Sopedu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sopedu
deus do céu e das regiões fronteiriças orientais
Outro(s) nome(s) Septu, Sopedu.
Nome nativo
M44G43
Local de culto Per-Sopedu e península do Sinai
Símbolo Machado, lança, Mangual e pena dupla
Cônjuge(s) Quensite
Portal:Egito

Sopedu (em egípcio: Sopdu) ou Sepetu (em egípcio: Septu) era um deus do céu e das regiões fronteiriças orientais na antiga religião egípcia. Ele era o marido de Quensite. [1]

Como um deus do céu, Sopedu estava conectado com o deus , a personificação da constelação de Orionte, e a deusa Sótis, representando a estrela Sirius. De acordo com alguns textos o deus se fundiu com Hórus, tornando-se Hórus-Sopedu, além das deuses Osíris e Ísis, sendo Osíris-Sá e Ísis-Sopedete. [1]

Como deus do leste, dizia-se que Sopedu protegia os postos avançados egípcios ao longo das fronteiras e ajudava o faraó a controlar os habitantes estrangeiros dessas regiões. Ele foi referido como Senhor do Oriente, e teve seu maior centro de culto no nome mais oriental do Baixo Egito, que foi nomeado Per-Sopedu, que significa Lugar de Sopedu. Ele também tinha santuários em assentamentos egípcios na península do Sinai, como as minas de turquesa em Serabite Cadim. [1]

Referências

  1. a b c Wilkinson, Richard H. (2003). The Complete Gods and Goddesses of Ancient Egypt. Thames & Hudson. p. 211