Sonic the Hedgehog 3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Setembro de 2010). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Sonic the Hedgehog 3
Capa norte-americana do jogo.
Desenvolvedora(s) Sega Technical Institute
Publicadora(s) Sega
Diretor(es) Hirokazu Yasuhara
Produtor(es) Yuji Naka
Designer(s) Takahiro Hamano
Takashi Iizuka
Compositor(es) Brad Buxer
Howard Drossin
Bobby Brooks
Doug Grigsby III
Jun Senoue
Tokuhiko Uwabo
Tomonori Sawada
Naofumi Hataya
Michael Jackson (Não creditado)[1]
Plataforma(s) Sega Mega Drive
Série Sonic the Hedgehog
Conversões/
relançamentos
Microsoft Windows, Virtual Console, Nintendo DS (Sonic Classic Collection), Xbox 360 (XBLA) e possivelmente para android no futuro.
Data(s) de lançamento

    Virtual Console:

    Xbox Live Arcade:
    Gênero(s) Plataforma
    Modos de jogo Um jogador, multijogador
    Sonic the Hedgehog CD (1993)
    Sonic & Knuckles (1994)

    Sonic the Hedgehog 3 ( ソニック·ザ·ヘッジホッグ3, Sonikku za Hejjihoggu Suri?) é um jogo de vídeo game desenvolvido pela Sega e publicado pela Sega para o Sega Genesis / Mega Drive como parte da série Sonic the Hedgehog. Foi lançado em 02 de fevereiro de 1994. O jogo é uma sequencia direta de Sonic the Hedgehog 2 : nele, a estação espacial de Dr. Robotnik, a Death Egg, cai nas terras de Angel Island, uma ilha flutuante, e Sonic e Tails devem segui-lo lá. Lá, o duo deve mais uma vez recuperar as Esmeraldas do Caos para parar o re-lançamento da Death Egg, e ao mesmo tempo, enfrentando o guardião da Master Emerald, Knuckles the Echidna.

    O Desenvolvimento do jogo começou logo após o lançamento de seu predecessor, em 1992; ele foi originalmente destinado a ser um jogo isométrico, semelhante ao que viria a ser o Sonic 3D Blast. No entanto, este conceito foi abandonado mais tarde durante o desenvolvimento pois a equipe não queria mudar a fórmula dos jogos de Sonic radicalmente para uma sequencia. O jogo está intimamente ligada à sua sequencia direta Sonic & Knuckles , já que os dois títulos foram originalmente desenvolvidos como um único jogo. Mas devido a limitações de tempo e os custos de cartuchos, a Sega obrigou-os a serem divididos em duas partes interligadas. Alguns re-lançamentos já incluem os dois juntos como Sonic 3 & Knuckles.

    Tal como aconteceu com os seus dois antecessores, o jogo foi um sucesso de crítica e comercial após o lançamento, com os críticos vendo-a como uma melhoria entre os jogos anteriores. O jogo vendeu 1,02 milhões de cópias no Genesis; apesar de que o coloca como um dos jogos mais vendidos do Sega Genesis de todos os tempos , junto com os seus antecessores, que foram ambos fornecidos com o Genesis em algumas regiões, haviam vendido um total combinado de 21 milhões. Desde o seu lançamento de 1994, o jogo foi re-lançado por várias compilações e versões digitais para várias plataformas, incluindo o Sonic Mega Collection para o GameCube e Sonic's Ultimate Genesis Collection para o PlayStation 3 e Xbox 360 .

    Foi também o primeiro jogo da série com possibilidade de salvar o progresso. O enredo foi muito bem feito exto a durabilidade felizmente te tecnologia lock-om Prever-se que vai ser remasterializado para ios e android.

    Enredo[editar | editar código-fonte]

    Após Sonic derrotar Dr. Robotnik no final de Sonic the Hedgehog 2 , a sua estação espacial, a Death Egg, cai em um arquipélago flutuante místico chamado Angel Island. Quando Robotnik começa a reparar a estação danificada, ele une-se a Knuckles the Echidna . Knuckles é o último membro sobrevivente de uma antiga civilização equidna que já habitaram a ilha (que mais tarde apareceria em Sonic Adventure), assim como o guardião da Master Emerald , que controla as Esmeraldas do Caos e concede a energia que faz a ilha flutuar.

    Sabendo que Sonic e Tails vão tentar rastreá-lo e perceberem que ele pode usar a Master Emerald para abastecer a estação, Robotnik engana Knuckles dizendo que Sonic está tentando roubar a Master Emerald. Pouco depois, Sonic e Tails em seu biplano, o Tornado , estão em busca de Robotnik. Sonic, possuindo as esmeraldas dos acontecimentos de Sonic the Hedgehog 2, se transforma em Super Sonic . Assim que chegam, Knuckles embosca o Sonic pelo subsolo e o acerta, fazendo as Chaos Emeralds cairem e ouriço volta a sua aparência normal. Knuckles rouba as Emeraldas e desaparece no interior. Sonic e Tails viajam através dos níveis para deter Robotnik, mas eles freqüentemente se deparam com Knuckles, que dificulta o seu progresso com várias armadilhas.

    Na Zona Launch Base, Sonic usa um Egg-O-Matic reserva para viajar para a Death Egg, e acaba encontrando Knuckles em uma viga. Como de costume, Knuckles tenta parar Sonic, mas é derrotado quando o relançamento da Death Egg causa um colapso na viga onde Knuckles estava, fazendo o equidna cair na água. Sonic continua a um deck sobre a Death Egg, onde ele luta e derrota a máquina Big Arm de Robotnik. A Death Egg fica danificada e cai para fora da órbita, depois do qual ela explode.

    Novidades[editar | editar código-fonte]

    Sonic the Hedgehog 3 trouxe grandes novidades na jogabilidade. Uma delas está nos escudos. Ao invés de ser um único escudo, agora são três tipos de escudos, que agora possuem uma função maior do que apenas a função de proteção. Os três tipos de escudo são os escudos de fogo (Flame Shield, que protege Sonic de ataques de fogo), de água (Water Shield, que permite que Sonic respire por baixo d'água), e elétrico (Thunder Shield, que possui propriedades magnéticas, com a propriedade de atrair anéis em direção a Sonic, além de protegê-lo de ataques elétricos). Nesse jogo, os escudos possuem uma proteção mais eficaz que nos outros jogos, uma vez que projéteis e objetos pontiagudos (que normalmente machucariam Sonic e o fariam perder seus anéis) são rebatidos pelos escudos, quaisquer sejam eles.

    Os escudos garantem a Sonic (e somente a Sonic) habilidades especiais que são executadas quando se aperta o botão de pulo quando se está no ar. Com o Flame Shield, Sonic é impulsionado para a frente, como se fosse uma bola de fogo; com o Water Shield, Sonic ficará quicando no chão; com o Thunder Shield, Sonic aplicará um pulo duplo. Sonic, sem escudos, também possui uma habilidade chamada Insta - Shield, na qual ao pressionar o botão de pulo duas vezes, Sonic cria uma espécie de escudo instantâneo por cerca de um segundo, que devasta os inimigos que estão por perto.

    Nesse jogo, Tails também está presente. E, ao contrário do que acontece Sonic 2, é possível controlar o voo de Tails. Para tal, basta pressionar o botão de pulo duas vezes e Tails sairá voando. Mas tome cuidado, pois o fôlego de Tails é limitado - após cerca de 10 segundos Tails se cansa e acaba voltando ao chão. Ainda há a possibilidade de carregar Sonic, para tal basta voar em cima do próprio. Dentro de água, é possível fazer com que Tails nade também, onde as condições são as mesmas do voo.

    Os estágios especiais também estão presentes, desta vez sendo acessados durante as fases por meio de anéis gigantes escondidos pelas fases. O Blue Sphere consiste em uma sala em Pseudo 3D, onde a missão (como o nome diz) é coletar todas as bolas azuis da fase, num cenário onde existem bolas azuis, vermelhas, amarelas e brancas com uma estrela no meio. As bolas vermelhas devem ser evitadas ao máximo, pois se você tocá-las, sai da a fase imediatamente (tocar nas bolas azuis elas viram vermelhas também). As brancas servem como rebatedoras e as Amarelas fazem o personagem pular. Ao coletar as bolas azuis em formatos quadrilaterais de 3 ou mais bolas, as esferas são convertidas em anéis. Ao coletar todos os anéis de um estágio especial, o jogador ganhará o Bonus Perfect - 50.000 em pontuação (e consequentemente um Continue). Ao coletar todos as esmeraldas, Sonic poderá se transformar em Super Sonic, sua forma mais poderosa, invencível e indestrutível, gastando um anel por segundo. Para acessar tal forma, basta apertar o botão de pulo quando Sonic tiver, no mínimo, 50 anéis. Super Sonic só morrerá se for esmagado, se cair para fora da plataforma, se ficar na água por muito tempo e afogar(a não ser que esteja com o Water Shield) ou se o tempo atingir os 10 minutos. Curiosamente, mesmo se Sonic tiver as 7 esmeraldas e os 50 anéis, ele não se transformará na sua forma Super se estiver com algum escudo, ele só se transforma se não tiver nenhum escudo, além das condições acima.

    Ainda há a existência de uma fase bônus, que é acessada pelos postes checkpoint, se possuir, no mínimo, 50 anéis. O Gumball Machine consiste em uma espécie de máquina de chicletes rodeada por molas, além de uma catapulta no fundo. A máquina projeta bolinhas que possui várias funções, desde criar escudos (esferas com uma letra B no meio - o escudo varia de acordo com a cor da esfera, azul: Water Shield; vermelho: Flame Shield; amarelo: Thunder Shield), moedas (esferas cinzas com um anel no meio), e vidas (esferas rosas).

    Os chefes também estão remodelados, sendo que agora há a presença de um chefe no ato 1 também, que serve como um vice-chefe, sendo uma máquina criada por Robotnik e no ato 2 uma máquina operada pelo próprio Dr. Robotnik. Um bug do jogo faz com, no 1º ato da 2ª fase, soe no fundo a música da batalha contra Robotinik (sendo que esse bug é corrigido quando se joga o Lock - On Sonic 3 com Sonic & Knuckles).

    O jogo mostra uma continuidade melhor que os seus antecessores, uma vez que o ato 2 das fases começa no mesmo lugar que o ato 1 terminou, sendo possível continuar a fase com o mesmo escudo de antes, além de de mostrar pequenas cutscenes de como Sonic é lançado na fase seguinte (por exemplo, após derrotar o chefão do ato 2 da Hydrocity, surge um jato d'água gigantesco que "o joga" na fase seguinte, Marble Garden). Sonic 3 é considerado pelos fãs um jogo mais profundo e o melhor da série, principalmente se estiver combinado com Sonic & Knuckles, formando Sonic 3 & Knuckles.

    Competition[editar | editar código-fonte]

    Em Sonic 3 existe um modo para dois jogadores enfrentarem, o Competition (que significa "Competição"). São 5 curtas fases que não existem no jogo, de velocidade, onde o vencedor é quem completa 5 voltas na fase primeiro. Existem 3 submenus: Grand Prix, Match Race e Time Attack. Em Grand Prix os jogadores jogam todas as fases, Match Race é apenas uma corrida em uma fase e Time Attack, onde se deve terminar a fase no menor tempo possível, apenas para um jogador. Knuckles também está disponível para jogar nesse modo.

    As fases existentes são:

    • Azure Lake (Lago Azul)
    • Balloon Park (Parque dos Balões)
    • Chrome Gadget (Engrenagem Croma)
    • Desert Palace (Palácio do Deserto)
    • Endless Mine (Mina Infinita)

    Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

    As Comparações das músicas do jogo com as de Michael Jackson[editar | editar código-fonte]

    Há indícios de que a SEGA havia contratado o astro pop Michael Jackson para compor as músicas do jogo. Primeiro, o aparecimento de um jogo tendo Jackson como personagem principal, o que comprovaria que ele realmente estava de acordo com a empresa. Depois, a incrível semelhança entre músicas do game e músicas lançadas por Michael nessa época.

    A música da fase Carnival Night possui acordes e melodia parecida com a de Jam, do álbum de 1991 Dangerous. A de Ice Cap, por sua vez, se jogada em um ritmo mais lento, se assemelha a Who Is It, também de Dangerous. A dos créditos finais, por fim, é muito parecida com Stranger In Moscow, do álbum/coletânea de 1995 HIStory. Ainda, no jogo, é possível identificar alguns dos famosos "woow" do cantor na música-tema dos chefes do primeiro ato, e um fundo vocal de Michael na música de Launch Base.

    A razão da saída de Michael Jackson do projeto, segundo a teoria, seria a as falsas acusações de pedofilia sofridas pelo cantor, no final de 1993.

    Entretanto, de acordo com uma mensagem no site VGMdb, citando a revista francesa Black & White, o compositor Brad Buxer confirmou que Michael Jackson trabalhou na trilha sonora de "Sonic the Hedgehog".

    "Eu nunca joguei o game, então não sei quais trilhas feitas por Michael e eu os desenvolvedores mantiveram, mas compusemos músicas para o game", afirma Buxer, que é um dos compositores creditados no game.

    "Michael me chamou na época para ajudá-lo nesse projeto, e foi o que fiz. E se ele não foi creditado por ter composto a música, é porque ele não estava feliz com o som que vinha do console. Naquela época, os consoles de games não permitiam uma reprodução ideal do som, e Michael achou isso frustrante. Ele não queria ser associado a um produto que desvalorizasse sua música", conta.

    Sonic & Knuckles[editar | editar código-fonte]

    Sonic 3 é completado se tornando um jogo mais poderoso quando acoplado ao cartucho "Sonic & Knuckles" que possuí uma fenda para tal finalidade. Ao conectar o cartucho forma-se o jogo "Sonic 3 & Knuckles". Uma das teorias possíveis e mais prováveis sobre Sonic 3, indicaria que a princípio o Sonic 3 era um jogo inteiro inclusive contando com a parte que há no cartucho Sonic & Knuckles, porém foi dividido em cartuchos distintos com lançamentos em datas diferentes com objetivo de estratégia comercial. Uma das possíveis provas deste fato é que, quando se acessa a seleção de fases do jogo, aparece na lista de fases os nomes de fases de Sonic & Knuckles como Flying Battery, Mushroom Valley (posteriormente alterada para Mushroom Hill), Sandopolis, Lava Reef, Sky Sanctuary, Death Egg e The Doomsday Zone.

    Outro fato curioso é que, em Sonic 3, os caminhos utilizados pelo Knuckles como vias alternativas estavam todos existentes no cartucho, embora se acessados pelo Sonic usando algum truque estavam ou incompletos, ou sem chefe. O que significa que a fusão com o Sonic & Knuckles e a utilização destes caminhos já estava absolutamente planejada desde quando Sonic 3 foi lançado.

    Recepção[editar | editar código-fonte]

    Como seus antecessores, Sonic 3 recebeu críticas fortemente positivas após o lançamento, com uma pontuação de 89% na avaliação agregadora do GameRankings . Comentários de relançamentos posteriores foram ligeiramente menos positivos; seu lançamento Xbox 360 tem pontuação de 78% e 79% no GameRankings e Metacritic , respectivamente. Alguns críticos, como Adam Ghiggino de PALGN , sentiram que o jogo tinha sido insuficientemente adaptado para seus relançamentos; Dan Whitehead da Eurogamer desejou co-op online havia sido implementada. Frank Provo da GameSpot e Lucas M. Thomas da IGN desejou Sega tinha relançado o jogo e seu sucessor juntos como Sonic 3 & Knuckles vez.

    Os críticos geralmente sentem que Sonic 3 foi o melhor jogo da série até agora. Andrew Humphreys da Hiper , que se declarou não um fã do Sonic, disse que era "sem dúvida" o melhor da série, incluindo o aclamado mas obscuro Sonic CD , embora ele admitiu ter preferido os  estágios especiais do Sonic 2 por uma pequena margem. Sega Magazine , no entanto, afirmou que Sonic 3 tem fases melhor especiais e não foi apenas superior à Sonic 2 como um todo, mas seria "um sério candidato a melhor jogo de plataformas alguma vez o prêmio". A Sega Power escreveu que apesar de seu ceticismo, eles viram o game como "excelente" e facilmente "o mais explorável e jogável" na série. A Electronic Gaming Monthly também compararam Sonic 3 favoravelmente para o Sonic 1 , 2 , e CD e concedeu o prêmio de "Game of the Month ". Mais tarde, eles classificaram o jogo como o número 1 do EGM Hot 50, indicando que ele recebeu a maior pontuação média de qualquer jogo que tinham revista no ano anterior. Thomas da IGN afirmou que Sonic 3 " completou a trilogia como o melhor de todos eles." Whitehead, no entanto, considerou Sonic & Knuckles superior.

    Alguns críticos sentiram que Sonic 3 tinha inovado muito pouco em relação aos jogos anteriores do Sonic. Humphreys da Hiper viu apenas "alguns novos recursos", enquanto a Sega Power disse que não era "tão diferente" e o escritor da Nintendo Life Damien McFerran disse que "não há um monte de novos elementos aqui para o jogo ser brutalmente franco ". Provo afirmou que a adição mais importante do jogo foi o seu sistema de defesa. No entanto, ele e a Electronic Gaming Monthly disseram que também gostaram mais dos novos power-ups. Muitos aspectos do nível de design do jogo foram elogiados pela Electronic Gaming Monthly e a Sega Power. gostamos das fases do jogo expansivo, das áreas secretas, muito menos nível de design linear, e dificuldade. Mean Machines também concordou, descrevendo o jogo como "um passeio de montanha-russa do início ao fim" e listando Carnival Night como o seu nível favorito, que eles descreveram como "provavelmente a parte mais divertida da programação dos jogos na história do Mega Drive". Humphreys e Mean Machines senti que o jogo foi demasiado curto, mas eles e a Sega Magazine sentiu que a sua modo de dois jogadores e a coleta das esmeraldas iria prolongar significativamente do título valor de replay . Por outro lado, Whitehead disse que os grandes tamanhos dos cenários iria manter os jogadores suficientemente absortos. Sega Magazine também se ter a possibilidade de jogar como Knuckles no modo para dois jogadores.

    Os visuais foram muito bem recebidos. Humphreys descrito Sonic 3 como "um dos jogos mais bonitos ao redor" e cheio de "novos truques visuais chamativos", destacando ascensão do Sonic até tubos e espiral vias como particularmente inventiva. [ 51 ] Sega Revista exclamou que seus gráficos eram "brilhante" mesmo para um sonic título, [ 53 ] enquanto Provo elogiou os "elaborar" planos de fundo. [ 20 ] Mean Machines pensou da mesma forma, dando um elogio especial para rolagem rápida da câmera, a diversidade dos temas nível, eo "chunkier, mais detalhada" overall estética. [ 52 ] Thomas e Provo especialmente se o uso de cutscenes sem palavras para criar uma história coerente e tematicamente ligar as zonas. [ 2 ] [ 20 ] McFerran, no entanto, senti que o visual foi depreciado, particularmente do sprite do Sonic "dumpier" e "as infames texturas 'Dotty'".

    Os efeitos sonoros e música também foram bem recebidos, embora um pouco menos do que o visual. A Sega Magazine descreveu-o como "brilhante" e "muito superior" ao Sonic 2. A Mean Machines afirmou que todos os níveis tinham "grande tunes "e efeitos sonoros e, particularmente, elogiou o acabamento musical do jogo. No entanto, Humphreys descreveu o som como "Sonicky ... com a ênfase na 'nojento'"; ele também achou as trilhas sonoras surpreendentemente similares a dos dois primeiros jogos do Sonic '. Thomas disse que a música era "impressionante", mas não é bem a par com Sonic 2.

    O jogo já vendeu 1,02 milhões de cópias no Sega Genesis em Dezembro de 2007. Enquanto as vendas do Sonic 1 foram estimadas em 15 milhões e do Sonic 2 em 6 milhões, Sonic 3 , ao contrário destes dois, não foi incluído com o console Genesis. No entanto, Sonic 3 ainda é classificado como um dos jogos mais vendidos do Mega Drive de todos os tempos . A revista Mega classificou como o quinto melhor jogo do Genesis já visto em Novembro de 1994. Em 2014, A GamesRadar classificou Sonic 3 & Knuckles como o sétimo melhor jogo do Genesis; Jeremy Parish da US Gamer classificou como o oitavo título combinado em uma lista semelhante em 2013.

    Referências

    1. James Montgomery (4 de setembro de 2009). «Did Michael Jackson Compose 'Sonic The Hedgehog 3' Soundtrack?» (em inglês). MTV.com. Consultado em 13 de outubro de 2010. 
    Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.