Soldagem por feixe de elétrons

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Soldagem por feixe de elétrons (citado na literatura como EBW, do inglês electron beam welding) é um processo de solda por fusão no qual um feixe de elétrons de alta velocidade é aplicado aos materiais sendo unidos. As peças em trabalho fundem devido a energia cinética dos elétrons se transformada em calor com o impacto, e o metal de preenchimento, se usado, também funde para formar parte da solda. A solda é frequentemente feita em condições de vácuo para prevenir dispersão do feixe de elétrons. O processo foi desenvolvido pelo físico alemão Karl-Heinz Steigerwald, que estava no período trabalhando em várias aplicações do feixe de elétrons, percebeu e desenvolveu a primeira máquina de solda de feixe eletrônico prática que começou a operar em 1958.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Schultz, Helmut (1993). Electron beam welding. [S.l.]: Woodhead Publishing/The Welding Institute : Cambridge, England. ISBN 1-85573-050-2