Sojourner Truth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sojourner Truth
Sojourner Truth, cerca de 1870.
Nome completo Sojourner Truth
Nascimento 1797
Nova Iorque, Nova Iorque
Morte 26 de novembro de 1883 (86 anos)
Battle Creek
Nacionalidade Flag of the United States.svg (estadunidense)
Ocupação Ativista Política

Sojourner Truth, nascida Isabella Baumfree, (Swartekill, c. 1797 - Battle Creek, 26 de novembro de 1883) foi uma abolicionista afro-americana e ativista dos direitos das mulheres.[1] Ela foi a primeira mulher afro-americana a ter uma estátua no capitólio dos Estados Unidos.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Sojourner fugiu para o Canadá em 1827, levando com ela o seu filho mais novo. Em 1829 regressou a Nova Iorque, após a abolição da escravatura nesse estado. Durante mais de uma década trabalhou como empregada doméstica. Nesse período de tempo juntou-se a Elijah Pierson, dando sermões evangélicos nas ruas.

Mais tarde tornou-se uma oradora famosa na defesa do abolicionismo e dos direitos das mulheres, sendo particularmente lembrada pelo célebre discurso Ain't I a Woman?.

Em 1841 mudou-se para Northampton, no Massachusetts, juntando-se a uma comunidade utópica (a Northampton Association of Education and Industry). Quando a comunidade encerrou, ela permaneceu em Florence, no Massachusetts, onde trabalhou com Olive Gilbert na produção da auto-biografia Narrative of Sojourner Truth: A Northern Slave.

Em 1857, Truth mudou-se para o Michigan e, no local, continuou a defender os seus ideais. Depois da Proclamação de Emancipação ela mudou-se para Washington DC, onde conheceu o presidente Abraham Lincoln.

Em 1867 voltou para o Michigan e morreu na sua casa em Battle Creek, em 26 de novembro de 1883. Em 1983, ela passou a ser representada no Michigan Women's Hall of Fame.

Referências

  1. «Sojourner Truth». National Women's History Museum (em inglês). Consultado em 21 de setembro de 2021 
  2. «Sojourner Truth Bust Unveiled in Capitol». Roll Call (em inglês). 28 de abril de 2009. Consultado em 21 de setembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]