Sociedade Mont Pèlerin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portal
A Wikipédia possui o
Portal da economia.


A Sociedade Mont Pèlerin [1] (em francês Société du Mont Pèlerin, em inglês Mont Pelerin Society) é uma organização internacional fundada em 1947, composta por notáveis e respeitados intelectuais, filósofos, economistas e políticos de diversos países, reunidos em torno da promoção do liberalismo e de seus valores e princípios. A sociedade defende a liberdade de expressão, políticas econômicas de livre mercado e os valores políticos de uma sociedade aberta.

A sociedade foi fundada após uma conferência internacional organizada por Friedrich Hayek na localidade de Mont-Pèlerin, próxima à cidade Suíça de Montreux. Ela foi batizada em decorrência deste seu primeiro encontro, pois não tem sede em um país em específico e possui membros de diversos continentes e de diversas correntes do pensamento liberal.

Entre seus membros efetivos, inicialmente 50 e hoje em torno de 600, encontram-se oito ganhadores do Prêmio Nobel em economia, como Gary Becker, James Buchanan, Milton Friedman, Douglass North e Ronald Coase, além do fundador Hayek.

Do Brasil, o diplomata brasileiro José Osvaldo de Meira Penna é integrante da entidade há algumas décadas, assim como Henry Maksoud. Os outros membros brasileiros são Henri Chazan, Margaret Tse, Leonidas Zelmanovitz, Candido Prunes, José Luiz Carvalho, André Burger, Paulo Ayres, Márcio Chalegre Coimbra e Ricardo Gomes.

De Portugal, José Moreira é integrante da entidade.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]