Sonho Americano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Para milhões de imigrantes que chegavam nos Estados Unidos para recomeçar suas vidas, a Estátua da Liberdade era a primeira visão que tinham do seu novo país.

O Sonho Americano (em inglês: American Dream) é um ethos nacional dos Estados Unidos, uma variedade de ideais que liberdade inclui a oportunidade para o sucesso e prosperidade, maior mobilidades social para as famílias e crianças, alcançada através de trabalho duro em uma sociedade sem barreiras. Na definição do que é o "Sonho Americano", por James Truslow Adams, em 1931, afirma que "a vida deveria ser melhor e mais rica e mais completa para todos, com oportunidades para todos baseado em suas habilidades ou conquistas", independente de sua classe social ou circunstâncias do nascimento.[1]

O sonho americano é enraizado na Declaração da Independência dos Estados Unidos, que proclamou que "todos os homens são criados iguais" com direito a "vida, liberdade e a busca pela felicidade".[2]

Referências

  1. Library of Congress. American Memory. "What is the American Dream?". Página acessada em 8 de julho de 2015.
  2. Kamp, David. (April 2009). "Rethinking the American Dream".