Sour (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Sour
Capa da edição padrão.
Álbum de estúdio de Olivia Rodrigo
Lançamento 21 de maio de 2021 (2021-05-21)
Gravação 2020–2021
Estúdio(s)
Gênero(s)
Duração 34:41
Formato(s)
Gravadora(s) Geffen
Produção Dan Nigro
Singles de Sour
  1. "Drivers License"
    Lançamento: 8 de janeiro de 2021
  2. "Deja Vu"
    Lançamento: 1 de abril de 2021
  3. "Good 4 U"
    Lançamento: 14 de maio de 2021

Sour (estilizado em letras maiúsculas) é o álbum de estreia da cantora estadunidense Olivia Rodrigo, lançado em 21 de maio de 2021 através da Geffen Records. O álbum foi desenvolvido durante a quarentena da pandemia de COVID-19, com a produção sendo realizada por Dan Nigro, que co-escreveu o álbum ao lado de Rodrigo. Originalmente planejado ser um EP, Sour foi lançado como álbum após do sucesso do single de estreia de Rodrigo, "Drivers License".

Inspirado nos gêneros, cantores e compositores favoritos de Rodrigo, Sour é principalmente um disco pop e rock alternativo que incorpora pop punk e baladas bedroom pop. Seu tema gira em torno da adolescência, romances trágicos e mágoas. Ela disse que o álbum explora os perigos e descobertas de Rodrigo aos 17 anos, com seu título se referindo à desconfortável experiência juvenil "azeda", mas muitas vezes são criticados, como raiva, ciúme e infelicidade. Sour recebeu elogios da crítica musical, que o considerou um álbum de estreia impressionante e elogiou a versatilidade musical de Rodrigo, letras honestas e apelo da Geração Z.

Três singles procederam o lançamento de Sour, todos os quais alcançaram o top 10 da Billboard Hot 100 dos Estados Unidos. O primeiro single, "Drivers License", conquistou sucesso global e estreou no topo da Hot 100, impulsionando Rodrigo para o mainstream. Foi seguido por "Deja Vu", que alcançou a posição 3 na parada, e "Good 4 U" marcou o segundo single do álbum a chegar ao topo da Hot 100. Isso fez de Rodrigo a primeira artista da história a estrear seus dois primeiros singles no top 10 da Billboard Hot 100, e Sour o primeiro álbum de estreia da história a incluir duas estreias em primeiro lugar da parada. Além disso, "Traitor" alcançou o nono lugar, marcando a quarta entrada no top 10 da Hot 100. Sour estreou no topo da Billboard 200 dos EUA com a melhor semana de estreia de um álbum em 2021 e alcançou o número um em muitos outros países, como Austrália, Canadá, Irlanda, Nova Zelândia e Reino Unido. Ele quebrou o recorde global do Spotify para a maior semana de estreia de um álbum por uma artista feminina.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Olivia Rodrigo é uma cantora, compositora e atriz norte-americana, mais conhecida por seus papéis principais na série de comédia Bizaardvark (2016-2019) do Disney Channel e na série do Disney+, High School Musical: The Musical: The Series. Ela gravou canções para a trilha sonora deste último, incluindo "All I Want", que recebeu uma certificação de ouro da Recording Industry Association of America.[1][2] Em 2020, Rodrigo assinou contrato com a Geffen Records com a intenção de lançar seu primeiro EP em 2021.[3] O compositor e produtor norte-americano Daniel Nigro foi sugerido por um amigo para ouvir as canções de Rodrigo na trilha sonora. Nigro ficou "completamente encantado" e entrou em contato com Rodrigo via Instagram, oferecendo-se para trabalhar com ela. Os dois tiveram uma reunião para se conhecerem, logo após a qual a pandemia de COVID-19 impactou os Estados Unidos. Eles começaram a colaborar depois de descobrir maneiras de trabalhar com segurança isoladamente.[4][5] Ela lançou seu primeiro single "Drivers License", produzido por Nigro, em 8 de janeiro de 2021, para sucesso comercial e crítica. A Billboard declarou o single uma das canções mais dominantes na história da Hot 100.[6]

Rodrigo começou a especular um single de acompanhamento arquivando suas antigas postagens no Instagram e postando teasers enigmáticos em suas contas de nas redes sociais no final de março de 2021;[7] em 29 de março, ela anunciou que se chamaria "Deja Vu", e definiu uma data de lançamento para três dias depois, garantindo aos fãs que o anúncio não era uma piada do Dia da Mentira.[8][9] Rodrigo revelou a capa da canção no mesmo post.[10] Seguindo sua ascensão ao destaque, Rodrigo afirmou que ela lançaria um álbum de estúdio em vez de um EP,[1] depois de se sentir insatisfeita com um projeto mais curto, quando apenas um álbum completo pode ser "verdadeiramente reflexo do que [ela] pode fazer."[11]

Concepção[editar | editar código-fonte]

Eu quero que [Sour] seja super versátil. Meu sonho é que seja uma intersecção entre pop mainstream, folk e rock alternativo. Eu amo a composição, o lirismo e as melodias da música folk. Eu amo a tonalidade do rock alternativo. Obviamente, sou obcecada por pop e artistas pop. Então, vou tentar pegar todas as minhas influências e inspirações e fazer algo que eu gosto.
— Rodrigo na direção do álbum, Nylon[12]

Rodrigo descreveu sua ambição para seu projeto de estreia, Sour, com um trabalho "super versátil" que mistura principalmente gêneros pop mainstream, folk e rock alternativo[12] ao lado de elementos do pop punk, country e grunge.[13] Ela afirmou que é inspirada nos trabalhos de suas cantoras e compositoras favoritas, como Alanis Morissette, Taylor Swift, Kacey Musgraves,[14] e o som de atos de rock como No Doubt e the White Stripes. Rodrigo também citou os gostos musicais de sua mãe Jennifer como uma influência, pois foi ela quem introduziu a jovem Rodrigo ao metal, punk e rock alternativo dos anos 1990.[11]

A visão de Rodrigo para as letras do álbum era explorar uma variedade de emoções "azedas" pelas quais as jovens "muitas vezes são envergonhadas", como raiva, ciúme e tristeza. O título do álbum refere-se ao conceito de "coisas incríveis" na vida de Rodrigo "progressivamente azedando" à medida que envelhece, representando uma "parte" específica de sua vida quando tinha 17 anos, "suas dores crescentes e descobertas surpreendentes".[15] De acordo com Rodrigo, a palavra "azedo" tem tantos significados diferentes e ela tentou escrever uma canção intitulada "Sour" por um longo tempo, mas não teve sucesso em fazê-lo, fazendo-a perceber que é um tropo "abrangente" que cobriu a porção azeda de sua vida.[16] Em entrevista à Billboard, Rodrigo contou que tentou equilibrar as canções "azedas" de seu álbum de estreia com algumas canções de amor, a fim de evitar ser a "a garota do coração partido"; no entanto, ela eventualmente abandonou a ideia, para preservar sua autenticidade como compositora. Ela afirmou que o amor e a felicidade não eram as emoções que sentia ao fazer o álbum.[11]

Composição[editar | editar código-fonte]

Sour foi descrito como um disco pop,[17] pop punk,[18] pop alternativo[19] e bedroom pop[20] com influências de synthpop, dream pop, rock alternativo, pop rock, e folk-pop.[21][22][23] Estilisticamente, o álbum abrange o rock inspirado nos anos 90 até uma suave balada acústica conduzida por piano e guitarras tocadas pelos dedos.[24][25] Craig Jenkins, crítico do Vulture, afirmou que Sour é um disco "pós-gênero", que materializa o objetivo de Rodrigo de transcender fronteiras de gêneros musicais e coalescer-los.[23]

As canções de Sour representam diferentes perspectivas para um único enredo de romance trágico. A composição é caracterizada por temas autoconscientes[24] de insegurança, raiva, vingança, inveja e ciúme, usando letras de detalhes específicos que exalam vulnerabilidade.[26][27][25]

Canções[editar | editar código-fonte]

A faixa de abertura, "Brutal", mostra Rodrigo descrevendo seus medos e inseguranças quando era adolescente, com uma violenta instrumentação construída em torno de grunge, pop punk e nu metal.

A terceira faixa do disco e primeiro single, "Drivers License" descreve um fim de um relacionamento, onde Rodrigo dirige sozinha pelos subúrbios após tirar sua carteira de habilitação, embalados por uma melodia de bedroom pop, indie pop e power pop.

Problemas para escutar estes arquivos? Veja a ajuda.

Sour abre com "Brutal", que foi descrita como "angustiada" e "uptempo" por Rodrigo. A canção foi apelidada de "pop-punk lúdica e fácil" que "cai livremente nas profundezas do grunge rock" com notas de nu metal no refrão.[28][29][30] Rodrigo também revelou que "Brutal" foi a última faixa escrita para o álbum, descrevendo-a como uma adição de "último minuto".[31] A canção foi relatada como um "discurso de angústia adolescente" e "[um] desejo de desafiar qualquer expectativa pop que foi colocada em [Rodrigo] por fãs, amigos, executivos o ex."[14] "Traitor", a segunda faixa, é uma balada.[14] Os detalhes da letra mostram o ex de Rodrigo seguindo em frente com outra garota enquanto ela não consegue se recuperar enquanto tenta descobrir o que deu errado. A canção também apresenta sua "melhor performance vocal" no álbum.[30] "Drivers License", terceira faixa do disco, é uma balada que aborda um fim de um relacionamento, onde Rodrigo dirige pelos subúrbios da cidade triste e irritada, logo após tirar sua carteira de motorista.[32] Com influências de Taylor Swift, Lorde e Gracie Abrams, a canção contém elementos do indie pop, bedroom pop e power pop, caracterizada por sua produção minimalista construída em torno de um piano, incorporando bumbo, harmonias, palmas sincopadas e uma ponte dos sonhos.[33][34] A quarta canção, "1 Step Forward, 3 Steps Back", interpola "New Year's Day", canção de Taylor Swift presente em seu álbum Reputation (2017).[35] A canção é descrita como uma melodia "arrependida".[21]

"Deja Vu" possui um ritmo inspirado no pop psicodélico e pop rock, onde Rodrigo questiona seu ex, que está em um novo relacionamento, se ele não sente um déjà vu quando se comporta da mesma forma que este viveu com ela no relacionamento passado, como dirigir na costa da Califórnia, tomar sorvete de morango, trocar jaquetas, assistir reprises da série de televisão Glee e ouvir "Uptown Girl", de Billy Joel. A sexta faixa, "Good 4 U" é uma produção inspirada no rock alternativo e pop punk dos anos 1990 e 2000, com elementos do grunge e teen pop, com seu conteúdo lírico abordando como seu ex mudou rapidamente após o término, também envolvendo ironia das palavras.[36] A canção começa com uma linha de baixo staccato e os vocais de Rodrigo em um tom suave, que é então acompanhado por uma guitarra enérgica e baterias.[37] A sétima faixa, "Enough for You", é descrita como uma canção pop "simples" e "mínima", com letras marcantes e instrumentais acústicos.[38][30] "Happier" serve como a oitava faixa, uma canção conduzida por piano com lirismos do egoísmo e autocrítica admitidos de Rodrigo.[30] A nona faixa, "Jealousy, Jealousy", foi descrita como "serpentina" e uma "tempestade de rock alternativo".[14][8][30] As letras falam sobre a toxicidade das redes sociais e sua dependência. Ele exibe as obsessões de viver uma vida perfeita nas redes sociais. Rodrigo aqui tem consciência de que não é real, mas não pôde evitar a continuação do ciclo tóxico.[30] A décima faixa, "Favorite Crime", uma canção folk-pop que incorpora um conjunto de harmonias em camadas com um estilo folclórico e uma "metáfora do tipo Bonnie e Clyde".[39][14][40][30] "Hope Ur Ok", a faixa final, foi relatada como uma "bênção cintilante para o povo infeliz que Rodrigo conheceu", e o som do refrão foi descrito como uma bênção.[14] Liricamente, ele se afasta das narrativas autorreferenciais de Rodrigo para histórias de segunda mão de seus amigos, torcendo por sua simpatia genuína por eles.[30]

Lançamento e promoção[editar | editar código-fonte]

Em 1 de abril, Rodrigo anunciou em suas contas nas redes sociais que seu álbum de estreia, com o título de espaço reservado *O*R, seria lançado em 21 de maio de 2021.[41] As pré-venda do álbum começaram no dia seguinte. Em 13 de abril, Rodrigo especulou o título do álbum e, posteriormente, revelou como Sour, e divulgou sua lista de faixas e a capa no mesmo dia.[42] Sour foi um dos lançamentos musicais mais esperados do ano.[14] Foi lançado em 21 de maio de 2021, por meio de lojas de varejo, download digital e plataformas de streaming, além do site de Rodrigo.[43]

Capa[editar | editar código-fonte]

A capa padrão de Sour mostra Rodrigo em pé em um fundo roxo, vestindo um top rosa claro e uma calça quadriculada. Ela está com a língua para fora, com o rosto coberto por uma variedade de adesivos coloridos. Os adesivos em sua língua indicam o título do álbum. PopSugar observou que Rodrigo também está usando um anel na capa, idêntico a um anel que Taylor Swift havia presenteado antes. A contra capa também tem fundo roxo, com adesivos espalhados e a lista de faixas em um balão perolado com a mão de Rodrigo prestes a estourar com um alfinete. Na capa alternativa disponível para as edições exclusivas da Target e em vinil da Sour, o roxo é novamente a cor dominante, mas os adesivos não estão presentes.[44]

Singles[editar | editar código-fonte]

Sour foi procedido por três singles, todos alcançando o top 10 da Billboard Hot 100.[45]

"Drivers License", lançada em 8 de janeiro de 2021, serve como o primeiro single de Sour e Rodrigo.[46] Um videoclipe para a canção, dirigido por Matthew Dillon Cohen, foi publicado no canal de Rodrigo no YouTube simultaneamente com o lançamento do single.[47] A canção quebrou uma série de recordes, incluindo o recorde do Spotify para o maior número de streams em um único dia para uma canção não-natalina e a maior primeira semana para uma música no Spotify e na Amazon Music.[48] A canção estreou no topo da Billboard Hot 100 dos EUA e fez de Rodrigo a artista mais jovem a estrear no topo da parada.[49] Recebeu certificação de platina dupla da Recording Industry Association of America. O single também liderou as paradas no Reino Unido,[50] Canadá,[51] Austrália,[52] e muitos outros países.

"Deja Vu" foi anunciada como o segundo single em suas contas nas redes sociais em 29 de março de 2021, e foi lançada três dias depois junto com seu videoclipe, dirigido por Allie Avital em Malibu.[8][53] A canção estreou em 8º lugar na Hot 100, fazendo de Rodrigo a primeiro artista da história a estrear seus dois primeiros singles dentro do top 10 da parada.[45] Após o lançamento de Sour, a canção atingiu a 3ª posição na Hot 100.[54]

O terceiro single, "Good 4 U", foi anunciado em 10 de maio de 2021, e foi lançado em 14 de maio.[55] O videoclipe, dirigido por Petra Collins,[56] apresenta Rodrigo como uma líder de torcida vingativa, fazendo referências aos filmes clássicos dos anos 2000, O Diário da Princesa e Jennifer's Body.[56][57] A canção enérgica proporcionou aos ouvintes o gosto de um lado diferente de Sour, partindo da emoção mais lenta e melancólica dos singles anteriores "Drivers License" e "Deja Vu".[58] "Good 4 U" estreou no topo da Hot 100, tornando-se a segunda canção de Rodrigo número um nos EUA e o segundo de Sour.[59]

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Rodrigo fez a primeira apresentação de "Drivers License" em 4 de fevereiro de 2021, no The Tonight Show Starring Jimmy Fallon.[60] Ela expressou entusiasmo por uma possível turnê em apoio ao álbum após a pandemia de COVID-19.[61] Uma prévia do processo de criação do álbum foi apresentado nas exibições de In the Heights (2021) no Dia das Mães.[62] Em 12 de maio de 2021, um trailer de Sour foi publicado no canal de Rodrigo no YouTube, que mostrava clipes dela e de Nigro no estúdio, e apresentava um trecho de "Good 4 U" que foi lançada dois dias depois.[63] Ela cantou "Drivers License" e estreou "Good 4 U" ao vivo no Saturday Night Live em 15 de maio de 2021, apresentado pelo ator americano Keegan-Michael Key.[55] Em 16 de maio de 2021, um número de telefone "323-622-SOUR" foi disponibilizado, que tocou uma faixa inédita de Sour.[64] Na noite de 20 de maio de 2021, Rodrigo apareceu no YouTube em uma transmissão ao vivo da festa oficial da estreia de Sour, como episódio da série Released da plataforma. Ela reproduziu memorandos de voz em seu telefone, discutiu canções, interagiu com os fãs e cantou exclusivamente a faixa "Enough for You".[65] Rodrigo deu entrevistas e apareceu nas capas das revistas Interview,[66] Elle,[67] The Face,[15] NME,[13] Billboard,[11] e Nylon.[68] No dia 25 de maio, Rodrigo apareceu no Vevo Lift para apresentar "Favorite Crime".[69]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
AnyDecentMusic? 7.7/10[71]
Metacritic 83/100[70]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AllMusic 4 de 5 estrelas.[72]
The A.V. Club A–[73]
Clash 8/10[74]
The Daily Telegraph 4 de 5 estrelas.[17]
Entertainment Weekly A–[21]
The Guardian 4 de 5 estrelas.[40]
The Independent 3 de 5 estrelas.[75]
NME 4 de 5 estrelas.[22]
Pitchfork 7.0/10[26]
Rolling Stone 4 de 5 estrelas.[27]

Sour foi aclamado pela crítica após o lançamento.[76] O consenso geral foi que o álbum é um forte álbum de estreia que monta Rodrigo como a nova cara do "pop na Geração Z".[77] No Metacritic, que atribui uma classificação normalizada de 100 a críticas de publicações populares, o álbum recebeu uma pontuação média ponderada de 83 com base em 20 críticas, indicando "aclamação universal".[70]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Sour – Edição Padrão[78][79]
TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Brutal"  
Nigro 2:23
2. "Traitor"  
  • Rodrigo
  • Nigro
Nigro 3:49
3. "Drivers License"  
  • Rodrigo
  • Nigro
Nigro 4:02
4. "1 Step Forward, 3 Steps Back"  
  • Nigro
  • Rodrigo[a]
2:43
5. "Deja Vu"  
  • Rodrigo
  • Nigro
Nigro 3:35
6. "Good 4 U"  
  • Rodrigo
  • Nigro
  • Nigro
  • Alexander 23[a]
2:58
7. "Enough for You"  Rodrigo
  • Nigro
  • Rodrigo[a]
3:22
8. "Happier"  Rodrigo
  • Nigro
2:55
9. "Jealousy, Jealousy"  
  • Rodrigo
  • Nigro
  • Casey Smith
  • Nigro
  • Jam City[b]
2:53
10. "Favorite Crime"  
  • Rodrigo
  • Nigro
Nigro 2:32
11. "Hope Ur OK"  
  • Rodrigo
  • Nigro
Nigro 3:29
Duração total:
34:41

Notas[editar | editar código-fonte]

  • ↑[a] significa um co-produtor
  • ↑[b] significa um produtor adicional
  • Todos os títulos das faixas são estilizados em letras minúsculas.
  • "1 Step Forward, 3 Steps Back" interpola "New Year's Day" (2017), escrita por Taylor Swift e Jack Antonoff.[35]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Sour foi o álbum mais pré-adicionado na Apple Music durante a semana que antecedeu o seu lançamento (14 de maio de 2021 a 20 de maio de 2021), destronando Happier Than Ever (2021) de Billie Eilish.[80] Após o lançamento, Sour acumulou 385 milhões de streams em sua primeira semana no Spotify global—a maior estreia de um álbum feminino da história da plataforma, batendo o recorde anterior estabelecido por Thank U, Next (2019) de Ariana Grande.[81]

Nos Estados Unidos, após as estreias de "Drivers License" e "Good 4 U" no primeiro lugar da Billboard Hot 100, Sour se tornou o primeiro álbum de estreia na história dos EUA a ter duas canções estreando no topo da parada, e no geral o quarto álbum a fazê-lo.[54] Sour estreou em primeiro lugar na Billboard 200, em 5 de junho de 2021, com 295.000 unidades equivalentes a álbuns, das quais 218.000 foram calculadas a partir dos 300,73 milhões de streams sob demanda do álbum, enquanto 72.000 foram vendas puras. Marcou a melhor semana de estreia de um álbum em 2021, superando Fearless (Taylor's Version) de Taylor Swift, que vendeu 291.000 unidades. Sour ainda conquistou a segunda maior semana de streaming de um álbum por uma artista feminina, atrás de Thank U, Next de Grande, e a maior semana de streaming para um álbum de estreia de uma artista feminina, superando Invasion of Privacy (2018) de Cardi B.[82]

Todas as 11 faixas de Sour entraram no top 30 da Billboard Hot 100 de 5 de junho de 2021. Rodrigo colocou três canção no top 10: "Good 4 U" em segundo lugar, "Deja Vu" alcançando uma nova posição no número três, e "Traitor" alcançando o nono lugar, tornando-a a primeira artista na história a ter três canções de seu álbum de estreia dentro do top 10 da parada simultaneamente; "Traitor" marcou o quarto top-10 do álbum.[54][83] Oito das faixas do álbum entraram no top 10 da parada Billboard Streaming Songs, quebrando o recorde de mais entradas simultâneas no top 10 na parada.[84] "Brutal" estreou no topo da Hot Rock & Alternative Songs, marcando a primeira estreia número um nas parada desde "Cardigan" (2020) de Swift.[85]

Na Austrália, Rodrigo alcançou um "Chart Double", onde ela liderou as paradas de álbuns e singlesSour estreou no número 1 no primeiro, enquanto "Good 4 U" subiu para o número um no último. Os outros singles "Drivers License" e "Deja Vu" voltaram para os números 3 e 5, respectivamente, enquanto a faixa "Traitor" estreou no número 7; Rodrigo se tornou a primeira artista desde Swift em 2020, a colocar quatro ou mais canções dentro do top 10 da parada. Seis outras faixas de Sour estreou no top 50 da parada.[86]

Na Irlanda, Sour estreou em primeiro lugar na Irish Albums Chart com as maiores vendas na primeira semana em 2021 no país, ultrapassando The Off-Season (2021) de J. Cole. Sour conquistou a maior primeiraa semana por um álbum de estreia da história, superando o álbum de Eilish, When We All Fall Asleep, Where Do We Go? (2019). Rodrigo conseguiu se manter nas paradas da Irlanda, com "Good 4 U" se mantendo no primeiro lugar no Irish Singles Chart pela segunda semana consecutiva. "Deja Vu" atingiu uma nova posição no número 2, enquanto "Traitor" entrou no número 3, marcando a primeira vez que uma artista feminina ocupou todos os 3 primeiros lugares da parada de singles na mesma semana.[87] Sour passou duas semanas consecutivas no topo da parada de álbuns.[88]

Na parada de álbuns da Nova Zelândia, Sour chegou ao número um,[89] além de cinco de suas canções chegaram ao top 10 da parada de singles; "Good 4 U", "Deja Vu", "Traidor", "Drivers License" e "Brutal" alcançaram os números 1, 3, 5, 7 e 8, respectivamente.[90]

No Reino Unido, Sour ficou no topo da UK Albums Chart com 51.000 unidades, superando o Foo Fighters na maior primeira semana de um álbum em 2021. Também marcou a maior primeira semana de um álbum de estreia desde Divinely Uninspired to a Hellish Extent (2019) de Lewis Capaldi. Com "Good 4 U" subindo para primeiro lugar no UK Singles Chart ao mesmo tempo, Rodrigo se tornou a mais jovem solista da história do Reino Unido a conseguir um Chart Double, aos 18 anos e 3 meses de idade. Ela é a primeira artista desde Sam Smith em 2015 a ganhar um Chart Double com um álbum de estreia. Sour também quebrou o recorde de todos os tempos do Reino Unido por o maior número de streams semanais para um álbum de estreia, ultrapassando Capaldi. O álbum recebeu 45,7 milhões de streams (30.945 unidades equivalentes ao álbum) em sua primeira semana.[91]

Tabelas semanais[editar | editar código-fonte]

Tabela musical (2021) Melhor
posição
Alemanha (Offizielle Top 100)[92] 7
Austrália (ARIA Charts)[93] 1
Áustria (Ö3 Austria Top 40)[94] 2
Bélgica (Ultratop 40 Valônia)[95] 3
Bélgica (Ultratop 50 Flandres)[96] 2
Canadá (Billboard Canadian Albums)[97] 1
Chéquia (ČNS IFPI)[98] 1
Dinamarca (Hitlisten)[99] 1
Escócia Scottish Albums (OCC)[100] 1
Eslováquia (ČNS IFPI)[101] 3
Espanha (PROMUSICAE)[102] 1
Estados Unidos (Billboard 200)[82] 1
Finlândia (IFPI)[103] 2
França (SNEP)[104] 8
Irlanda (IRMA)[105] 1
Itália (FIMI)[106] 12
Japão (Billboard Japan Hot Albums)[107] 22
Japão (Oricon)[108] 15
Lituânia (AGATA)[109] 4
Noruega (VG-lista)[110] 1
Nova Zelândia (RMNZ)[89] 1
Países Baixos (MegaCharts)[111] 1
Polónia (ZPAV)[112] 16
Portugal (AFP)[113] 1
Reino Unido (UK Albums) (OCC)[114] 1
Suécia (Sverigetopplistan)[115] 1
Suíça (Schweizer Hitparade)[116] 3

Certificações[editar | editar código-fonte]

Região Certificação Vendas
Brasil (Pro-Música Brasil)[117] Ouro 20.000
Estados Unidos (RIAA)[118] Ouro 500.000
Noruega (IFPI Noruega)[119] Platina 20.000*
Reino Unido (BPI)[120] Ouro 100.000

* Números de vendas baseados na certificação.
Números de vendas+streaming baseados apenas na certificação.

Históricos de lançamentos[editar | editar código-fonte]

Região Data Formato(s) Gravadora Ref.
Várias 21 de maio de 2021 Geffen [78][121]
20 de agosto de 2021 Vinil [122]

Referências

  1. a b «Olivia Rodrigo: 33 facts about the Drivers License singer you need to know». PopBuzz (em inglês). Consultado em 27 de maio de 2021 
  2. «Disney Channel Greenlights Tween Music Comedy Series 'Bizaardvark' (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). 16 de outubro de 2015. Consultado em 27 de maio de 2021 
  3. «Olivia Rodrigo: 29 facts about the Drivers License singer you need to know». PopBuzz (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2021 
  4. «Everything You Need to Know About Olivia Rodrigo's Debut Album, 'Sour'». Cosmopolitan (em inglês). 15 de maio de 2021. Consultado em 27 de maio de 2021. Cópia arquivada em 18 de maio de 2021 
  5. «Behind The Song: "Drivers License" by Olivia Rodrigo, Dan Nigro». American Songwriter (em inglês). 21 de abril de 2021. Consultado em 27 de maio de 2021. Cópia arquivada em 1 de maio de 2021 
  6. «Olivia Rodrigo's 'Drivers License' Is One of the Most Dominant No. 1s of Last 30 Years». Billboard (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2021 
  7. «Olivia Rodrigo Wipes Her Instagram Account, Posts Cryptic Teasers». Billboard (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2021 
  8. a b c «Olivia Rodrigo Announces Brand-New Song 'Deja Vu': Here's When It's Out». Billboard (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2021 
  9. «Olivia Rodrigo Announces New Single 'Deja Vu'». uDiscover Music (em inglês). 29 de março de 2021. Consultado em 13 de abril de 2021 
  10. Olivia Rodrigo [@Olivia_Rodrigo] (29 de março de 2021). «my new song deja vu is out Thursday at 9am pst. I promise it's not an April fools joke lol. 🌈💜🦋» (Tweet). Consultado em 15 de maio de 2021 – via Twitter 
  11. a b c d «License to Thrive: Olivia Rodrigo Zooms Ahead After 2021's Biggest Breakout Hit». Billboard. Consultado em 27 de maio de 2021. Cópia arquivada em 18 de maio de 2021 
  12. a b «Olivia Rodrigo On 'Drivers License,' Taylor Swift, And What Comes Next». Nylon (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2021 
  13. a b «On The Cover – Olivia Rodrigo: "It's important for me to be taken seriously as a songwriter"». NME (em inglês). 14 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021. Cópia arquivada em 18 de maio de 2021 
  14. a b c d e f g «Olivia Rodrigo talks debut album SOUR, being inspired by Alanis Morissette». Official Charts Company (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2021 
  15. a b «An interview with Olivia Rodrigo ahead of her new album, Sour». The Face (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2021 
  16. «Hear A Preview Of Olivia Rodrigo's "Good 4 U," Her Pop-Punk Moment». Nylon (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2021 
  17. a b «Olivia Rodrigo's Sour is a sleek Gen Z tale of bad affairs and worse teenage boys». The Telegraph. 21 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  18. «Pop-Punk Perfection And Swift Obsessions: First Impressions Of Olivia Rodrigo's 'SOUR'». Junkee (em inglês). 21 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  19. «LISTEN: Olivia Rodrigo makes debut with 'Sour'». Rappler (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2021 
  20. «Olivia Rodrigo: Sour review — bedroom pop of the highest order». The Times. Consultado em 30 de maio de 2021 
  21. a b c «'Sour' review: Olivia Rodrigo's debut hints at an even brighter future». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2021 
  22. a b «Olivia Rodrigo – 'Sour' review: breakout star channels '90s alt-rock». NME (em inglês). 21 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  23. a b «Olivia Rodrigo Studied All the Right Moves». Vulture (em inglês). 24 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  24. a b «Review: Olivia Rodrigo delivers flawless Gen Z pop on her debut album». Los Angeles Times (em inglês). 21 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  25. a b «How Olivia Rodrigo Become America's Biggest New Pop Star». Time (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2021 
  26. a b «Olivia Rodrigo: SOUR». Pitchfork (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2021 
  27. a b «Olivia Rodrigo Is a Revelatory New Pop Voice on 'Sour.' Deal With It». Rolling Stone (em inglês). 21 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  28. «Pop-Punk Perfection And Swift Obsessions: First Impressions Of Olivia Rodrigo's 'SOUR'». Junkee (em inglês). 21 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  29. «Sour: Derivative Songwriting Brilliance from Overnight Sensation Olivia Rodrigo». 25YL (em inglês). 24 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  30. a b c d e f g h «Every Song Ranked on Olivia Rodrigo's 'Sour': Critic's Picks». Billboard (em inglês). 21 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  31. «Olivia Rodrigo's Exclusive Performance of "enough for you" on RELEASED (Full Episode)». Consultado em 30 de maio de 2021 – via YouTube 
  32. «Song You Need to Know: Olivia Rodrigo, 'Drivers License'». Rolling Stone (em inglês). 11 de janeiro de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  33. «Five Burning Questions: Olivia Rodrigo's 'Drivers License' Makes Historic Debut Atop Hot 100». Billboard (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2021 
  34. Darmon, Aynslee (14 de janeiro de 2021). «Olivia Rodrigo On The Massive Success Of 'Drivers License': 'I Can't Believe Any Of It'». ET Canada (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2021 
  35. a b «Why Taylor Swift Got a Writing Credit on Olivia Rodrigo's Album». Rolling Stone (em inglês). 20 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  36. «Olivia Rodrigo 'Good 4 U' lyrics decoded as she channels a bad breakup». Capital (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2021 
  37. «Olivia Rodrigo Delivers a Guitar-Heavy Heartbreak Anthem With New Single 'Good 4 U'». Variety (em inglês). 14 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  38. «How Olivia Rodrigo Become America's Biggest New Pop Star». Time (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2021 
  39. «Olivia Rodrigo Doubles Down on Teen Angst With 'Sour'». Spin. 24 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  40. a b «Olivia Rodrigo: Sour review – cathartic rage at teenage heartbreak». The Guardian (em inglês). 21 de maio de 2021. Consultado em 30 de maio de 2021 
  41. «Olivia Rodrigo's 'f*cked around and made an album'». Triple J (em inglês). 6 de abril de 2021. Consultado em 31 de maio de 2021 
  42. «Olivia Rodrigo Details Debut Album 'Sour,' Reveals Tracklist». Rolling Stone (em inglês). 13 de abril de 2021. Consultado em 31 de maio de 2021 
  43. «Olivia Rodrigo's 'Sour' Is Here: Stream It Now». Billboard (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  44. «The Tracklist for Olivia Rodrigo's "Sour" Is Peak Storytelling». Teen Vogue (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  45. a b «Bruno Mars & Anderson .Paak, as Silk Sonic, Top Billboard Hot 100 With 'Leave the Door Open'». Billboard (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  46. «Olivia Rodrigo Releases Highly Anticipated Debut Single 'Drivers License'». uDiscover Music (em inglês). 8 de janeiro de 2021. Consultado em 31 de maio de 2021 
  47. «Song You Need to Know: Olivia Rodrigo, 'Drivers License'». Rolling Stone (em inglês). 11 de janeiro de 2021. Consultado em 31 de maio de 2021 
  48. «Olivia Rodrigo's "Drivers License" Just Keeps on Smashing Spotify Records». Teen Vogue (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  49. «Olivia Rodrigo's 'Drivers License' Debuts at No. 1 on Billboard Hot 100». Billboard (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  50. «Olivia Rodrigo makes chart history as Drivers License debuts at UK Number 1». Official Charts Company (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  51. «Billboard Canadian Hot 100 Chart». Billboard. Consultado em 31 de maio de 2021 
  52. «Olivia Rodrigo makes her ARIA Singles Chart debut at #1 with Drivers License» (em inglês). Australian Recording Industry Association. Consultado em 31 de maio de 2021 
  53. «Olivia Rodrigo's "Deja Vu" MV Puts a New Twist on That Love Triangle». Teen Vogue (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  54. a b c «Smooth Start: BTS' 'Butter' Blasts In at No. 1 on Billboard Hot 100». www.billboard.com (em inglês). 1 de junho de 2021. Consultado em 5 de junho de 2021 
  55. a b «Olivia Rodrigo Announces She's Dropping Her Third Single & Will Perform It on 'SNL'». Billboard (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  56. a b «Shut . . . Up! Olivia Rodrigo's "Good 4 U" Outfit Is a Princess Diaries Reference». POPSUGAR Fashion (em inglês). 14 de maio de 2021. Consultado em 31 de maio de 2021 
  57. «Olivia Rodrigo Shares Petra Collins-Directed 'Good 4 U' Video». Rolling Stone (em inglês). 14 de maio de 2021. Consultado em 31 de maio de 2021 
  58. «Olivia Rodrigo 'Good 4 U' lyrics decoded as she channels a bad breakup». Capital FM (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  59. «Olivia Rodrigo Scores Second Billboard Hot 100 No. 1 With Debut of 'Good 4 U'». Billboard (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  60. «Red lights! Stop signs! Olivia Rodrigo sings 'Drivers License' live for first time». Los Angeles Times (em inglês). 5 de fevereiro de 2021. Consultado em 31 de maio de 2021 
  61. «The Tracklist for Olivia Rodrigo's "Sour" Is Peak Storytelling». Teen Vogue (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  62. «Olivia Rodrigo Previewed Her New Song and We're Going Pop-Punk». Teen Vogue (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  63. «Olivia Rodrigo teases new single 'good 4 u' in debut album trailer». NME (em inglês). 12 de maio de 2021. Consultado em 31 de maio de 2021 
  64. «Call Olivia Rodrigo's 'Sour' Heartbreak Hotline to Get an Early Taste of Her New Album». Billboard (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  65. «Olivia Rodrigo's Exclusive Performance of "enough for you" on RELEASED (Full Episode)». Consultado em 31 de maio de 2021 – via YouTube 
  66. «For Olivia Rodrigo, "Drivers License" Is Only the Beginning». Interview (em inglês). 7 de abril de 2021. Consultado em 31 de maio de 2021 
  67. «Olivia Rodrigo Is in the Driver's Seat». Elle (em inglês). 26 de abril de 2021. Consultado em 31 de maio de 2021 
  68. «Olivia Rodrigo Talks New Music, Old Gossip, & Breaking The Disney Mold». Nylon (em inglês). Consultado em 31 de maio de 2021 
  69. «Olivia Rodrigo Performs Rooftop Version of 'favorite crime'». Paper (em inglês). 25 de maio de 2021. Consultado em 31 de maio de 2021 
  70. a b «Sour by Olivia Rodrigo Reviews and Tracks». Metacritic (em inglês). Consultado em 1 de junho de 2021 
  71. «Olivia Rodrigo Sour». AnyDecentMusic?. Cópia arquivada em 21 de maio de 2021 
  72. «Sour – Olivia Rodrigo». AllMusic. 21 de maio de 2021. Consultado em 1 de junho de 2021 
  73. «Olivia Rodrigo's SOUR is so much more than a breakup album». The A.V. Club (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2021 
  74. «Olivia Rodrigo - Sour». Clash Magazine (em inglês). Consultado em 2 de junho de 2021 
  75. «Olivia Rodrigo's album Sour makes for an impressive debut – review». The Independent (em inglês). 21 de maio de 2021. Consultado em 2 de junho de 2021 
  76. «Olivia Rodrigo on Her Breakout Year, Brand-New Album—And What Comes Next». Vogue (em inglês). Consultado em 1 de junho de 2021 
  77. «Olivia Rodrigo does not miss. All these 'Sour' reviews are here to prove it». Los Angeles Times (em inglês). 21 de maio de 2021. Consultado em 1 de junho de 2021 
  78. a b «‎SOUR de Olivia Rodrigo». Apple Music (BRA). Consultado em 15 de maio de 2021. Cópia arquivada em 21 de maio de 2021 
  79. (2021) Créditos do álbum Sour por Olivia Rodrigo [CD]. Geffen Records (00602438077441).
  80. «Olivia Rodrigo's 'Sour' Leads Apple Music Pre-Add Chart». Rolling Stone (em inglês). 25 de maio de 2021. Consultado em 5 de junho de 2021 
  81. «Olivia Rodrigo's 'SOUR' Makes Streaming History». Paper (em inglês). 29 de maio de 2021. Consultado em 5 de junho de 2021 
  82. a b «Olivia Rodrigo's 'Sour' Debuts at No. 1 on Billboard 200 Albums Chart With 2021's Biggest Week». Billboard (em inglês). Consultado em 5 de junho de 2021 
  83. @billboardcharts (1 de junho de 2021). «All 11 songs from @Olivia_Rodrigo's 'Sour' land in the top 30 of this week's #Hot100...» (Tweet). Consultado em 5 de junho de 2021 – via Twitter 
  84. «Olivia Rodrigo Breaks Taylor Swift Streaming Songs Record With 8 Simultaneous Top 10s». Billboard (em inglês). Consultado em 5 de junho de 2021 
  85. «Olivia Rodrigo's 'Brutal' Bows at No. 1 on Hot Rock & Alternative Songs Chart». Billboard (em inglês). Consultado em 5 de junho de 2021 
  86. «Olivia Rodrigo Completes Chart Double In Australia». Billboard (em inglês). Consultado em 5 de junho de 2021 
  87. «Olivia Rodrigo claims Official Irish Chart Double with SOUR and Good 4 U» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 5 de junho de 2021 
  88. «Olivia Rodrigo rules Official Irish Charts for second week» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 5 de junho de 2021 
  89. a b Charts.nz – Olivia Rodrigo – Sour (em inglês). Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  90. «NZ Top 40 Singles Chart». Recorded Music NZ. Consultado em 5 de junho de 2021 
  91. «Olivia Rodrigo becomes youngest solo artist to score Official UK Chart Double» (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 5 de junho de 2021 
  92. Offiziellecharts.de – Olivia Rodrigo – Sour (em alemão). GfK Entertainment. Consultado em 2 de junho de 2021.
  93. Olivia Rodrigo – Sour (em inglês). Australiancharts.com. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  94. Olivia Rodrigo - Sour (em alemão). Austriancharts.at. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  95. Olivia Rodrigo – Sour (em francês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  96. Olivia Rodrigo – Sour (em holandês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  97. «Billboard Canadian Albums Chart». Billboard. Consultado em 4 de junho de 2021 
  98. Top 50 Prodejní (em tcheco). Czech Albums. ČNS IFPI. Nota: Na página da tabela, selecione 202121 no campo além da palavra "Zobrazit", e, em seguida, clique sobre a palavra para recuperar os dados da tabela. Consultado em 2 de junho de 2021.
  99. Olivia Rodrigo – Sour (em dinamarquês). Danishcharts.com. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  100. Official Scottish Albums Chart Top 100 (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 2 de junho de 2021.
  101. «SK - Albums Top 100 - Olivia Rodrigo - Sour» (em checo). Federação Internacional da Indústria Fonográfica. Cópia arquivada em 2 de junho de 2021 
  102. Olivia Rodrigo – Sour (em inglês). Spanishcharts.com. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  103. Olivia Rodrigo – Sour (em inglês). Finnishcharts.com. Hung Medien. Consultado em 13 de junho de 2021.
  104. Olivia Rodrigo – Sour (em francês). Lescharts.com. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  105. Olivia Rodrigo – Sour (em inglês). Irishcharts.com. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  106. Olivia Rodrigo – Sour (em inglês). Italiancharts.com. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  107. «Billboard Japan Hot Albums: 2021/06/09». Billboard Japan (em japonês). Consultado em 12 de junho de 2021 
  108. Oricon Top 50 Albums (em japonês). Oricon. Consultado em 12 de junho de 2021.
  109. «2021 21-os SAVAITĖS (gegužės 21-27 d.) ALBUMŲ TOP100» (em lituano). AGATA. 28 de maio de 2021. Consultado em 2 de junho de 2021. Cópia arquivada em 28 de maio de 2021 
  110. Olivia Rodrigo – Sour (em norueguês) Norwegiancharts.com. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  111. Olivia Rodrigo – Sour (em holandês). Dutchcharts.nl. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  112. Oficjalna lista sprzedaży :: OLIS - Official Retail Sales Chart (em polonês). OLiS. Polish Society of the Phonographic Industry. Consultado em 12 de junho de 2021.
  113. Olivia Rodrigo – Sour (em inglês). Portuguesecharts.com. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  114. Official Albums Chart Top 100 (em inglês). Official Charts Company. Consultado em 2 de junho de 2021.
  115. Olivia Rodrigo – Sour (em inglês). Swedishcharts.com. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  116. Olivia Rodrigo – Sour (em inglês). Swisscharts.com. Hung Medien. Consultado em 2 de junho de 2021.
  117. Universal Music Brasil [@umusicbrasil] (4 de junho de 2021). «O álbum de estreia da @Olivia_Rodrigo conquistou o certificado de OURO em apenas duas semanas do lançamento!» (Tweet). Consultado em 13 de junho de 2021 – via Twitter 
  118. «Certificações (Estados Unidos) (álbum) – Olivia Rodrigo – Sour» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 2 de junho de 2021  Se necessário, clique em Advanced, depois clique em Format, e seleccione Album, e clique em SEARCH.
  119. «Certificações (Noruega) (álbum) – Olivia Rodrigo – Sour» (em noruguês). Federação Internacional da Indústria Fonográfica (Noruega). Consultado em 2 de junho de 2021 
  120. «Certificações (Reino Unido) (álbum) – Olivia Rodrigo – Sour». British Phonographic Industry. Consultado em 13 de junho de 2021 
  121. Citações sobre formatos de lançamento de Sour:
  122. «SOUR Vinyl - CLEAR Vinyl Edition». Olivia Rodrigo Music. Consultado em 15 de maio de 2021. Cópia arquivada em 21 de maio de 2021