Sociedade Esportiva River Plate

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
River Plate
Nome Sociedade Esportiva River Plate
Alcunhas River do Carmo
Leão Sergipano
Time de espírito argentino
Torcedor/Adepto Carmoplates
Mascote Leão
Fundação 18 de agosto de 1967 (49 anos)
Estádio Fernando França
Capacidade 5.000[1]
Localização Carmópolis,  Brasil
Mando de jogo em Fernando França
Capacidade (mando) 5.000[1]
Presidente Brasil Ernando Rodrigues dos Santos
Treinador Sem Técnico
Material esportivo Brasil Nakal
Competição Sergipe Campeonato Sergipano - Série A2
Website http://www.seriverplate.com.br/
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

A Sociedade Esportiva River Plate, simplesmente conhecido como River Plate ou apenas River, é um clube de futebol do Brasil, fundado no dia 18 de Agosto de 1967. Suas cores, nome, escudo e uniforme são uma homenagem ao River Plate da Argentina. O River Plate mudou de nome em 2006, antes chamava-se Sociedade Esportiva São Cristóvão. Com boa estrutura de treinamento, o time vem supreendendo e ganhando destaque por suas atuações.[2][3]

Ascensão do River Plate Brasileiro e queda do Argentino[editar | editar código-fonte]

Uma análise[4] curiosa vem pode ser verificada nos últimos três anos: o time do River Plate de Sergipe ascendeu no cenário regional ao conquistar três títulos, a saber, a segunda divisão estadual em 2009 e o bicampeonato estadual da primeira divisão em 2010 e 2011, sem contar as participações nacionais na série D e Copa do Brasil dos últimos anos. Em contrapartida às conquistas do River Brasileiro, o mundo do futebol assistiu neste mesmo período a uma uma queda impressionante do River Plate, o gigante de los hermanos argentinos: o time foi rebaixado em 2011 no Campeonato Argentino. Inspirado no nome do primo rico, o River nordestino dá lição e já sonha com voos mais altos. Para tanto, está perto de contratar um jogador argentino cujo nome é guardado a sete chaves pelos dirigentes. Sabe-se apenas que já defendeu a equipe do Monumental de Nuñez. Trata-se uma potencial parceria por vir a ser melhor explorada futuramente..[5]

Copa do Brasil de 2011[editar | editar código-fonte]

O time do River Plate ganhou destaque nacional no dia 23 de fevereiro de 2011 quando enfrentou o Botafogo do Rio de Janeiro e ganhou deste na cidade de Aracaju pelo placar de 1 x 0, com gol de Bebeto Oliveira embalando a torcida local que compareceu em massa ao lotar o estádio Batistão para prestigiar o evento. Contudo, na partida de volta o time carioca descontou com o mesmo placar, numa atitude infeliz do juiz de validar o gol do Botafogo. Posteriormente foi comprovado pelas câmeras de transmissão que o gol, de fato, não ocorreu.[6] Sendo assim, a decisão da vaga ainda foi para os pênaltis. No entanto, nesta última etapa perdeu nos pênaltis episódio este que deu, precipitadamente, o avanço do Botafogo na competição e a revolta do time sergipano com a arbitragem.

Bicampeonato em 2011[editar | editar código-fonte]

O time de Carmópolis com a conquista do Sergipão 2011 alcançou mais uma façanha inédita na história do clube: o bicampeonato estadual. Com praticamente a permanência da base do mesmo grupo que conquistou o título no ano anterior, o River continua a mostrar a que veio pois já era, desde o início do referido campeonato, o principal favorito na disputa pelo título. Não é à toa que com seu projeto audacioso e estruturado de um futebol profissionalizante, de vanguarda a nível estadual, tem ganhado cada vez mais visibilidade e reconhecimento em âmbito nacional. Tal projeto vem sendo posto a tona para fazer do clube um grande concorrente para a Série D e também para o Tri-Campeonato Sergipano.

Elenco 2013[7][editar | editar código-fonte]

Escalação Base[8][editar | editar código-fonte]

Soccer.Field Transparant.png

10 Everton
5 Max
7 Claudinei
11 Leandro Kivel
8 Lelê
16 Marquinhos
4 Ney Carioca
6 Pedrinho
1 Pablo
2 Magno
3 Misael

LEGENDA:[9][10]

Captain: Atual Capitão

Goleiros
12 Brasil Júlio
23 Brasil Dênis
40 Brasil Rodrigo Cigano
TBA Brasil Ramiro
Zagueiros
14 Brasil Wallace
25 Brasil Thiago Papel
3 Brasil Misael
13 Brasil Thiago Melo
21 Brasil André
19 Brasil Tonhão
TBA Brasil Lucas
TBA Brasil Márcio
TBA Brasil Bira
Laterais
6 Brasil Pedrinho
29 Brasil Glauber
38 Brasil Deivinho
27 Brasil Pereira
Volantes
5' Brasil Marquinhos
35 Brasil Thiago
15 Brasil Allan Santos
35 Brasil Charles
8 Brasil Lelê
Meias
26 Brasil Rickson
5 Brasil Max Santos
10 Brasil Everton
32 Brasil Rodney
TBA Brasil Raulino
TBA Brasil Rivaldo
TBA Brasil Rosivaldo
TBA Brasil Marquinhos
TBA Brasil Wendell
Atacantes
18 Brasil Bebeto Oliveira
7 Brasil Claudinei
17 Brasil Fábio Júnior
Técnico
Brasil Dário Lourenço[11]


Saíram do clube[editar | editar código-fonte]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

Artilharia
Atleta Competição Ano Gols
Bibi Sergipe Campeonato Sergipano 2010 Gol marcado 9
Rafael Freitas Sergipe Campeonato Sergipano 2011 Gol marcado 8

Desempenho em Competições[editar | editar código-fonte]


Jogadores notáveis[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Cadastro Nacional de Estádios de Futebol (CNEF) - página 69» (PDF). Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 15 de setembro de 2009. Consultado em 2 de maio de 2010 
  2. «River prova que planejamento e estrutura podem dar certo. O time surpreendeu o futebol sergipano e ganhou espaço». Infonet. 9 de março de 2011. Consultado em 3 de abril de 2011 
  3. «Brasil Fora de Série: conheça a história do River Plate, do Sergipe». SporTV. 8 de fevereiro de 2011. Consultado em 16 de abril de 2011 
  4. «River Plate bom é o genérico, bicampeão em Sergipe.Enquanto o centenário argentino está perto da degola, genérico brasileiro comemora mais um título e planeja 'superclássico'». Lancenet. 6 de junho de 2011. Consultado em 11 de junho de 2011 
  5. «Após título, River de Sergipe quer jogador argentino e duelo com o Boca. Time de Carmópolis festeja o bi estadual cheio de planos enquanto o primo rico está ameaçado de rebaixamento na Argentina». Globoesporte. 6 de junho de 2011. Consultado em 11 de junho de 2011 
  6. «Com gol duvidoso e sofrimento, Bota se classifica nos pênaltis». Globo Esporte. 2 de março de 2011. Consultado em 29 de março de 2011 
  7. «Na luta pelo tricampeonato, River Plate-SE apresenta 28 jogadores Grupo começa os trabalhos de pré-temporada nesta terça-feira com o comando de Dário Lourenço. Dois nomes ainda devem ser apresentados». GE Sergipe. 3 de dezembro de 2012. Consultado em 4 de dezembro de 2012 
  8. GE Sergipe (5 de maio de 2012). «São Domingos e River-SE duelam por uma vaga na final do 2º turno.Coelho precisa de uma vitória simples. Ouro negro pode até empatar». Consultado em 6 de maio de 2012 
  9. «Júnior Maranhão, nova atração do River.». Emsergipe.com. 10 de junho de 2011. Consultado em 12 de junho de 2011 
  10. «Diretoria do River inicia preparativos para Série D.Campeão Sergipano de 2011 se prepara para disputar o Brasileiro Série D.». Emsergipe. 22 de junho de 2011. Consultado em 23 de junho de 2011 
  11. «River Plate anuncia contratação do técnico Luiz Carlos Cruz: treinador começa a trabalhar nesta segunda-feira e estreiará contra o Grêmio na Copa do Brasil.». GE Sergipe. 4 de março de 2012. Consultado em 4 de março de 2012 
  12. «River Plate é campeão da segunda divisão». Atalaia Agora. 22 de novembro de 2009. Consultado em 7 de maio de 2010 
  13. «River Plate contrata Cristiano Alagoano.Artilheiro está de volta ao futebol sergipano no River Plate». Infonet. 1 de abril de 2011. Consultado em 3 de abril de 2011 
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]