Sonic Forces

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sonic Forces
Logotipo do jogo
Desenvolvedora(s) Sonic Team
Publicadora(s) Sega
Plataforma(s) Nintendo Switch
Microsoft Windows
PlayStation 4
Xbox One
Série Sonic the Hedgehog
Data(s) de lançamento
Gênero(s) Plataforma
Modos de jogo Um jogador
Sonic Mania (2017)

Sonic Forces é um jogo eletrônico de plataforma desenvolvido pela Sonic Team e publicado pela Sega. Seu lançamento foi em 7 de Novembro de 2017 no mundo inteiro, e 9 de Novembro de 2017 no Japão. Lançado para Nintendo Switch, Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One[1][2]. Foi anunciado inicialmente como Project Sonic 2017[3], em julho de 2016.

Premissa[editar | editar código-fonte]

Como em Sonic Generations, o jogo contem duas versões de Sonic the Hedgehog: o Sonic Clássico, em que seu design é mais proeminente nos jogos do Sonic da Sega para o Sega Genesis, e o Sonic Moderno, que foi introduzido pela primeira em Sonic Adventure, com características na jogabilidade idealizadas em jogos como Sonic Colors e Sonic Unleashed. O terceiro tipo de jogabilidade consiste no controle de um "Avatar" (animal customizável, como um gato por exemplo).[4] O trailer apresenta duas equipas para assumir grandes robôs de Doutor Eggman que estão destruindo a cidade, em um cenário pós-apocalíptico com o slogan "Junte-se à resistência".

O Sonic Forces pode ser uma continuação de Sonic Mania (pelo fato do Sonic Clássico ter sido transportado pelo rubi), isso explica o porquê de este estar em Sonic Forces, para ajudar a derrotar o Eggman. Apresentado nos trailers, percebemos que Infinite (um chacal, personagem antagonista) é uma criação de Eggman e que ele usou o rubi para dar-lhe poderes e derrotar o Sonic, para finalmente "dominar" o mundo.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O jogo foi anunciado no aniversário de 25 anos da série pela Sega na San Diego Comic-Con em 22 de julho de 2016, juntamente com o anúncio de Sonic Mania.[4] O jogo fora desenvolvido por Sonic Team, a mesma equipe que desenvolveu anteriormente Sonic Colors e Sonic Generations, sendo liderado pela veterano da série Sonic, Takashi Iizuka.[5]A presença de ambos Sonic Clássico e Sonic Moderno levaram alguns jornalistas a acreditar que era uma sequela a Sonic Generations[6], mas Iizuka esclareceu que não era uma sequela, mas sim um título separado.[7] O jogo foi lançado para Microsoft Windows, Nintendo Switch, PlayStation 4, e Xbox One no final de 2017.[8] A trilha sonora do jogo foi composta pelo diretor de aúdio da série, Tomoya Ohtani.[9]. Durante a E3 2017, várias Gameplays do jogo nas versões de PS4 e Nintendo Switch foram reveladas, mostrando que no Xbox One e PS4 o FPS será 60, e no Switch será somente 30. Um trailer revelou oficialmente os vilões do jogo, Shadow The Hedgehog, Chaos, Zavok, e Metal Sonic, além de um novo antagonista chamado Infinite.

História[editar | editar código-fonte]

Após oa acontecimentos de Sonic Generations, o Dr. Eggman junto com sua versão do passado, acabam ficando presos numa dimensão vazia, após terem saído o Eggman (Atual) acaba se encontrando com uma criatura chamada "Infinite" que tem poder de controlar o tempo (Poder que lembra os poderes das Time Stones do Sonic CD) mas que usa para o mal, por isso o Dr. Eggman acaba tendo um plano para dominar o mundo e destruir o Sonic e seus amigos de uma vez por todas, assim Infinite se junta ao Eggman, depois disso Tails recebe um sinal de alerta que uma cidade estava sofrendo perigo por causa dos robôs gigantes e as máquinas do Dr. Eggman, por isso Sonic acaba indo à cidade para impedir o que tava acontecendo, quando Sonic chega ele percebe a cidade quase destruída mas que consegue destruir alguns robôs, nesse momento Tails aparece para ver se o problema e que os Animais estavam salvos, porém o Eggman aparece e Sonic tenta atáca-lo mas do nada aparece aparece o Shadow, Metal Sonic, Chaos (de Sonic Adventure), e Zavok (de Sonic Lost World) Ao mesmo momento o Infinite aparece na frente do Sonic, e usa os seus poderes para derrotar o Sonic, Sonic acaba desmaiando deixando Tails preocupado, assim o Eggman acaba capturando o Sonic e levá-o para sua Base Secreta, assim Eggman manda seus robôs atacarem os cidadãos da cidade, mas Tails tenta protéger-los, mas que felizmente no mesmo momento aparece no céu um portal temporal (o mesmo portal que levou o Sonic do passado para o futuro nos acontecimentos de Sonic Mania).

Recepção[editar | editar código-fonte]

O International Business Times elogiou a abordagem da Sega de anunciar e lançar a dupla Sonic Forces e Sonic Mania no mesmo ano, declarando que dar atenção aos novos fãs com Forces enquanto dá atenção aos fãs do jeito old-school com Mania pode ajudar a reparar a má reputação da série com os lançamentos mais recentes, e levar a uma "Renascença do Sonic".[10]

Referências

  1. «Confira o primeiro trailer de gameplay de Sonic Forces». IGN. 17 de março de 2017. Consultado em 17 de Março de 2017. 
  2. «Review de Sonic Forces». Kotaku. 6 de dezembro de 2017. Consultado em 6 de dezembro de 2017. 
  3. «Título oficial de Sonic Project 2017 é Sonic Forces». IGN. 17 de março de 2017. Consultado em 17 de março de 2017. 
  4. a b McWhertor, Michael (23 de julho de 2016). «'Project Sonic' coming to Nintendo NX, PS4, Xbox One and PC in 2017» (em inglês). Polygon. Consultado em 17 de março de 2017. 
  5. Osborn, Alex (25 de junho de 2016). «Sonic Team's New Project Releasing in 2017» (em inglês). IGN. Consultado em 17 de março de 2017. 
  6. Fahey, Mike (23 de julho de 2016). «And This Is Basically Sonic Generations 2». Kotaku (em inglês). Univision Communications. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  7. [1]
  8. Plessas, Nick (25 de julho de 2016). «Sonic the Hedgehog making a triumphant return to 3D—this time for real». Electronic Gaming Monthly (em inglês). EGM Media. Consultado em 17 de setembro de 2016. 
  9. Sato. «Project Sonic 2017 Revealed As Sonic Forces, Here's Its First Footage And Details». Siliconera. Consultado em 17 March 2017.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  10. Skipper, Ben (July 25, 2016). «Sega announces retro Sonic Mania and post-apocalyptic Project Sonic for 2017». International Business Times. IBT Media. Consultado em September 17, 2016.  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)