Sophos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sophos
Slogan Segurança Simples
Tipo Privada
Indústria Segurança de Computadores
Fundação 1985
Pessoas-chave Kris Hargerman, CEO
Empregados mais de 1500
Produtos Sophos Endpoint Security and Control
Sophos Anti-Virus
Sophos PureMessage
Sophos Client Firewall
Sophos Email Appliance
Sophos Web Appliance
Sophos Control Center
Sophos Enterprise Console
Sophos Anti-Rootkit
Sophos UTM
Sophos SafeGuard Easy
Sophos SafeGuard Enterprise
Sophos SafeGuard LAN Crypt
Sophos SafeGuard Mail Gateway
Sophos SafeGuard Port Protector
Página oficial sophos.com

A Sophos é uma desenvolvedora e fornecedora de software e de hardware de segurança, incluindo antivírus, anti-spyware, anti-spam, controle de acesso de rede, software de criptografia e prevenção de perda de dados para desktops, servidores para proteção de sistemas de e-mail e filtragem para gateways da rede.

A SophosLabs é a rede global de centros de análise de ameaças da empresa.

Perfil da Empresa[editar | editar código-fonte]

Fundada em 1985 pelo Dr. Peter Lammer e o Dr. Jan Hruska, Sophos é uma empresa privada e co-sediada em Abingdon, Oxfordshire, Inglaterra e Burlington, Massachusetts, Estados Unidos. A empresa tem subsidiárias e escritórios na Australia, Benelux, Canadá, França, Alemanha, Austria, Itália, Japão, Singapura e Espanha. A empresa tem aproximadamente 1.800 funcionários em todo o mundo.

Ao contrário de outras empresas de segurança, a Sophos não produz antivírus e soluções anti-spam para usuários domésticos, mantendo seu foco sempre no mercado empresarial.

O motor Sophos de antivírus e identidades são empacotados em Webroot Spy Sweeper com o antivírus.

História da Empresa[editar | editar código-fonte]

Durante os primeiros anos no final dos anos 1980 e na década de 1990 Sophos cresceu de forma constante, embora seja principalmente no Reino Unido, vendendo uma variedade de tecnologias de segurança, incluindo ferramentas de criptografia ainda amplamente utilizado na comunidade bancária. No final da década de 1990, confrontados com a desaceleração do crescimento e da redução do lucro, a Sophos concentrou seus esforços em vendas de tecnologia antivírus e embarcou em um ambicioso programa de expansão internacional, durante o qual as operações das subsidiárias foram formados e a transição para a venda com os parceiros foi feito. O rápido crescimento e geração de caixa saudável habilitou a Sophos a criar uma marca reconhecida mundialmente, bem como instalações da sede melhoraram no Reino Unido. Com uma base sólida de caixa continuou o crescimento sustentado e também permitiu a aquisição de novas tecnologias para ampliar o roadmap de produtos, até que em 2005 a Sophos foi amplamente conhecida como um concorrente importante no mercado de TI segurança.

De setembro de 2003 a fevereiro de 2006, a Sophos foi proprietária da empresa ActiveState, uma desenvolvedora de ferramentas de programação para uma linguagem dinâmica de programação. Em fevereiro de 2006, a ActiveState tornou uma empresa independente, quando foi vendida a uma empresa de investimento de Vancouver, Pender Financial.

Em 2006, o CEO, Steve Munford foi nomeado pela Sophos, e Hruska e Lammer anunciaram que iriam permanecer como co-fundadores e membros do conselho de administração. Munford foi presidente da ActiveState antes de sua aquisição pela Sophos em 2003, e de 2003 a 2005 foi presidente das operações da Sophos na América do Norte. Em 2005, ele se tornou chefe de operações, responsável pelo dia-a-dia da empresa junto com sua equipe de gerenciamento sênior. Munford possui bacharel em economia pela Universidade de Western Ontário e um MBA pela Queen's University.

Em 2007, a Sophos adquiriu a ENDFORCE, empresa com sede em Ohio, EUA, que desenvolvia e comercializava um software de cumprimento de políticas de seguranças e controle de acesso a rede (NAC).

Em julho de 2008, a Sophos anunciou sua intenção de adquirir Utimaco Safeware AG.[1]

Em outubro de 2008, a Sophos foi nomeada um dos Top 100 empregadores do Canadá pela Mediacorp Canada Inc., e foi apresentada na Maclean's Newsmagazine. Mais tarde, naquele mês, a Sophos também foi nomeada um dos Melhores Empregadores BC pela The Vancouver Sun, The Province, e pela Victóry Times-Colono.[2]

Em janeiro de 2009, a Sophos anunciou cortes de emprego de cinco por cento de sua força de trabalho, incluindo 30 na sede da empresa em Abingdon [3]

Em julho de 2009, a Sophos concluiu a integração com a Utimaco Safeware AG [4]

Em outubro de 2009, a Sophos lançou Sophos Endpoint Security and Control 9, Sophos Enterprise Console 4 e Sophos Control Center 4.

Em maio de 2010, a Sophos chegou a um acordo definitivo para vender uma participação majoritária na companhia para a Apax Partners, um grupo global de private equity [5]

Em novembro de 2010, a Sophos anunciou cortes de emprego de cerca de sete por cento de sua força de trabalho em resposta ao baixo crescimento em relação ao esperado no primeiro semestre de 2010 [6]

Em Maio de 2011, a Sophos anunciou que tinha feito um acordo para aquisição da Astaro, um provedor privado de soluções de segurança de rede, estabelecida em Wilmington, Massachusetts, USA e Karlsruhe, Alemanha.

Em Abril de 2012, a Sophos adquiriu a DIALOGS, empresa privada que provê soluções de gerenciamento de dispositivos móveis, estabelecida na Alemanha.

História da Empresa no Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, a Sophos iniciou a operação de comercialização de seus produtos em 2009.

A empresa possui suporte oficial no Brasil, em português, para toda a sua linha de produtos.

Atualmente, a distribuição é realizada pela M3Corp e também pela CLM.

Pesquisa[editar | editar código-fonte]

Especialistas SophosLabs analisaram a propagação global de mensagens de spam. Como parte da rede global de monitoramento de spam da Sophos, os filtros de spam da companhia, instalados em diferentes empresas, foram capazes de captar as mensagens de spam. Assim como especialistas SophosLabs foram capazes de descobrir que, durante o terceiro trimestre de 2007 os EUA estavam no topo da lista dos 12 países dos quais spam foram enviados. Os Estados Unidos registraram 28,4% do spam mundial. Em segundo lugar veio a Coreia do Sul, com 5,2% do spam mundial.[7]

Produtos[editar | editar código-fonte]

  • Sophos Endpoint Security and Data Protection
    • Sophos Anti-Virus
    • Sophos Client Firewall
    • Sophos Disk Encryption
    • Enterprise Console
  • PureMessage (para UNIX, Microsoft Exchange, e Lotus Domino)
  • Sophos Email Appliance
  • Sophos Web Appliance and Security Management Appliance
  • Sophos para Microsoft SharePoint
  • Sophos Safeguard
    • Safeguard Enterprise
    • Safeguard Device Encryption
    • Safeguard Data Exchange
    • Safeguard Encryption for Cloud Storage
    • Safeguard Partner Connect Bitlocker Client
    • Safeguard Enterprise Middleware
    • Safeguard Easy
    • Safeguard Disk Encryption for Mac
  • SAV Interface
  • Sophos Mobile Control
  • Antivirus para Mac
  • Sophos UTM

Referências[editar | editar código-fonte]

Links externos[editar | editar código-fonte]