Solidariedade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Solidariedade (desambiguação).
Desenho representando a solidariedade entre as pessoas

Solidariedade é um ato de bondade e compreensão com o próximo ou um sentimento, uma união de simpatias, interesses ou propósitos entre os membros de um grupo:

  1. Cooperação mútua entre duas ou mais pessoas;
  2. Identidade entre seres;
  3. Interdependência de sentimentos, de ideias, de doutrinas.

Na sociologia, existe o conceito de solidariedade social, que subentende a ideia de que os seus praticantes se sintam integrantes de uma mesma comunidade e, portanto, sintam-se interdependentes.

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Solidariedade

O que forma a base da solidariedade e como ela é implementada varia entre as sociedades. Nas sociedades mais pobres, pode basear-se principalmente no parentesco e nos valores compartilhados, enquanto as sociedades mais desenvolvidas acumulam-se várias teorias sobre o que contribui para um senso de solidariedade, também chamada de coesão social.

O dia internacional da solidariedade é 20 de dezembro. A solidariedade também é um dos seis princípios da Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia[1] e também é mencionada na Declaração Universal de Bioética e Direitos Humanos,[2] mas sem conceito claramente definidos. À medida que a pesquisa e a produção de biotecnologia e aprimoramento biomédico aumentam, é importante a necessidade de definição distinta de solidariedade nas estruturas dos sistemas de saúde.

Referências

  1. SOLEMNE, P. et all. Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia. In: Jornal Oficial das Comunidades Europeias, 2000.acesso em 20 de janeiro de 2020.
  2. UNESCO. Declaração Universal sobre Bioética e Direitos Humanos. 2006. acesso em 20 de janeiro de 2020

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Almeida, João Carlos (1987). Teologia da Solidariedade (e-book). uma abordagem da obra de Gustavo Gutiérrez. São Paulo, SP: Loyola. 335 páginas. ISBN 85-15-03030-6. Consultado em 06 de Maio de 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]