Sonatas e Partitas para violino solo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os Seis solos para violino sem baixo de acompanhamento, mais conhecidos como Sonatas e Partitas para violino solo BWV 1001-1006, são um conjunto de seis obras compostas por Johann Sebastian Bach para violino solo, sendo três sonatas da chiesa, em quatro movimentos, e três partitas, ou suítes de danças.

O conjunto foi completado por volta de 1720, mas só foi publicado em 1802 por Nicolaus Simrock em Bonn. Mesmo após a publicação, foi amplamente ignorado até que o célebre violinista Josef Joachim começou a tocar essas obras. Hoje as Sonatas e Partitas são uma parte essencial do repertório para violino, e são freqüentemente executadas e gravadas, firmemente estabelecendo as capacidades do violino como um instrumento desacompanhado. As peças muitas vezes serviram como um modelo para as gerações seguintes de compositores.[1] [2]

Chacona da Partita para violino solo BWV 1004
Interpretada por Ben Goldstein

Referências

  1. Lester, Joel. Bach's works for solo violin: style, structure, performance. Oxford University Press US, 1999, p. 3-11]
  2. Breig, Werner. "The instrumental music". In: Butt, John. The Cambridge companion to Bach. Cambridge University Press, 1997p. 123-128