Soyuz-U2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde março de 2013). Ajude e colabore com a tradução.
Um foguete Soyuz-U, similar ao Soyuz-U2 na plataforma de lançamento.

O Soyuz-U2 (11A511U2 ou 11A511K), em russo Союз, (União) - foi um veículo de lançamento descartável projetado pelo bureau OKB-1 na União Soviética desde a década de 1960, e fabricado no TsSKB-Progress, em Samara, na Rússia.

Ele foi uma derivação do Soyuz-U, sendo caracterizado por uma melhor performance, devido ao uso de querosene sintética (syntin) como propelente no lugar do conhecido RP-1.[1]

Com essa maior potência a disposição, o Soyuz-U2 permitia o lançamento de espaçonaves mais pesadas, ou podia conduzir as espaçonaves mais leves a órbitas mais altas. Em 1996, foi anunciado que o Soyuz-U2 foi retirado de serviço, pois a vantagem na performance devido ao uso do syntin, não justificava os custos adicionais na produção. O último voo desse modelo ocorreu no ano anterior.[1]

A utilização primária do lançador Soyuz-U2 foi no lançamento de satélites de reconhecimento Yantar, de espaçonaves Soyuz e Progress, estas últimas para reabastecer a estação espacial Mir. Devido as semelhanças entre o Soyuz-U e o U2, o número exato de lançamentos é duvidoso, havendo estimativas entre 66 e 92 lançamentos. Sendo duvidoso também o número de falhas desse modelo, estimativas indicam algo entre zero e duas falhas.[2][3]

Referências

  1. a b Wade, Mark. «Soyuz 11A511U2». Encyclopedia Astronautica. Consultado em 25 de março de 2013 
  2. Krebs, Gunter. «Soyuz-U2 (11A511U2)». Gunter's Space Page. Consultado em 25 de março de 2013 
  3. McDowell, Jonathan. «R-7 family». Jonathan's Space Page. Consultado em 25 de março de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre foguetes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.