Sofia de Mecklemburgo (1481–1503)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a rainha consorte da Dinamarca e Noruega, veja Sofia de Mecklemburgo-Güstrow.
Question book-4.svg
Este artigo cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sofia
Duquesa da Saxónia
Duquesa de Mecklemburgo
Duquesa da Saxónia
Reinado 1 de março de 1500
a 12 de julho de 1503
Antecessor(a) Isabel da Baviera, Eleitora da Saxónia
Sucessor(a) Margarida de Anhalt-Köthen
 
Marido João, Eleitor da Saxónia
Descendência João Frederico I, Eleitor da Saxônia
Casa Wettin
Mecklemburgo
Nascimento 18 de dezembro de 1481
  Wismar
Morte 12 de julho de 1503 (21 anos)
  Torgau, Eleitorado da Saxônia, Sacro Império Romano-Germânico
Pai Magno II, Duque de Mecklemburgo
Mãe Sofia da Pomerânia

Sofia de Mecklemburgo (em alemão: Sophie von Mecklenburg; 18 de dezembro de 1481Torgau, 12 de julho de 1503) foi uma nobre alemã. Era duquesa de Mecklemburgo por nascimento e princesa-eleitora da Saxónia por casamento.

Vida[editar | editar código-fonte]

Sofia era a terceira dos sete filhos de Magno II, Duque de Mecklemburgo, e da sua esposa, a princesa Sofia da Pomerânia.

A 1 de março de 1500, casou-se com o príncipe-eleitor João da Saxónia. Juntos, tiveram um filho:

Retábulo de Torgau

Sofia morreu pouco depois do nascimento do seu filho, antes de o seu marido se tornar príncipe-eleitor. Foi enterrada na Igreja de Santa Maria em Torgau. A sua sepultura em bronze foi feita por Peter Vischer, o Velho na sua oficina de Nuremberga, seguindo o desenho de Jacopo de' Barbari.

O seu viúvo e o irmão dele, Frederico, o Sábio fundaram um altar em honra dela. Foi dedicado a Santa Ana e aos Catorze santos auxiliares, e foi inaugurado a 18 de Julho de 1505. O cunhado de Sofia encomendou um retábulo a Lucas Cranach, o Velho. Acredita-se que um triplico que se encontra actualmente em exposição no Museu de Städel em Frankfurt e é conhecido como o Retábulo de Torgau , é esse mesmo retábulo.[1] Existe também outro quadro de Cranach, uma representação compacta dos Catorze Santos Auxiliares, que ficou em Torgau e se encontra colocado por trás da campa de Sofia.

Ascendência[editar | editar código-fonte]

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
16. Magno I, Duque de Mecklemburgo
 
 
 
 
 
 
 
8. João IV, Duque de Mecklemburgo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
17. Isabel da Poimerânia-Wolgast
 
 
 
 
 
 
 
4. Henrique IV, Duque de Mecklemburgo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
18. Érico IV, Duque de Saxe-Lauemburgo (=26)
 
 
 
 
 
 
 
9. Catarina de Saxe-Lauemburgo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
19. Sofia de Brunsvique-Luneburgo (=27)
 
 
 
 
 
 
 
2. Magno II, Duque de Mecklemburgo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
20. Frederico V, Burgrave de Nuremberga
 
 
 
 
 
 
 
10. Frederico I de Brandemburgo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
21. Isabel da Mísnia
 
 
 
 
 
 
 
5. Doroteia de Brandemburgo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
22. Frederico, Duque da Baviera-Landshut
 
 
 
 
 
 
 
11. Isabel da Baviera-Landshut
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
23. Madalena Visconti
 
 
 
 
 
 
 
1. Sofia de Mecklemburgo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
24. Barnim VI, Duque da Pomerânia
 
 
 
 
 
 
 
12. Vartislau IX, Duque da Pomerânia
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
25. Verônica de Hohenzollern
 
 
 
 
 
 
 
6. Érico II, Duque da Pomerânia
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
26. Érico IV de Saxe-Lauemburgo (=18)
 
 
 
 
 
 
 
13. Sofia de Saxe-Lauemburgo-Ratzeburg
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
27. Sofia de Brunsvique-Luneburgo (=19)
 
 
 
 
 
 
 
3. Sofia da Pomerânia-Estetino
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
28. Bogislau VIII, Duque da Pomerânia
 
 
 
 
 
 
 
14. Bogislau IX, Duque da Pomerânia
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
29. Sofia da Holsácia
 
 
 
 
 
 
 
7. Sofia da Pomerânia-Słupsk
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
30. Siemovit IV, Duque da Mazóvia
 
 
 
 
 
 
 
15. Maria da Mazóvia
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
31. Alexandra da Lituânia
 
 
 
 
 
 

Referências

  1. Eva Mongi-Vollmer: Meisterwerke im Städel Museum, Städel Museum, Frankfurt am Main, 2007, p. 90

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Friedrich Wigger: Stammtafeln des Großherzoglichen Hauses von Meklenburg, in: Jahrbücher des Vereins für Mecklenburgische Geschichte und Altertumskunde, vol. 50, 1885, p. 111-326 (Online)
  • Peter Findeisen, Heinrich Magirius (eds.): Die Denkmale der Stadt Torgau, in the series Die Denkmale im Bezirk Leipzig, Seemann, Leipzig, 1976
  • Ingetraut Ludolphy: Friedrich der Weise, Kurfürst von Sachsen. 1463–1525, Göttingen, 1984, ISBN 3-525-55392-7
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sofia de Mecklemburgo