em 14 de agosto de 2020.[12][13] Em uma entrevista em junho de 2020 com a Billboard, Perry falou sobre uma nova música, intitulada "Teary Eyes". Mais tarde, ela confirmou em uma entrevista em julho de 2020 que "Never Really Over" estaria no álbum.[14] No mesmo mês, o título do álbum foi confirmado como Smile, assim como uma das faixas.[15]

O álbum também obtém uma versão lançada em disco de vinil,[16] juntamente com um disco-imagem,[17] uma fita cassete,[18] uma edição de luxo especial limitada do CD, com uma capa lenticular, e uma edição intitulada "Fan Edition", este último disponível apenas na loja oficial do website de Perry,[19] e na loja da Universal Music Group da República Tcheca.[20] Em 2 de agosto, uma venda rápida foi colocada online no website de Perry por cinco dias. Esta venda apresenta cinco capas alternativas limitadas para a edição padrão do álbum, que só poderia ser adquirida durante essa pré-venda.[2] Em 27 de julho, Perry anunciou nas redes sociais que a data de lançamento do álbum havia sido adiada para 28 de agosto devido a "inevitáveis atrasos na produção".[21]

Conceito e capa

Perry explicou que o álbum é sobre "encontrar a luz no fim do túnel" e recuperar o seu sorriso. Isso vem de um lugar em que Perry caiu depois que sua carreira e seu relacionamento atingiram um ponto baixo em 2017. Ela lutou contra a depressão e pensamentos suicidas, mas diz que a gratidão foi o que salvou sua vida.[22] Perry mais tarde também definiu o álbum como sua "jornada em direção à luz, com histórias de resiliência, esperança e amor".[23]

A revelação da arte da capa do álbum foi um concurso no Twitter para estourar balões colocando a hashtag #KP5Reveal no trending topics. A capa mostra Perry vestida de palhaço com uma expressão triste/entediada, enquanto a palavra "SMILE" (sorriso, na tradução literal) está escrita na metade inferior da capa do álbum.[24] Em agosto, Perry divulgou uma coleção de capas alternativas para edições limitadas e para o vinil do álbum. Cinco artes diferentes foram colocadas em pré-venda por um período de 5 dias.[2]

Promoção e singles

Durante o ano de 2019 e início de 2020, Perry lançou quatro singles autônomos, originalmente intencionadas em não estar presentes em nenhum álbum. "Never Really Over", lançado em 31 de maio de 2019, foi anunciada como faixa do Smile em junho de 2020.[14] "Harleys in Hawaii", lançado em outubro de 2019, foi revelada na lista de faixas da edição padrão do álbum após a disponibilidade do mesmo para pré-venda.[25] "Small Talk", lançada em 9 de agosto de 2019 e "Never Worn White", lançada em 5 de março de 2020 não fazem parte da edição padrão do álbum, porém foram aproveitadas como faixas da edição do fã.[20]

"Daisies" foi lançado em 15 de maio de 2020 como o primeiro single, juntamente com seu videoclipe.[26] A canção estreou na posição de número 40 na Billboard Hot 100 (EUA).[27] A faixa-título foi lançada como segundo single em 10 de julho de 2020, juntamente com a pré-venda do álbum.[28] "Not the End of the World" foi selecionada como terceiro single e seu lançamento ocorreu em 21 de dezembro de 2020.[29]

Perry lançou a canção "What Makes a Woman" como single promocional do álbum em 20 de agosto de 2020 nas plataformas de streaming e no dia seguinte nas rádios australianas.[30][31] Ela também lançou uma versão acústica da canção exclusivamente na sua página no Vevo.[32] Em junho, Perry afirmou que "What Makes a Woman" é dedicada à sua filha biológica: "Minha esperança para minha filha é que seus sonhos e aspirações nunca terão limites, e que ela possa mudar de ideia sempre que ouvir. Você pode tentar o que quiser encontrar o seu caminho. É por isso que eu acho que essa música é importante para mim e para ela".[33]

A artista se apresentou com a canção "Only Love" juntamente com Darius Rucker no American Music Awards de 2020 em 22 de novembro, sendo esta a sua primeira performance depois de seu primeiro filho, Daisy Dove Bloom, nascer.[34]

Análise da crítica

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 58/100[35]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
The A.V. Club B–[36]
Clash 2/10[37]
The Daily Telegraph 3 de 5 estrelas.[5]
Entertainment Weekly B–[38]
i 3 de 5 estrelas.[39]
The Independent 3 de 5 estrelas.[40]
The Irish Times 3 de 5 estrelas.[41]
NME 2 de 5 estrelas.[42]
Pitchfork 5.7/10[43]
The Sydney Morning Herald 2 de 5 estrelas.[44]

Em geral, Smile recebeu críticas variadas dos críticos de música. No Metacritic, que atribui uma classificação normalizada de 100 a críticas de publicações populares, o álbum recebeu uma pontuação média de 58, com base em 18 críticas, que indica "avaliações geralmente favoráveis".[35] Album of the Year coletou 21 críticas e calculou uma média de 57 pontos de 100,[45] enquanto o agregador AnyDecentMusic? deu ao álbum uma pontuação de 5.3 de 10, com base em sua avaliação do consenso crítico.[46]

Lindsay Zolandz do The New York Times acha que Smile tenta adicionar brilho à escuridão com uma leveza que faltou em seu antecessor Witness (2017).[47] Mark Kennedy do Chicago Tribune considera o álbum um "corretivo" que define Perry de volta do puro pop, e etiquetou a maior parte do álbum "um pouco chato" devido ao seu tom apologético.[3] Joe Muggs do jornal i elogiou a produção do álbum e o amadurecimento de Perry como uma popstar, mas desvalorizou o conteúdo lírico como "exageradamente uma redenção de autoajuda".[39] Escrevendo para o The Daily Telegraph, Kate Solomon observou que Smile parece "tão sério que se perde num território digno de vergonha", mas exibe os traços mais fortes de Perry na música: "batidas efervescentes e ganchos enormes".[5]

O escritor Patrick Ryan do USA Today opinou que Smile exala uma alegria recém encontrada, com algumas das canções mais despreocupadas da carreira da cantora; no entanto, ele criticou o empoderamento próprio da cantora como clichê, adicionando que Perry dá aos seus ouvintes um déjà vu ao invés de buscar uma nova direção musical.[4] Leah Greenblatt do Entertainment Weekly descreveu o som do álbum muito familiar, sem muita diferença dos lançamentos antigos da cantora.[38] Craig Jenkins da Vulture opinou que Smile é líricamente fraco, mas num geral é superior ao Witness, e nomeou os singles como as melhores faixas.[48] Alexa Camp da Slant Magazine escreveu que Perry evitar tentar novas sonoridades por optar em sair da "sua comodidade".[49] Kish Lal do The Sydney Morning Herald declaro que Smile está desmoronado mesmo na honestidade dos assuntos tratados.[44] Louise Bruton do The Irish Times afirmou que o álbum possui melodias perfeitas, mas citou as composições como uma desvantagem.[41]

Em análises desfavoráveis, Dani Blum da Pitchfork apelidou Smile como um clichê previsível, pop com vulgaridades confusas, que também é inadequado para a pandemia.[43] Alex McLevy da The A.V. Club opinou que Perry está "lutando para ser levada a sério" e que Smile a impediu de evoluir, ao invés de pretender demonstrar o lado "real" da cantora.[36] Chris DeVille do Stereogum denominou o álbum como monótono e sem aventura, destacando a falta de composição memorável,[50] enquanto Helen Brown do The Independent chamou o álbum de esquecível e mostra a cantora recorrendo ao básico.[40] Hannah Mylrea da NME que o álbum contém imitacões sem brilho e preenchimentos desnecessários, desprovido dos ganchos cativantes e dísticos dos trabalhos anteriores de Perry.[42] Escrevendo para a Clash, Joe Rivers depreciou Smile, especificando sua produção antiquada e falta de elementos coerentes.[37]

Lista de faixas

Lista de faixas adaptadas da Apple Music.[25][20]

SmileEdição padrão
TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Never Really Over"  
3:43
2. "Cry About It Later"  Holter 3:09
3. "Teary Eyes"  
  • Perry
  • Michael Pollack
  • Madison Love
  • Jacob Kasher Hindlin
  • Andrew Goldstein
3:02
4. "Daisies"  
  • Perry
  • Jonathan Bellion
  • Jacob Kasher Hindlin
  • Michael Pollack
  • Jordan K. Johnson
  • Stefan Johnson
  • The Monsters & Strangerz[a]
  • Gian Stone[b]
2:54
5. "Resilient"  
Stargate 3:07
6. "Not the End of the World"  
  • Perry
  • Pollack
  • Love
  • Hindlin
  • Goldstein
FRND 2:58
7. "Smile"  
  • Perry
  • Josh Abraham
  • Anthony Criss
  • Benny Golson
  • Brittany "Starrah" Hazzard
  • Ferras Alqaisi
  • Kier Gist
  • Oliver Goldstein
  • Vincent Brown
  • Abraham
  • Oligee
  • G Koop[c]
2:46
8. "Champagne Problems"  
Kirkpatrick 3:16
9. "Tucked"  
  • Perry
  • Alqaisi
  • Hindlin
  • Ryan
  • Carlsson
Carlsson 3:17
10. "Harleys in Hawaii"  
3:05
11. "Only Love"  
  • Perry
  • Sophie Cooke
  • Andrew Jackson
John DeBold 3:18
12. "What Makes a Woman"  
  • Perry
  • Sarah Hudson
  • Hindlin
  • Ryan
  • Carlsson
  • Carlsson
  • Elvia Anderfjard[c]
  • Karlsson[b]
2:11
Duração total:
36:36
SmileEdição do fã[20]
TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
13. "Small Talk"  
  • Perry
  • Puth
  • Hindlin
  • Carlsson
  • Puth
  • Carlsson
2:41
14. "Never Worn White"  
  • Perry
  • John Ryan
  • Hindlin
  • Carlsson
Carlsson 3:45
15. "Daisies" (acústica)
  • Perry
  • Bellion
  • Hindlin
  • Pollack
  • Johnson
  • Johnson
  • Pierre-Luc Rioux (violão)
  • Stone[b]
3:05
16. "Daisies" (Remix de Oliver Heldens)
  • Perry
  • Bellion
  • Hindlin
  • Pollack
  • Johnson
  • Johnson
  • The Monsters & Strangerz[a]
  • Stone[b]
  • Oliver Heldens[d]
3:35
Duração total:
49:42
Notas e samples
  • ↑[a] denota produtores que também são creditados pela produção de vocais nessa faixa
  • ↑[b] denota produtores que são creditados apenas pela produção de vocais nessa faixa
  • ↑[c] denota produtores adicionais ou produção adicional
  • ↑[d] denota a produção de remix
  • "Never Really Over" contém interpolações de "Love You Like That", escrito por Dagny Sandvik, Jason Gill e Michelle Buzz.
  • "Not the End of the World" contém elementos de "Na Na Hey Hey Kiss Him Goodbye", escrito por Paul Leka, Gary DeCarlo e Dale Frashuer.
  • "Smile" contém amostras de "Jamboree", escrito por Anthony Criss, Vincent Brown e Kier Gist.
  • Em algumas prensagens da edição do vinil do álbum, "Smile" apresenta uma versão alternativa da canção com a participação de Diddy, com composição adicional de Sean Combs e Cordae Dunston.[54]

Créditos

Créditos adaptados do encarte do álbum.[55]

Estúdios

Principais locais de gravação

  • Studios 301 (Sydney, Austrália) - gravação (faixa 1)
  • Westlake Recording Studios (Los Angeles, Califórnia) - gravação, assistente de engenharia (1)
  • Unsub Studios (Los Angeles, Califórnia) - gravação (1, 3, 4, 6, 10)
  • MXM Studios (Los Angeles, Califórnia) - gravação (2, 8–10, 12, 14) & (Estocolmo, Suécia) - gravação (2, 10)
  • House Mouse Studios (Estocolmo, Suécia) - gravação (2, 3, 6, 12)
  • Secret Garden Studios (Santa Bárbara, Califórnia) - gravação (2, 8)
  • Orange Grove Studio (Hollywood, Califórnia) - gravação (3, 6)
  • The Stellar House (Venice, Los Angeles, Califórnia) - gravação (5)
  • Pulse Studios (Los Angeles, Califórnia) - gravação (7)
  • Windmark Studios (Los Angeles, Califórnia) - gravação (7)
  • BLND Studio (Suécia) - gravação (8), gravação e edição (9)
  • Heavy Duty Studios (Burbank, Califórnia) - gravação (11)
  • Glendale Boulevard Swamp Studios (Los Angeles, Califórnia) - gravação (11)
  • Quarantine 805 (Santa Bárbara, Califórnia) - gravação (11)
  • A-House (Estocolmo, Suécia) - gravação (11)

Locais de mixagem e masterização

  • Zedd 1 Studio (Los Angeles) - mixagem (1)
  • MixStar Studios (Virginia Beach, Virginia) - mixagem (2–6, 8–12, 14, 16, 17)
  • Larrabee Studios (North Hollywood, Los Angeles) - mixagem (7)
  • The Ninja Beat Club (Estados Unidos) - mixagem (15)
  • Oliver Heldens Studio (Holanda) - masterização (18)
  • The Mastering Palace (Nova Iorque)

Vocais

  • Katy Perry - vocal principal (todas as faixas), vocal de apoio (2)
  • Leah Haywood - vocal de apoio (1)
  • Hayley Warner - vocal de apoio (1)
  • Gino Barletta - vocal de apoio (1)
  • Sasha Sloan - vocal de apoio (2)
  • Noonie Bao - vocal de apoio (2)
  • Jacob Kasher Hindlin - vocal de apoio (3)
  • Michael Pollack - vocais de apoio (3, 6)
  • Madison Love - vocais de apoio (3, 6)
  • Andrew Goldstein - vocais de apoio (3, 6)
  • Jon Bellion - vocal de apoio (4)
  • Kamaria Anita Ousley - vocal de apoio (7)
  • Charlie Puth - vocais de apoio (10, 15)
  • Johan Carlsson - vocal de apoio (10)
  • Sophie "Frances" Cooke - vocal de apoio (11)
  • Sachi DiSerafino - vocal de gang (11)
  • Lila Drew - vocal de gang (11)
  • Karissa Reynafarje - vocal de gang (11)
  • John DeBold - vocal de gang (11)
  • Elvira Anderfjärd - vocal de gang (12)
  • Ilya Salmanzadeh - vocal de apoio (14)
  • Savan Kotecha - vocal de apoio (14)

Instrumentos

  • Oscar Holter - bateria, baixo, teclado (2)
  • Rickard Göransson guitarra (2)
  • Andrew Goldstein - guitarra, bateria, baixo, percussão (3), teclado (3, 6)
  • Oscar Görres - bateria, baixo, percussão (3), teclado (3, 6)
  • Michael Pollack - baixo synth (3), guitarra (4), piano (6)
  • Pierre Luc Rioux - guitarra (tracks 4, 17 (Japan bonus))
  • Mikkel S. Eriksen - todos os instrumentos (5)
  • Tor Hermansen - todos os instrumentos (5)
  • Lincoln Adler - saxofone (7)
  • Dave Richards - trompete (7)
  • Johan Carlsson - teclado (8, 9), arranjo de cordas (8), Piano Rhodes (10), guitarra (10, 15), guitarra acústica, chocalho, guitarra eléctrica (12), sintetizadores (12, 15), guitarra falada, programação de bateria (15), piano (16)
  • Mattias Johansson - violino (8, 16)
  • David Bukovinszky - violoncelo (8, 16)
  • Mattias Bylund - sintetizador de cordas (8), arranjo de cordas, arranjo de sintetizadores (9), cordas, arranjo de cordas (16)
  • Nils-Petter Ankarblom - sintetizador de cordas, arranjo de cordas (8), arranjo de sintetizadore (9)
  • Magnus Johansson - trombetas (9)
  • Janne Bjerger - trombetas (9)
  • Wojtek Goral - saxofone (9)
  • Tomas Jonsson - saxofones (9)
  • Peter Noos Johansson - trombone, tuba (9)
  • Charlie Puth - sintetizadores (10, 15), programação de bateria (15)
  • Brad Oberhofer - piano Rhodes, órgão, piano (11)
  • John DeBold - programação de bateria, guitarra, guitarra synth, programação de synth, programação de cordas, arranjo (11)
  • Elvira Anderfjärd - guitarra elétrica, órgão, baixo, bateria (12)
  • John Ryan - guitarra elétrica (12)
  • ILYA - arranjo, keys, baixo, bateria, percussão (14)
  • Ferras - keys (14)

Produção

  • Katy Perry - produção executiva
  • Zedd - produção (1)
  • Dreamlab - produção (1)
  • Oscar Holter - produção (2)
  • Peter Karlsson - produção de vocal (2, 8–10, 12, 14–-16)
  • Andrew Goldstein - produção, produção de vocal (3, 6)
  • Oscar Görres - produção (3, 6)
  • The Monsters & Strangerz - produção, produção de vocal (4)
  • Gian Stone - produção de vocal (4, 17)
  • Stargate - produção (5)
  • Tim Blacksmith - produção executiva (5)
  • Danny D - produção executiva (5)
  • Josh Abraham - produção (7)
  • Oligee - produção (7)
  • G Koop - produção adicional (7)
  • Johan Carlsson - produção (8–10, 12, 15, 16), produção de vocal (8, 12)
  • John Ryan - produção (8, 9)
  • Charlie Puth - produção (10, 15)
  • John DeBold - produção, produção de vocal (11)
  • Svend Lerche - produção de vocal (11)
  • Sophie "Frances" Cooke - produção adicional (11)
  • Elvira Anderfjärd - co-produção (12)
  • ILYA - produção, produção de vocal (14)

Técnica

  • Ryan Shanahan - engenharia, mixagem adicional (1)
  • Brian Cruz - assistente de engenharia (1)
  • Zedd - mixagem, programação (1)
  • Daniel James - programação (1)
  • Leah Haywood - programação (1)
  • Sam Holland - engenharia (2, 8–10, 12, 14–16)
  • Cory Bice - engenharia (2, 8–10, 12, 14–16)
  • Jeremy Lertola - engenharia (2, 8–10, 12, 14–16), assistente de engenharia (15)
  • Serban Ghenea - mixagem (2–6, 8–12, 14, 16, 17)
  • John Hanes - engenharia de mixagem (2–6, 8–12, 14), engenharia de mistura (16, 17)
  • Oscar Holter - programação (2)
  • Rachael Findlen - engenharia (3, 4, 6, 8, 10, 15, 17)
  • Andrew Goldstein - gravação de vocais, programação (3, 6)
  • Oscar Görres - programação (3, 6)
  • The Monsters & Strangerz - gravação de vocais (4)
  • Mikkel S. Eriksen - engenharia, toda programação (5)
  • Thomas Warren - engenharia (5)
  • Tor Hermansen - toda programação (5)
  • Louie Gomez - engenharia (7)
  • Blake Harden - engenharia (7)
  • CJ Mixed It - engenharia (7)
  • Darth "Denver" Moon - engenharia (7)
  • Manny Marroquin - mixagem (7)
  • Chris Galland - engenharia de mistura (7)
  • Robin Florent - assistente de engenharia (7)
  • Scott Desmarais - assistente de engenharia (7)
  • Johan Carlsson - programação (8–10, 12, 16)
  • Mattias Bylund -gravação de cordas & edição (7, 9)
  • Charlie Puth - programação (10)
  • John DeBold - engenharia (11)
  • Elvira Anderfjärd - programação (12)
  • ILYA - programaçã (14)
  • Phil Tan - mixagem (15)
  • Bill Zimmerman - engenharia (15)
  • Peter Karlsson - edição de vocal (15)
  • Dave Kutch - engenharia de masterização (15), masterização (todas as faixas)
  • Rami - programação (16)
  • Oliver Heldens - masterização (18)

Arte

  • Nicole Frantz - direção de arte
  • Christine Hahn - fotografia
  • Nick Steinhardt - designer

Desempenho comercial

Nos Estados Unidos, Smile estreou na posição de número 5 na tabela Billboard 200, vendendo 50.000 unidades equivalente ao álbum (incluindo 35.000 em vendas), fazendo deste o quinto álbum de Perry top 10 no país. Também acumulou um total de 19 milhões de streams sob demanda nos EUA, para todas as faixas, na semana terminada em 12 de setembro de 2020.[56] Smile também estreou na quinta posição no Canadá (Canadian Albums Chart) e no Reino Unido (UK Albums Chart), vendendo 8.579 unidades neste último.[57][58]

Na Irlanda, o álbum estreou na nona posição na Irish Albums Chart, dando para Perry seu quinto álbum top 10 consecutivo no país.[59] Smile estreou na segunda posição da tabela da Austrália (ARIA Albums Charts), sendo barrada pelo álbum ao vivo do Metallica, S&M2.[60] Na Nova Zelândia, o álbum estreou na quarta posição na NZ Top 40 Albums Chart,[61] enquanto que no Oricon Albums Chart do Japão, o álbum estreou na posição de número 39.[62] Na Alemanha, Smile estreou na posição número 14, sendo este o primeiro álbum da cantora a não estrear dentro das dez primeiras posições.[63]

Tabelas semanais

Tabela musical (2020) Melhor
posição
Alemanha (Offizielle Top 100)[64] 14
Argentina (CAPIF)[65] 6
Austrália (ARIA)[66] 2
Áustria (Ö3 Austria Top 40)[67] 8
Bélgica (Ultratop de Flandres)[68] 7
Bélgica (Ultratop da Valônia)[69] 5
Canadá (Billboard)[70] 5
Chéquia (ČNS IFPI)[71] 35
Escócia (OCC)[72] 3
Espanha (PROMUSICAE)[73] 5
Estados Unidos (Billboard 200)[56] 5
Finlândia (Suomen virallinen lista)[74] 18
França (SNEP)[75] 17
Hungria (MAHASZ)[76] 23
Irlanda (IRMA)[77] 9
Itália (FIMI)[78] 10
Japão (Billboard Japan)[79] 32
Japão (Oricon)[80] 39
Noruega (VG-lista)[81] 25
Nova Zelândia (RMNZ)[82] 4
Países Baixos (MegaCharts)[83] 13
Polônia (ZPAV)[84] 24
Portugal (AFP)[85] 3
Reino Unido (OCC)[86] 5
Suécia (Sverigetopplistan)[87] 58
Suíça (Schweizer Hitparade)[88] 8
Uruguai (CUDISCO)[89] 10

Históricos de lançamentos

Região Data Formato(s) Versão Gravadora Ref.
Mundo Várias 28 de agosto de 2020 Padrão Capitol [25]
CD Edição de fã [90]
 Estados Unidos Edição da Target [91][51]
 Japão Edição japonesa Universal Music Japan [92][93]

Referências

  1. Perry, Katy. #SmileSundays Livestream. Episódio 2. Publicado via Zoom. Início em 6:35.
  2. a b c Referências para as artes da capa limitadas:
  3. a b c Kennedy, Mark (24 de agosto de 2020). «Review: Katy Perry acknowledges missteps in downer album». Chicago Tribune. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  4. a b Ryan, Patrick (24 de agosto de 2020). «'Smile' review: Katy Perry is a pop star with nothing to prove on frothy new album». USA Today. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  5. a b c «Katy Perry, Smile, review: when life gives you lemons, make sweet, fizzy pop». The Daily Telegraph. 25 de agosto de 2020. Consultado em 27 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2020 
  6. «Ian Kirkpatrick on helping create Dua Lipa's "New Rules" and other weirdo mega-hits». The Fader (em inglês). Consultado em 8 de julho de 2020 
  7. «Katy Perry & Max Martin Reunite In Sweden: Watch The Video». Billboard. 12 de junho de 2018. Consultado em 8 de julho de 2020 
  8. White, Jack (14 de março de 2020). «Katy Perry "a world class vocalist" on new album». Official Charts Company. Consultado em 12 de julho de 2020 
  9. «Pregnant Katy Perry Talks Upcoming New Music: 'There's Gonna Be a Lot to Release in the Summer'». People (em inglês). Consultado em 8 de julho de 2020 
  10. «Katy Perry announces new single, "Daisies," out May 15 - Music News - ABC News Radio» (em inglês). ABC News Radio. Consultado em 8 de julho de 2020 
  11. «Katy Perry anuncia lançamento de 'Daisies', primeiro single de novo álbum». Jovem Pan. 7 de maio de 2020. Consultado em 8 de julho de 2020 
  12. «Oh, Alexa: Amazon's Assistant Spilled The Beans On Katy Perry's Album Release Date». MTV News (em inglês). Consultado em 8 de julho de 2020 
  13. «Assistente pessoal da Amazon revela data de lançamento do novo álbum de Katy Perry». POPline. 13 de maio de 2020. Consultado em 8 de julho de 2020 
  14. a b «Katy Perry Drops Acoustic Version of 'Daisies,' Confirms 'Never Really Over' Will Be on 'KP5'». Billboard. 1 de julho de 2020. Consultado em 8 de julho de 2020 
  15. Torres, Leonardo (8 de julho de 2020). «Título do álbum novo da Katy Perry é confirmado». POPline. Terra. Consultado em 8 de julho de 2020 
  16. «Katy Perry – Smile [LP] [Bone White] – Coloured Vinyl». Amazon.com. Consultado em 12 de julho de 2020 
  17. «Smile D2C Exclusive Picture Disc Vinyl + Digital Album». Katy Perry Official Webstore. Consultado em 19 de julho de 2020 
  18. «Smile Cassette + Digital Album». Katy Perry Official Webstore. Consultado em 19 de julho de 2020 
  19. «Smile Fan Edition Deluxe CD + Digital Album». Katy Perry Official Webstore. Consultado em 19 de julho de 2020 
  20. a b c d «SMILE – CD album (FAN EDITION) – PERRY KATY». Universal Music Group. Consultado em 18 de julho de 2020 
  21. «Katy Perry Delivers 'Smile' Album Delay News With a Pie in Her Face: See the Announcement». Billboard. Consultado em 27 de julho de 2020 
  22. «Katy Perry reveals she felt suicidal during 2017 split from Orlando Bloom». pennlive (em inglês). 29 de junho de 2020. Consultado em 9 de julho de 2020 
  23. «Step right up! Step right up! 🎪 KP5 is called 🙂 #SMILE 🙂 Listen to the song at midnight local time Friday, July 10 and pre-order the album at». Twitter (em inglês). 9 de julho de 2020 
  24. Kaufman, Gil (9 de julho de 2020). «Katy Perry Proves She's the Ultimate 'Pop' Star With Playful KP5 Album Cover Reveal». Billboard. Consultado em 9 de julho de 2020 
  25. a b c «Smile de Katy Perry». Apple Music. Consultado em 20 de agosto de 2020 
  26. Perry, Katy (8 de maio de 2020). «The first single from #KP5 is called #DAISIES». Twitter. Consultado em 8 de março de 2020 
  27. «Digital Song Sales Chart». Billboard. Consultado em 23 de agosto de 2020 
  28. Graves, Wren (10 de julho de 2020). «Katy Perry reveals new album Smile, shares title track: Stream». Consequence of Sound. Consultado em 12 de julho de 2020 
  29. Rowley, Glenn (21 de dezembro de 2020). «Watch Aliens Abduct Zooey Deshanel Instead Of Katy Perry In 'Not The End Of The World' Video». Billboard. Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  30. «May I present... the next taste of 🙂#SMILE🙂 before it comes out NEXT! FRIDAY! (AUGUST 28TH!) What Makes A Woman is out now...». Twitter. 20 de agosto de 2020. Consultado em 22 de agosto de 2020 
  31. «Singles To Radio». The Music Network. Consultado em 27 de agosto de 2020 
  32. «Katy Perry - What Makes A Woman (Acoustic Video)». YouTube. 20 de agosto de 2020. Consultado em 22 de agosto de 2020 
  33. «Katy Perry Unveils New Song 'What Makes A Woman' Dedicated to Her Unborn Daughter: Listen». Billboard. Consultado em 20 de agosto de 2020 
  34. Aderoju, Darlene (13 de novembro de 2020). «Katy Perry to Make First Awards Show Performance at AMAs Since Giving Birth to Daughter». People. Consultado em 13 de novembro de 2020 
  35. a b «Smile by Katy Perry Reviews and Tracks». Metacritic. Consultado em 27 de agosto de 2020 
  36. a b McLevy, Alex (28 de agosto de 2020). «With Smile, Katy Perry Is Desperately Trying to Have Fun Again» (em inglês). The A.V. Club. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  37. a b Rivers, Joe (28 de agosto de 2020). «Katy Perry - Review» (em inglês). Clash. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  38. a b «Katy Perry brings more of the same on sunny but familiar fifth album Smile: Review». Entertainment Weekly. 24 de agosto de 2020. Consultado em 27 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2020 
  39. a b Muggs, Joe (28 de agosto de 2020). «Katy Perry, Smile, review: A darker, mature star is emerging» (em inglês). i. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  40. a b «Katy Perry review, Smile: Pop star resorts to bright'n'boring basics». The Independent. 27 de agosto de 2020. Consultado em 27 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2020 
  41. a b Bruton, Louise (28 de agosto de 2020). «Katy Perry: Smile review – Subpar lyrics with otherwise perfect melodies» (em inglês). The Irish Times. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  42. a b Mylrea, Hannah (27 de agosto de 2020). «Katy Perry – 'Smile' review: pop icon sounds recharged, but lacks the fireworks of old» (em inglês). NME. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  43. a b Blum, Dani (28 de agosto de 2020). «Katy Perry: Smile Album Review» (em inglês). Pitchfork Media. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  44. a b Cunniffe, Jessie; Lal, Kish; Shand, John; Smith, Barnaby (28 de agosto de 2020). «Katy Perry's new album is remarkably honest but falls flat» (em inglês). The Sydney Morning Herald. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  45. «Katy Perry - Smile - Reviews». Album of the Year. Consultado em 28 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 3 de setembro de 2020 
  46. «Smile by Katy Perry reviews». AnyDecentMusic?. Consultado em 2 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 3 de setembro de 2020 
  47. Zolands, Lindsay (28 de agosto de 2020). «=On 'Smile', Katy Perry Finds Purpose (and Pitfalls) in the Past» (em inglês). The New York Times. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  48. Jenkins, Craig (28 de agosto de 2020). «Katy Perry Is Still in a Lane All Her Own» (em inglês). Vulture. Consultado em 28 de agosto de 2020 
  49. «Review: Katy Perry's Smile Feels Unmoored from the Current Moment». Slant Magazine. 24 de agosto de 2020. Consultado em 27 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2020 
  50. DeVille, Chris (24 de agosto de 2020). «Katy Perry Pivots To Boring» (em inglês). Stereogum. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  51. a b «Smile Fan Edition Deluxe CD + Digital Album – Katy Perry Official Store». shop.katyperry.com. Consultado em 9 de julho de 2020 
  52. @mikeadamonair (9 de agosto de 2020). «The Target edition of #Smile by #KatyPerry will include a NEW SONG titled "High On Your Supply"!!!» (Tweet). Consultado em 10 de agosto de 2020 – via Twitter 
  53. «Smile Katy Perry CD Album». cdjapan.co.jp. Consultado em 23 de agosto de 2020 
  54. «Katy PERRY Smile vinyl at Juno Records». Juno Records. Consultado em 29 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 29 de agosto de 2020 
  55. (2020) Créditos do álbum Smile por Katy Perry [CD]. Estados Unidos: Capitol Records.
  56. a b Caulfield, Keith (6 de setembro de 2020). «Taylor Swift Ties Whitney Houston for Most Weeks at No. 1 Among Women in Billboard 200's History». Billboard. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  57. «Taylor Swift Continues Her Albums Chart Domination». FYI Music News. 7 de setembro de 2020. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  58. Masterson, James (4 de setembro de 2020). «Charts analysis: Streaming powers Nines to albums summit». Music Week. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  59. «Taylor Swift denies Metallica Irish Number 1». Irish Recorded Music Association. 4 de setembro de 2020. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  60. «ARIA Albums Chart». Australian Recording Industry Association. 7 de setembro de 2020. Consultado em 7 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2020 
  61. «New Zealand Albums Top 40 Chart». Recorded Music NZ. Consultado em 7 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2020 
  62. «Oricon Albums Chart». Oricon. 7 de setembro de 2020. Consultado em 7 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2020 
  63. «Offizielle Deutsche Charts». GfK Entertainment Charts. Consultado em 15 de setembro de 2020 
  64. «Offiziellecharts.de – Katy Perry – Smile» (em alemão). GfK Entertainment Charts. Consultado em 4 de setembro de 2020 
  65. «Los discos más vendidos de la semana». Diario de Cultura. CAPIF. Consultado em 29 de setembro de 2020. Cópia arquivada em 29 de setembro de 2020 
  66. «Australiancharts.com – Katy Perry – Smile». Hung Medien. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  67. «Austriancharts.at – Katy Perry – Smile» (em alemão). Hung Medien. Consultado em 9 de setembro de 2020 
  68. «Ultratop.be – Katy Perry – Smile» (em holandês). Hung Medien. Consultado em 4 de setembro de 2020 
  69. «Ultratop.be – Katy Perry – Smile» (em francês). Hung Medien. Consultado em 4 de setembro de 2020 
  70. «Billboard Canadian Albums». FYI Music News. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  71. «Czech Albums – Top 100». IFPI Česká Republika. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  72. «Official Scottish Albums Chart Top 100». Official Chart Company. Consultado em 4 de setembro de 2020 
  73. «Top 100 Álbumes – Semana 36: del 28.8.2020 al 3.9.2020» (em espanhol). Productores de Música de España. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  74. «Katy Perry: Smile» (em finlandês). Musiikkituottajat – IFPI Finland. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  75. «Top Albums (Week 36, 2020)» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  76. «Top 40 album DVD és válogatáslemez-lista – 2020. 36. hét» (em húngaro). MAHASZ. Consultado em 11 de setembro de 2020 
  77. «Official Irish Albums Chart Top 50». Official Charts Company. Consultado em 4 de setembro de 2020 
  78. «Italiancharts.com – Katy Perry – Smile». Consultado em 5 de setembro de 2020 
  79. «Smile on Billboard Japan Hot Albums» (em japonês). Billboard Japan. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  80. «Katy Perry» (em japonês). Oricon. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  81. «VG-lista – Topp 40 Album uke 36, 2020». VG-lista. Consultado em 4 de setembro de 2020 
  82. «Charts.nz – Katy Perry – Smile». Hung Medien. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  83. «Dutchcharts.nl – Katy Perry – Smile» (em holandês). Hung Medien. Consultado em 4 de setembro de 2020 
  84. «Oficjalna lista sprzedaży :: OLiS - Official Retail Sales Chart». OLiS. Polish Society of the Phonographic Industry. Consultado em 10 de setembro de 2020 
  85. «Portuguesecharts.com – Katy Perry – Smile». Hung Medien. Consultado em 18 de setembro de 2020 
  86. «Official Albums Chart Top 100». Official Charts Company. Consultado em 4 de setembro de 2020 
  87. «Veckolista Album, vecka 36» (em sueco). Sverigetopplistan. Consultado em 4 de setembro de 2020 
  88. «Swisscharts.com – Katy Perry – Smile». Hung Medien. Consultado em 9 de setembro de 2020 
  89. «Rankings (Septiembre 2020)» (em espanhol). Cámara Uruguaya del Disco. Consultado em 13 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de outubro de 2020 
  90. «Smile Fan Edition Deluxe CD + Digital Album». Katy Perry Official Webstore. Consultado em 19 de julho de 2020 
  91. «Katy Perry - Smile (Target Exclusive, Vinyl)». Target.com. Estados Unidos: Target Corporation. Consultado em 28 de julho de 2020 
  92. «来週発売の日本盤アルバムのトラックリストが公開!アルバムより新曲も本日解禁!». Japão: Universal Music Japan. Consultado em 22 de agosto de 2020 
  93. «スマイル[CD]». Japão: Universal Music Japan. Consultado em 31 de agosto de 2020. Cópia arquivada em 20 de julho de 2020